Matérias Mais Lidas

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagem"Não existe esta coisa de New Wave of British Heavy Metal", diz Paul Di'Anno

imagemComo o clássico "Angel Dust" fez o guitarrista Jim Martin sair do Faith No More

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemMarky Ramone sobre o CBGB: "Era como um lixão, mas era o nosso lixão"

imagemO álbum do Kiss que infelizmente é ignorado pela banda, segundo Andreas Kisser

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemTico relembra trauma que o fez entrar na Fazenda e briga bizarra com Sérgio Mallandro

imagemPor motivo de saúde, Tracii Guns faz show inteiro do L.A.Guns dentro do banheiro

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemEdu Falaschi e as versões de "Bleeding Heart" que "dá uma tristezinha" de ouvir

imagemVídeo mostra o Guns N' Roses novamente tocando "Back in Black" do AC/DC

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado


Stamp

Rush: qual é o melhor álbum da banda, na opinião de Alex Lifeson

Por Igor Miranda
Em 09/02/21

O Rush tem uma discografia de respeito, com vários álbuns de muita qualidade. Porém, um deles se destaca na visão do guitarrista Alex Lifeson.

Trata-se de "Moving Pictures", clássico disco lançado em 1981, com músicas do porte de "Tom Sawyer", "Limelight", "Red Barchetta" e a instrumental "YYZ", entre outras. Em entrevista ao canal de YouTube "Make Weird Music", com transcrição via Ultimate Guitar, Lifeson falou sobre sua predileção por esse trabalho.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"'Moving Pictures' foi, de longe, o melhor álbum que fizemos. De nossa perspectiva, nos divertimos muito trabalhando nele. Estávamos em um ótimo espaço, trabalhamos compondo no verão muito próximos de Toronto, nossa casa. No estúdio, tudo se encaixou e realmente curtimos a experiência", afirmou.

O guitarrista destacou que "Moving Pictures" traz um "material forte" e que o processo de gravação em si foi "muito divertido", rolando de forma "suave". "Isso não acontece tão frequentemente. Posso te contar as histórias de terror sobre 'Grace Under Pressure' (1984) e 'Vapor Trails' (2002) terem sido tão difíceis de se fazer. Já 'Moving Pictures' foi algo delicioso", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em seguida, Alex Lifeson mencionou que músicas como "YYZ", "Tom Sawyer" e "Limelight" eram "grandiosas" e "tipicamente rock", porém, "um pouco mais concisas" que as composições de álbuns anteriores. "Estávamos seguindo por um caminho de composições mais econômicas no fim da década de 1970", afirmou.

Uma música foi citada como destaque pelo guitarrista: "Vital Signs", cuja abordagem na gravação foi comentada por ele. "A forma como a arranjamos e a compomos foi muito diferente. Começando com o sequenciador e tendo aquela parte, chegando à guitarra acima dela. Neil (Peart, baterista) estava curtindo aquela abordagem de bateria mais ska, mais reggae. Ele também estava mexendo com bateria eletrônica na época, então tudo vem dessa pequena exploração", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A entrevista pode ser conferida na íntegra, em inglês e sem legendas, no player de vídeo a seguir.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Rush: livro com fotos ao vivo de 1979 e 1981, algumas inéditas, é lançado no Brasil

Ultimate Classic Rock: Top 10 de músicas sobre bruxas e bruxos


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.