Carlos Lichman: Novo álbum musicaliza as lendas urbanas de Porto Alegre

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Maicon Leite, Fonte: Maicon Leite, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Chegando ao seu sexto registro solo, o guitarrista gaúcho CARLOS LICHMAN - hoje radicado na Inglaterra - apresenta uma série de características diferentes em relação aos seus trabalhos anteriores tanto como artista solo como sideman. Um projeto musical e audiovisual tendo como base à memória cultural da cidade de Porto Alegre sendo financiado pelo Funproarte, um fundo municipal de apoio à produção artística e cultural de Porto Alegre e referência no Brasil. "Lendas Urbanas de Porto Alegre" se torna, pela primeira vez, um álbum conceitual na discografia do guitarrista.

Carlos Lichman: Aprenda a tocar guitarra com Hard RockFelipe Andreoli: "Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra..."

O álbum apresenta nove lendas urbanas que são musicalizadas com instrumentos e arranjos modernos dentro de estilos como o Hard Rock, Blues e Fusion. As lendas selecionadas foram: Bará no Mercado Público, A Moça do Cemitério, Crime da Rua dos Arvoredos, Obirici, Igreja Nossa Senhora das Dores, Museu Júlio de Castilhos, Hospital São Pedro, Castelo do Alto da Bronze e Maria Degolada. Além da composição e gravação o projeto também tem uma parte é dividido na produção de 15 vídeos que estarão sendo divulgados nas redes sociais do músico. "Lendas Urbanas de Porto Alegre" marca mais um processo evolutivo de CARLOS LICHMAN tanto como compositor e guitarrista, mas também como artista.

Responsável pelas composições e também por registrar todas as linhas de guitarra, baixo e teclados, há a participação do baterista Alexandre Olly e de guitarristas que contribuíram nas seguintes faixas: Caca Barros em "Museu Júlio de Castilhos", Miguel Mega em "Hospital São Pedro"e Nelson Jr. em "Igreja Nossa Senhora das Dores", além do tecladista Rafael Piamolini em "Castelo do Alto da Bronze". Em "Bará no Mercado Público" Carlos divide a composição com Alexandre Olly. As gravações do álbum foram realizadas em dois locais: guitarra, baixo e teclados foram gravados no estúdio Music em Bournemouth, Inglaterra, enquanto as sessões de bateria foram registradas no estúdio LST Records em Porto Alegre. A mixagem e masterizagem foram feitas no Cookie Monter Studio em Porto Alegre, por George Demitrius.

Ouça o single "Maria Degolada":




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Carlos Lichman"


Carlos Lichman: Aprenda a tocar guitarra com Hard Rock

Felipe Andreoli: Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra...Felipe Andreoli
"Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra..."

AC/DC: prostitutas revelam as esquisitices de Phil RuddAC/DC
Prostitutas revelam as esquisitices de Phil Rudd

Mascotes de bandas: GigWise elege os 14 mais famososMascotes de bandas
GigWise elege os 14 mais famosos

Separados no nascimento: Alice Cooper e Emerson FittipaldiQueen: uma interpretação da letra de "Bohemian Rhapsody"Kiss: as 10 melhores músicas de Ace na bandaSeparados no nascimento: Steven Tyler e Márcia Goldsmich

Sobre Maicon Leite

Maicon Leite é assessor de imprensa na Wargods Press, colaborador na revista Roadie Crew e um dos autores do livro Tá no Sangue! - A História do Rock Pesado Gaúcho, dentre outros projetos e publicações.

Mais matérias de Maicon Leite no Whiplash.Net.

adClioIL