Matérias Mais Lidas

imagemAxl Rose faz piada de gosto duvidoso sobre incidente com microfone

imagemHá 20 anos, Frejat explicava como Raimundos não se dobrava perante gravadora

imagemDez bandas de rock e metal que gravaram versões para músicas de outros estilos

imagemRegis Tadeu coloca o dedo na ferida e aponta o grande erro do rock nacional dos anos oitenta

imagemB. B. King sobre John Lennon ter dito que queria tocar como ele

imagemO dia que Roberto Justus disse a João Gordo que nunca bebeu uma gota de álcool na vida

imagemA música do Queen que Brian May pensou que era uma brincadeira

imagemA visionária melhor música do Genesis na opinião de Steve Hackett

imagemCinco clipes dos anos 1990 que ultrapassaram 1 bilhão de views no Youtube

imagemJúnior Bass Groovador: desabafando após internauta dizer que sente nojo de suas caretas

imagemEdu Falaschi critica apresentador do SporTV por crítica à CR7: "Falar até papagaio fala"

imagemEric Clapton relembra como era ser chamado de Deus nos anos 60

imagemSlash falhou em seguir o conselho de Keith Richards, que mesmo assim foi lá e o apoiou

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemBandas de heavy metal que lançaram discos em quatro décadas diferentes


Lift Detox
Stamp

Andre Matos tentou tirar Rafael Bittencourt do Angra logo após gravação do "Angels Cry"

Por Emanuel Seagal
Postado em 11 de janeiro de 2022

Rafael Bittencourt, guitarrista do Angra, participou do Ibagenscast, com Manoel Santos e Caio Maranho Maia, onde falou sobre discordâncias com Andre Matos devido aos créditos das músicas no disco, e revelou que o falecido vocalista tentou tirá-lo da banda na época do "Angels Cry".

Luis Mariutti lembra uma das primeiras discussões do Angra, culpa da gravadora japonesa

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Assim como Luis Mariutti falou em entrevista anterior ao Ibagenscast, Rafael deu mais detalhes dos problemas causados pela divisão de créditos. "Esse momento dos créditos do álbum 'Angels Cry' foi um dos momentos importantes dessa ruptura. No disco estava escrito assim, 'cover concept', o conceito da capa… Andre Matos. Falei que seria um anjo e seria uma estátua. Ele (Andre) foi no cemitério, tirou a foto do anjo e a gente estava fazendo junto, como tudo que a gente fazia, aí falei 'ué, por que você colocou o (seu) nome? Nunca vi uma capa que tem o crédito do conceito', uma babaquice isso. Tinha umas coisas de auto afirmação, do Andre precisar construir que tudo girava ao redor dele, e era uma necessidade muito grande. Tudo bem, ele falou que os japoneses pediram. Eu nunca vi isso, um e-mail ou fax, nada dizendo que tem que ser assim. Na verdade ele que mandou o crédito pro Japão e quando foi contestado ele falou que os caras da gravadora quiseram desse jeito. Mas enfim, ele também não está aqui pra se defender, então deixa pra lá", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Segundo Rafael a questão envolvendo os créditos gerou debates acalorados, e disse ser difícil definir uma divisão dos créditos, pois alguns defendem que todos envolvidos no processo merecem estar nos créditos, enquanto outros acreditam que apenas quem teve ideias que entraram para o disco devem receber. "São conceitos que as pessoas têm que entrar num acordo, de cavalheiros, porque no fim das contas você tem que ter uma boa relação com todo mundo, você tem que ceder, e eu fiz muito acordo com o Andre… o problema é que eu cedia muito, e, okay, ele não gostava muito de botar meu nome junto com o dele, mas qualquer peido que ele dava na minha música tinha que ter o nome dele, então ficou assim, até que comecei a ficar defensivo. Foi amargurando a relação porque uma parceria que você tem que ficar na defensiva, onde você não confia mais que a pessoa também é empática com suas necessidades, é uma relação fadada ao fracasso", desabafou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Rafael revelou também que Andre Matos tentou expulsá-lo da banda. "Teve uma conversa que tivemos logo após o "Angels Cry" que ele reuniu toda a banda pra tirar o Rafael Bittencourt. Ele reuniu o "Toninho" (ex-empresário do Angra), Kiko Loureiro, Luis Mariutti, e eu, pra comunicar que eu estava fora da banda, depois do 'Angels Cry', logo após a gravação. Falei 'não, cê tá louco, me tirar da banda, dei o nome da banda, criei o conceito, arrumei todos os músicos (que ele não conhecia), fiz metade das músicas e agora você vai me tirar? Da onde?' Ele começou a dar umas razões que não tinham pé nem cabeça. Ali enfraqueceu, puta punhalada pelas costas."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ao ser questionado sobre como a situação foi revertida, se ele bateu o pé dizendo que não sairia ou se a banda ficou do seu lado, o músico respondeu: "Não, eles ficaram quietos, porque afinal de contas o Rafael e o Andre eram o centro criativo. Eles estavam numa situação de saia justa, 'pô, esses caras tem que se entender.' O Andre era o pilar principal porque a (gravadora) JVC entendia que ele era o grande astro do rock que saiu do Viper e havia feito agora o Angra, e ele queria que o argumento fosse esse."

