Matérias Mais Lidas

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemVangelis, compositor de cinema e lenda do prog rock grego, morre aos 79 anos

imagemDez músicas muito legais do Iron Maiden que não são cantadas por Bruce Dickinson

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"

imagemJames LaBrie fala sobre a possibilidade de trabalhar novamente com Mike Portnoy

imagemVocalista do Gwar diz que integrantes do Maiden são "um bando de velhas britânicas"

imagemQuando Angus Young, do AC/DC, detonou o Led Zeppelin e os Rolling Stones

imagemJonathan Davis, do Korn, explica qual seu problema com o Cristianismo

imagemLes Claypool, do Primus, explica por que não se tornou baixista do Metallica

imagemPhil Campbell conta como era fácil "comprar" Lemmy pra fazer qualquer coisa

imagemO segredo da longevidade do baixista do Guns N' Roses tem inspiração nos Stones

imagemMetallica divulga vídeo de "Whiskey In The Jar" ao vivo em Curitiba

imagemClassic Rock lista 15 músicas do saudoso Chris Cornell que você precisa conhecer

imagemComo o Lollapalooza desmereceu Ozzy Osbourne e ele deu a volta por cima


PRB

Rock in Rio: há 30 anos, Axl Rose exigia VJ desconhecida da MTV para entrevistá-lo

Por Igor Miranda
Em 18/01/21

O Rock in Rio 1991 completa 30 anos de sua realização nesta segunda-feira (18) - o evento aconteceu entre os dias 18 e 27 de janeiro daquele ano, no estádio do Maracanã, Rio de Janeiro. Uma das histórias mais curiosas do festival envolve o vocalista Axl Rose, escalado para se apresentar com o Guns N' Roses, e a VJ Cuca Lazzarotto, então uma novata na MTV Brasil.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em um texto divulgado na plataforma Medium, como parte de uma ação publicitária, Cuca Lazzarotto contou que Axl Rose a escolheu para entrevistá-lo nos bastidores do Rock in Rio 1991. A jovem foi a única jornalista do Brasil autorizada a conversar com o vocalista naquela ocasião.

Antes, ela se recordou que desejava ir ao primeiro Rock in Rio, realizado em 1985, mas como tinha apenas 16 anos de idade, seus pais não permitiram que ela fosse. "Naquela época, eu sequer imaginava que um dia cobriria um festival de música, ainda mais um Rock in Rio. Mas, em 1990, minha vida deu uma guinada: virei apresentadora do único canal jovem e segmentado do Brasil, a MTV", afirmou, de início.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cuca ficou empolgada com a possibilidade de cobrir o Rock in Rio 1991, mas ela sequer estava na escala profissional que trabalharia no evento pela MTV. "Poderia ter sido a realização de um sonho, já que eu era VJ e trabalhava com música. Porém, não fui escalada para cobrir o festival. O Brasil fervilhava mais uma vez - e DE NOVO eu não pude assistir ao vivo a shows tão desejados", disse.

Ela completa: "O único show que vi, e nem era o que eu mais queria, foi o do Guns N' Roses, que naquele momento era uma das bandas de maior sucesso mundial e estava em sua primeira passagem pelo Brasil. A mídia em peso queria a chance de entrevistar o líder do grupo, Axl Rose".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mesmo com tanta concorrência, a MTV Brasil foi a única emissora a entrevistar Axl Rose. E a responsável por isso foi, indiretamente, Cuca Lazzarotto. "Ocupando o posto de maior pop star daquele momento, Axl se deu ao luxo de escolher com quem falaria no Brasil - e era óbvio que escolheria um veículo familiar ao grupo: a MTV. Só que ele foi além e escolheu COM QUEM da MTV iria falar, deixando bem claro que só daria entrevista a uma VJ até então quase desconhecida: eu. Lá fui eu falar com o cara", contou.

A jornalista complementa: "Não fui sozinha - precisávamos de uma grande entrevista e o Zeca Camargo, que na época apresentava o MTV News, foi comigo. Juntos, conversamos com Axl logo depois do show no Rock in Rio e com a banda em um outro momento. Assim, a MTV foi o único veículo a entrevistar o Guns N’ Roses e eu fiquei conhecida no Brasil todo".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cuca Lazzarotto acabou tendo a oportunidade de cobrir o Rock in Rio 2001, agora em um trabalho contínuo, abordando todos os dias de evento, pela DirecTV. O texto completo, no Medium, também narra a experiência dela na terceira edição do festival.

Namorado de Cuca não permitia entrevista

Em entrevista ao portal "Uol", Astrid Fontenelle, que também era VJ da MTV Brasil no início dos anos 90, revelou que a entrevista de Axl Rose a Cuca Lazzarotto foi repleta de peculiaridades. Ela reforçou que o cantor exigiu que a jornalista, ainda inexperiente, fosse a responsável pela entrevista - e o namorado dela, na época, não aceitava.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Na época do Rock in Rio (1991), ele (Axl Rose) não queria dar entrevista de jeito nenhum para a MTV Brasil. Uma hora esse cara, lá no hotel, liga a TV e a Cuca estava apresentando o 'Disk MTV' no meu lugar. O cara falou: 'eu quero dar entrevista para essa moça'. Ele queria de qualquer jeito a Cuca, ela tinha um namorado que não queria deixá-la fazer a entrevista, foi uma confusão", contou ela, destacando que, no fim das contas, Axl deu um "chá de cadeira" na Cuca Lazzarotto e a recebeu apenas pela madrugada.

Na ocasião deste bate-papo com o "Uol", Astrid e vários outros VJs elegeram Axl Rose como o entrevistado mais mala da MTV Brasil.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

imagemAxl Rose: por que ele foi o entrevistado mais mala da MTV Brasil, segundo Astrid

imagemAxl Rose: por que ele foi o entrevistado mais mala da MTV Brasil, segundo Astrid

Rock In Rio 1991: 10 curiosidades sobre a 2ª edição do evento

imagemA escolhida do Axl Rose: minhas memórias favoritas do Rock in Rio

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Steven Adler: é difícil para ele ver o Frank Ferrer tocar suas músicas



Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.