Obscurity Vision: banda é entrevistada pela revista Roadie Crew

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo M. Brauna, Fonte: Brauna Music Press, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

A revista Roadie Crew, que inova a cada edição levando até o rockeiro e headbanger, conteúdos que não se encontram pela internet, tornando-se insaturável aos seus leitores e fiéis colecionadores, chamou a OBSCURITY VISION para uma conversa sobre música pesada, trajetória e planos futuros. Confira trechos da entrevista concedida pelo guitarrista LUIZ RODRIGUEZ ao repórter Leonardo M. Brauna.

Obscurity Vision: assista o lyric video do single "Imperivm"Metal sueco: site elege as dez melhores bandas da Suécia

A banda possui um som bem definido. Isso a acompanha desde a demo Obscurity Creation. Por que utilizar linhas mais limpas que a habitual sonoridade suja, que muitas vezes marca o black metal?

Luiz: Acredito que esta seja nossa identidade. Fazer um som crú, pesado e rápido, mas melódico. Linhas de guitarras nítidas, casando com um vocal brutal. E a tendência da banda é esta. Velocidade, peso e melodias.

Diferente de I Can See, que é mais voltada ao death metal, The Deception of Truth possui um tempero mais black metal. Para o próximo álbum podemos aguardar algo mais infernal, a exemplo deste single?

Luiz: Isso é Obscurity Vision, criamos músicas brutais como I Can See e Slow Agony e músicas mais melódicas como Obscurity Creation e Benefit of Evil. As composições são reflexos do momento de cada um. Mas a tendência do próximo álbum realmente é na linha de The Deception of Truth.

O álbum Dark Victory Day consumou de vez a banda pelo cenário nacional e foi concebido em pouco tempo, já que no mesmo ano vocês compuseram, produziram e o lançaram. Ficou algum material de fora que não pôde estar entre suas treze canções?

Luiz: Ficou uma música de fora, uma regravação de Last Chance to Life, que faz parte da demo. A ideia é lançar ela no próximo disco como um bônus. Dark Victory Day é um compilado, uma história musical da banda. Tem músicas compostas ainda nos anos 90 como Apodrecendo, primeira música da banda, e músicas compostas em 2017. Tem composições de todos.

A entrevista completa você encontra na edição #242, que pode ser solicitada através do site da revista, www.roadiecrew.com. Para todo o Brasil o frete é incluso no valor de R$20,00.

A "horda" que é completada por RAFAEL VICENTE (vocal), JOAO RODRIGUEZ (guitarra), LUIZ TRENTIN (bateria) e THIAGO JUNGLAUS (baixo), promove o álbum "Dark Victory Day" (2017) e já compõe novos "hinos" em estúdio para, junto a seu set list atual, apresentá-los no "River Rock Festival 2019", que acontecerá em Indaial/SC, nos dias 6, 7 e 8 de setembro.

Acesse:
www.obscurityvision.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Obscurity Vision"


Obscurity Vision: assista o lyric video do single "Imperivm"Obscurity Vision: horda lança "Imperivm", novo single e lyric videoObscurity Vision: A banda domina a musicalidade black metal

Metal sueco: site elege as dez melhores bandas da SuéciaMetal sueco
Site elege as dez melhores bandas da Suécia

Rolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revistaRolling Stone
As 500 melhores músicas segundo a revista

Mascotes do Metal: os dez maiores segundo The GauntletMascotes do Metal
Os dez maiores segundo The Gauntlet

Nightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãsNightwish
Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

Ortografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?Ortografia
Como deveriam realmente se chamar as bandas?

Corey Taylor: não teria havido um Slipknot sem Paul GrayCorey Taylor
"não teria havido um Slipknot sem Paul Gray"

Ozzy Osbourne: Sharon detona Daisley e desmente intenção de bandaOzzy Osbourne
Sharon detona Daisley e desmente intenção de "banda"


Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde adolescente vive a cultura do Rock/Metal. Além do Whiplash, o redator escreve para a revista Roadie Crew e é assessor de imprensa da Roadie Metal. A sua dedicação se define na busca constante por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336