Heavy Metal: as 10 músicas mais inspiradoras segundo o OC Weekly

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Felipe Holanda, Fonte: OC Weekly
Enviar correções  |  Comentários  | 


349 acessosMetallica: setlist e vídeos de show em Chicago5000 acessosHistóricas: Fotos de encontros inusitados entre rockstars

No Heavy Metal, muitos são conhecidos pela brutalidade e raiva, com letras sombrias, vocais obscuoas e escalas menores de guitarra. Mesmo assim, existem muitas faixas que são cativantes e inspiradoras, que contrariam a ideologia daqueles que acham que o metal está relacionado à pessoas emocionalmente perturbadas.

Duvidamos que a música pesada tem como causa a depressão ou doenças psiquiátricas de qualquer tipo. Para provar esse ponto, o OC Weekly (Orange Country News and Events) fez uma pesquisa e listou as dez canções mais inspiradoras de todos os tempos.

10 – Suicidal Tendencies – You Can’t Bring Me Down

O solo de guitarra de abertura é um toque de mágica para mostrar o que estaria por vir. “You Can’t Bring Me Down” é uma faixa que mostra como o metal e a autoestima tem tudo a ver com o vocalista Mike Muir destruindo simultaneamente seus críticos e instigando os fãs.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

9 – Metallica – Master Of Puppets

Dentre tantas as vertentes da banda, o Metallica sempre se destacou por seus riffs de guitarra e refrões bem encaixados. “Master Of Puppets”, do álbum homônimo, é uma das melhores faixas de Heavy Metal de todos os tempos. Oito minutos e trinta e sete segundos de muito peso e inspiração.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

8 – Hatebreed – Proven

A faixa já começa bastante pesada e rápida, com guitarras distorcidas e pedais-duplos. Na voz, Jamey Jasta mostra toda a sua potência em vocais rasgados e cheios de agressividade, enquanto a letra conta com frases cheias de orgulho e veracidade.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

7 - Amon Amarth - Live Without Regrets

Se você acredita em suas ideias, os Vikings modernos do Amon Amarth têm tudo isso e muito mais. Essa música tem uma atmosfera obscura e sombria, mas com muito peso nas guitarras e vocais guturais. Destaque também para a bateria monstruosa de Fredrik Andersson.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

6 – Machine Head – Darkness Whitin

Mesmo diferente das demais, a música é uma das melhores da banda californiana. Nos primeiros minutos, uma grande melodia ao lado de belos arranjos de guitarra. Do meio para o fim, o grupo mostra todo o peso da faixa, que faz parte do álbum “Into The Locust”, de 2011.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

5 – Kreator – Destroy What Destroys You

Se existe uma coisa que não falta aos alemães do Kreator é raiva e agressividade em suas músicas. Com Ventor quebrando tudo na bateria, a faixa começa com um grande riff, enquanto Mile Petroza aparece com suas vozes rasgadas. Um verdadeiro petardo e um dos clássicos do Thrash Metal germânico.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

4 – Slayer – War Ensemble

A música é considerada um hino da banda e executada até hoje nos shows do Slayer. Com muito peso nas guitarras e na bateria, a faixa tem a energia necessária para inspirar qualquer um. Grandes riffs que entraram para a história, enquanto a letra faz alusão ao Vietnã.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

3 – Pelican - Red Ran Amber

Antes de qualquer coisa, a música é de difícil aceitação. Seja pelo clima sombrio que lhe é peculiar, ou pelas quebradas de tempo e de ritmo que se misturam com uma grande execução musical do quarteto de Chicago. Lembrando que é uma banda instrumental, portanto, não existe letra, apesar dos mais de onze minutos da faixa.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

2 – Black Sabbath - The Thrill of it All

Enquanto isso em um esquecido clássico de 1975, chamado "Sabotage", aparece uma canção que apresenta as linhas cativantes habituais do Sabbath e muitos leads na guitarra de Toni Iommi. O refrão surge com um teor motivacional e espirituoso, com uma ótima interpretação de Ozzy.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

1 - Danzig – Left Hand Black

Na primeira colocação, um cara que, como frontman, define perfeitamente a autoestima na música pesada. Um de seus melhores clássicos da carreira solo é “Left Hand Black”, do álbum “Danzig III: How the Goods Kill”.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores. :-)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

MetallicaMetallica
Setlist e vídeos de show em Chicago

159 acessosMetallica: "Unforgiven" em Harp Guitar0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

ApocalipseApocalipse
Confira 5 das melhores músicas sobre o tema

MotorheadMotorhead
Trujillo explica porque Lemmy é uma lenda

MetallicaMetallica
Lucas Salles, CQC, testa conhecimento dos fãs no RiR

0 acessosTodas as matérias da seção Maiores e Melhores0 acessosTodas as matérias sobre "Danzig"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Pelican"0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"0 acessosTodas as matérias sobre "Kreator"0 acessosTodas as matérias sobre "Machine Head"0 acessosTodas as matérias sobre "Amon Amarth"0 acessosTodas as matérias sobre "Hatebreed"0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"0 acessosTodas as matérias sobre "Suicidal Tendencies"

HistóricasHistóricas
Fotos de encontros inusitados entre rockstars

Lemmy KilmisterLemmy Kilmister
"Esta coisa de Black Metal me faz rir!"

EpicaEpica
Belas fotos da bela vocalista Simone Simons

5000 acessosMega-hits Manjados: 10 clássicos que se tornaram clichês5000 acessosKiss x Secos & Molhados: o fim da polêmica5000 acessosFrases de bandas: o que eles realmente querem dizer?5000 acessosDavid Bowie: morte de músico foi um suicídio assistido?5000 acessosKirk Hammett: "Mustaine toca rápido e eu, melódico"5000 acessosMetallica: James Hetfield não queria lançar "Nothing Else Matters"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 14 de fevereiro de 2015

Sobre Felipe Holanda

Futuro jornalista recifense, baixista e apaixonado por heavy metal.

Mais matérias de Felipe Holanda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online