Rafael aproveitou para desabafar que os fãs que escutam essas histórias tendem a vilanizar, demonizar os envolvidos, e escolher um lado, como um time, e colocar um contra o outro. "Não é nada disso. Era um monte de gente imatura, era tudo novo pra cacete. O fato é que o Angra é uma junção de projetos. Eu estava fazendo um projeto, que era uma banda, e o Andre estava fazendo outro projeto, que era a banda dele também, que ele não tinha ninguém, mas tinha uma estrutura, respaldo, uma carreira, experiência, dois discos nas costas, era um puta talento. Não quero vilanizar ele aqui, pelo amor de deus, mas eu estava fazendo minha banda, que era de heavy metal, com música brasileira, misturando estruturas de música erudita, e as minhas músicas que eu estava escrevendo, 'Time', 'Reaching Horizons', 'Queen of the Night', (Evil) 'Warning'."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"O Andre entendeu o seguinte, 'Não, o projeto é meu e você por favor fique aí bonzinho e me obedece'. Eu até poderia ficar bonzinho e obedecer, se, a meu ver, fosse um pouquinho mais equilibrado, mas não foi bem assim. Ele estava com a bola no pé dele realmente, a gravadora apoiando e tudo mais, então ele viu essa importância dele, que foi fatídica, mas o fato é que o Angra não existiria sem mim. Comecei a parada, eu juntei as pessoas, conhecia os músicos, tinha músicas pra fazer e tinha ideias, então foi a junção dessas duas coisas. Éramos duas pessoas novas com personalidades fortes e acabou tendo um monte de diferenças", concluiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira o bate-papo completo no player abaixo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze
Samael Hypocrisy


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Avião de Edu Falaschi enfrenta granizo e banda relata pânico: "Quase morremos"

O impagável apelido que Andre Matos deu a Luis Mariutti por sua pontualidade

Angra: Luis Mariutti conta sobre atritos entre Andre Matos e Rafael Bittencourt

A bonita homenagem que Angra fará a Andre Matos em novo álbum, segundo Fabio Lione

Sede de fofoca dos fãs precisa ser estuda por psicólogos, diz Rafael Bittencourt

O álbum clássico do Rush que Rafael Bittencourt não gostava nada

Rafael Bittencourt revela qual será temática principal das letras do novo álbum do Angra

O dia que Ozzy Osbourne perguntou se Rafael Bittencourt estava chapado

O surpreendente país da Europa em que Angra é idolatrado e devia fazer mais shows

Heavy Metal: um guia para começar a ouvir o estilo

O genuíno interesse de membros do Angra por dieta, malhação e espiritualidade

Angra: Rafael Bittencourt mostra trecho de música nova da banda

Angra homenageia Erasmo Carlos, que faleceu no Dia do Músico

Como foi o clima do primeiro ensaio do Angra com Fabio Lione, segundo tour manager

Rafael Bittencourt escolhe e comenta seu inusitado álbum favorito do Pink Floyd

Bruce Dickinson: e se ele cantasse Angra, Dio, Kiss ou Europe?

Tradução - Rebirth - Angra

Sob Metamorfose: em vídeo, alguns dos negros mais importantes do Metal

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregos

Bruce Dickinson: ele revela os três vocalistas que nunca vai conseguir superar


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais matérias de Emanuel Seagal.