Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemAC/DC: Angus Young conta como é para ele o antes, o durante e o depois de um show

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemBenny Anderson toca música do Foo Fighters por ter visto Dave Grohl homenageando Abba

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe


Stamp

Angra: Alírio Netto foi vetado da banda em 2013? Felipe Andreoli dá sua versão

Por Igor Miranda
Em 01/10/21

Em 2013, Fabio Lione foi oficializado como vocalista do Angra após realizar alguns shows, como integrante provisório, ao lado da banda. Antes do ex-Rhapsody of Fire ser efetivado na vaga, o grupo cogitou fazer um reality show para encontrar um novo cantor - e Alírio Netto, hoje no Shaman, foi um dos nomes cotados.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista ao Canal Ibagenscast no YouTube, com transcrição do Whiplash.Net, o baixista Felipe Andreoli deu a versão do Angra para a situação e negou algumas declarações dadas pelo ex-empresário da banda, Paulo Baron, e pelo próprio Alírio Netto a respeito do caso. O músico negou que o grupo tenha efetivado Netto na vaga e também disse que Baron não teve influência na decisão tomada pelos integrantes.

Inicialmente, Andreoli apontou que "nunca se cogitou de fato tirar Fabio Lione do Angra". Houve, segundo ele, um período em que Fabio Lione havia acertado apenas para fazer alguns shows como convidado, sem entrar para a banda em definitivo. Em meio a tudo isso, o grupo planejou a realização do reality show para buscar um novo cantor efetivo, na vaga de Edu Falaschi, junto à MTV Brasil.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Demoraria alguns meses para o projeto se concretizar e começamos a sondar alguns participantes. Nesse meio-tempo, a MTV foi vendida de volta para a Viacom e virou outra coisa. O projeto morreu. Ao mesmo tempo, estávamos fazendo shows com o Fabio e a coisa andou, se ajeitou, nos demos bem. Nesse momento, abandonamos a ideia de trocar o Fabio, que ficou na banda e está até hoje", disse.

Em seguida, ele completou: "Esse momento em que Paulo Baron e Alírio Netto falam que o Angra escolheu o Netto para substituir o Fabio e que o Baron vetou... isso nunca aconteceu. Nunca o escolhemos para ser vocalista do Angra".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Felipe deixa claro que Alírio é um vocalista muito talentoso - "um dos maiores do mundo e um grande amigo" - e seria candidato caso houvesse um reality show. "Mas isso nunca aconteceu. Até porque nunca chegamos e anunciamos Fabio Lione como novo vocalista do Angra. Ele foi ficando", declarou.

O baixista relembrou que a possível entrada do novo integrante foi discutida a partir de uma matéria, em tom de boato, divulgada na internet. O veículo de comunicação que reproduziu o rumor não foi mencionado, porém, em 2012, o Whiplash.Net publicou um contéudo similar ao descrito por Felipe.

Angra: Alírio Netto é opção para novo vocalista da banda?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Na época em que a situação do Fabio estava indefinida, saiu uma matéria: 'seria Alírio Netto o novo vocalista do Angra?'. Havia áudios de um workshop onde ele cantava músicas do Edu Falaschi e do Andre Matos. Isso gerou um burburinho muito grande e um grande desconforto para nós com relação ao Fabio, como se estivéssemos armando para tirá-lo enquanto ele está cantando na banda, sem saber de nada", disse.

Oportunidade de se explicar

Ainda segundo Felipe Andreoli, Alírio Netto teve a oportunidade de se explicar para o Angra - e a versão dada pelo vocalista foi aceita sem problemas. A declaração do baixista é diferente da que o cantor deu, também em entrevista ao Ibagenscast, onde afirma que não pôde se explicar para os músicos da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

imagemAlírio Netto: Por que ele não entrou para o Angra após saída de Edu Falaschi

"O Netto disse que não tem nada a ver com isso, não foi ele quem soltou, mas um repórter enxerido. Pediu desculpas. Falamos: 'Netto, sem problemas, você é um grande amigo, sabemos que você não seria sem noção a ponto de minar o Angra'. Paulo Baron ficou p*to com a matéria, mas não houve veto, pois a banda não escolheu o Netto. Outra coisa que não aconteceu foi o Netto não poder se explicar para a banda. Pelo contrário: ele se explicou muito para todos. E ficou tudo bem", comentou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por fim, de acordo com Felipe Andreoli, a versão dada por Paulo Baron de que Alírio Netto foi escolhido para o Angra, porém teria sido vetado pelo empresário, foi negada diretamente ao vocalista. "Esclareci para o Netto que essa situação do Baron não tinha acontecido. Falei: 'isso que o Baron está te falando, que você iria entrar para a banda e ele não deixou... isso não aconteceu'", declarou.

Por fim, o baixista pontuou: "Baron é um grande empresário e grande amigo, mas se eu, Kiko e Rafa decidirmos um novo vocalista para o Angra, não seria ele que iria dizer: 'não'. O Baron trabalhava para o Angra, não o Angra trabalhava para o Baron. Se tivéssemos decidido, seria o Netto, mas decidimos pelo Fabio".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O trecho da entrevista em que Felipe Andreoli fala sobre o assunto pode ser assistido no vídeo abaixo.

A entrevista completa pode ser conferida a seguir.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Angra e Detonator: "Sem nenhuma dúvida, esse cara comprou a mídia!"


Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.