Suicidal Tendencies: Mike Muir explica o novo álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mark Ark, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

No começo dos anos 80 quando a legendária banda SUICIDAL TENDENCIES foi formada, o Punk Rock não era muito aberto a "novas idéias", mas o ST não estava lá para ser "aceito", e não apenas tocou seu próprio estilo de "Cyco Punk", como reinventou a atitude de "faça você mesmo" para um novo nível, nunca visto antes com uma aparência e som distintos. Por 35 anos, SUICIDAL TENDENCIES nunca ligou para o que outras bandas ou pessoas estavam fazendo. Não pediam permissão, nem ligavam para quem ofendiam. Faziam o que queriam, mas, e mais importante, pela razão certa, porque era o que sentiam, não porque quisessem ser amados.

Corey Taylor: Sexo com Lita Ford e Doro Pesch era o seu sonho de infânciaRockstars: 18 roqueiros que já apareceram em filmes

SUICIDAL TENDENCIES revisitará suas agressões "Cyco Punk" no álbum "Still Cyco Punk After All These Years" com previsão de lançamento em 07 de Setembro. Esse disco é uma re-gravação do álbum solo do vocalista Mike Muir (Cyco Miko) originalmente gravado em 1995: Lost My Brain! (Once Again). Com a participação do legendário baterista Dave Lombardo (ex-SLAYER), pode-se esperar batidas brutais que levarão as músicas a um novo patamar.

O álbum Still Cyco Punk After All These Years será disponibilizado nos formatos digital, CD e Vinil. A música "F.U.B.A.R." pode ser conferida:

Mike Muir relata que há mais de 20 anos atrás, gravou seu primeiro álbum solo: Cyco Miko 'Lost My Brain! (Once Again)' que contou com a participação do guitarrista Steve Jones do SEX PISTOLS em sete músicas.

Mike reflete que apesar de estar há 13 anos no SUICIDAL TENDENCIES naquele ponto [1995], "quis gravar um álbum estilo punk e naquela época não sentia que o disco 'poderia, deveria ou seria' um álbum do ST."

Muir explica que agora com Dave Lombardo, ele sentiu que não só poderia regravar o álbum, mas poderia fazê-lo como um disco do SUICIDAL TENDENCIES. E acrescenta: "Não é 'retrô', mas 25 anos avançado, um álbum 'Cyco Punk' moderno. É extremamente perigoso após tantos anos, mas eu amo tanto essas músicas e, surpreendentemente mais agora do que quando tinha 30 anos! As músicas batem forte em mim e as letras mais ainda."

"A vida te leva as vezes a lugares que você não queria ir. É algo que sei mais do que gostaria de admitir... mas me trouxe neste ponto, justamente agora e estou tão orgulhoso de estar aqui! E a ironia é que um disco 'não SUICIDAL' simplesmente me tornou mais 'SUICIDAL' do que nunca."

Still Cyco Punk After All These Years:

01. I Love Destruction
02. F.U.B.A.R.
03. All Kinda Crazy
04. Sippin' From The Insanitea
05. It's Always Something
06. Lost My Brain... Once Again
07. Nothin' To Lose
08. Gonna Be Alright
09. Ain't Gonna Get Me
10. All I Ever Get
11. Save A Peace For Me

SUICIDAL TENDENCIES:
Mike Muir: vocalista
Dean Pleasants: guitarrista
Dave Lombardo: baterista
Ra Díaz: Baixo

Nota do tradutor: o termo "Cyco" provavelmente é derivado da palavra "Psycho" (Psicopata, louco).




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Suicidal Tendencies"


Loudwire: Os 10 melhores álbuns de Thrash NAO lançados pelo Big 4Loudwire
Os 10 melhores álbuns de Thrash NAO lançados pelo Big 4

Heavy Metal: as 10 músicas mais inspiradoras segundo o OC WeeklyHeavy Metal
As 10 músicas mais inspiradoras segundo o OC Weekly


Corey Taylor: Sexo com Lita Ford e Doro Pesch era o seu sonho de infânciaCorey Taylor
Sexo com Lita Ford e Doro Pesch era o seu sonho de infância

Rockstars: 18 roqueiros que já apareceram em filmesRockstars
18 roqueiros que já apareceram em filmes


Sobre Mark Ark

Nascido em São Paulo em 1979, seu amor pelo metal e rock vem desde o final dos anos 80. Grande fã de Pantera e trash metal, mas curte Rock em geral (e outros estilos como Blues e Rap). Acessa o site há mais de 20 anos e em 2018 decidiu ser colaborador e criar seu próprio site rockaddict.com.br.

Mais matérias de Mark Ark no Whiplash.Net.

adGooILQ