A Caverna: EP de estreia abrange diversas sonoridades

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Maicon Leite, Fonte: Maicon Leite, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Formada em agosto de 2018, a banda A CAVERNA, de Itaí/SP, vem buscando um resgate de sonoridades que englobam influências de Rock/Metal nacional calcado em sonoridades que vêm do Pós-Punk ao Metal dos anos 90, e letras que remontam ao Rock nacional dos anos 80, tudo isso com o intuito de compôr musicas em português. Em seu line-up está o músico Zélão, que dentre 2016/2018 atuou como tecladista da banda Rising e ao seu lado o renomado músico e produtor Rafael Orsi Cecilio (ex-Genocidio, The Anger). O resultado desta parceria pode ser conferido no EP "Saia da Caverna", lançado em julho de 2019 contendo quatro músicas com a temática, indireta, de "sair da caverna, se libertar de amarras ideológicas, políticas e também religiosas, para lutar por seus sonhos", segundo palavras do próprio Zélão.

Sexo e Satã: as mensagens subliminares em capas de Rock / MetalIron Maiden: pastor evangélico tem 172 tatuagens da banda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com arte de capa feita sobre foto do fotógrafo Guilherme Guidetti, de São Paulo, que mostra uma janela de um apartamento, numa metáfora de que as novas "cavernas modernas" de hoje em dia seria o isolamento social perpetrado pelas grandes cidades. E com parceria direta do produtor/compositor Rafael Orsi, que fez todos os arranjos de guitarras, solos, bateria, baixo e backing vocals em cima das composições e letras de Zélão, "sendo peça fundamental na concepção do trabalho, para além de uma simples produção, mas uma parceria completa mesmo", explicou Zélão.

O EP abre com "Avenidas da Metrópole", que aborda o caos urbano das grandes cidades; "Longo Caminho" sobre a luta e persistência em seus sonhos, principalmente no mundo da música; "Visões da Guerra", que estabelece uma metáfora da guerra sendo travada por opiniões politicas de lados opostos na Internet, como temos visto nos tempos atuais, sendo isso alienante intencional pelos detentores do poder enquanto roubam nosso país; fechando com "Rock é Rock Mesmo", música-emblema sobre a persistência do Rock na história e no futuro, em cima do título do filme "The Song Remains the Same" aqui no Brasil, do Led Zeppelin, numa homenagem à esta banda.

Para finalizar, A CAVERNA é "ideologicamente", da cidade de Itaí onde vive Zélão, mas os músicos que tocam ao vivo neste trabalho são da capital São Paulo. Zélão (Vocal), Rafael Orsi (Guitarra), e os músicos convidados Ricardo Penha (baixo) e Rafa Hernandez (Bateria, membro da banda Válvera). Atualmente trabalhando na divulgação do EP, os músicos também divulgam o single "Ainda não Acabou", que fará parte do próximo EP, com previsão de lançamento para ainda este ano.

Ouça "Saia da Caverna" no Youtube:




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Caverna"


Sexo e Satã: as mensagens subliminares em capas de Rock / MetalSexo e Satã
As mensagens subliminares em capas de Rock / Metal

Iron Maiden: pastor evangélico tem 172 tatuagens da bandaIron Maiden
Pastor evangélico tem 172 tatuagens da banda


Sobre Maicon Leite

Maicon Leite é assessor de imprensa na Wargods Press, colaborador na revista Roadie Crew e um dos autores do livro Tá no Sangue! - A História do Rock Pesado Gaúcho, dentre outros projetos e publicações.

Mais matérias de Maicon Leite no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336