Matérias Mais Lidas

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemRob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemPrika Amaral diz que fica feliz com o sucesso alcançado banda Crypta

imagemGordo diz que atualizou termos politicamente incorretos após puxão de orelha de filha

imagemFãs de Stranger Things do Tik Tok querem cancelar o Metallica

imagemDavid Ellefson diz que você conhece seus amigos quando a m*rda bate no ventilador

imagemA opinião de Marcelo Barbosa sobre cancelamento de Metallica e Pantera por racismo

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemGuitarrista do Skid Row diz que não fala com Sebastian Bach e não pensa em fazer pazes

imagemArtigo na Far Out Magazine aponta James Hetfield como pior letrista da história do metal

imagemFloor Jansen diz que achou que não fosse conseguir cantar nova música do Avantasia

imagemResenha - Max e Iggor Cavalera (Audio, São Paulo, 07/08/2022)

imagemAnthrax cancela mais um show que seria realizado no Texas


Dream Theater 2022

Lobão diz que direita e esquerda estão juntas no boicote ao Rock no Brasil

Por Bruce William
Em 29/06/22

Em um corte da participação de Lobão no podcast Corredor 5, apresentado por Clemente Magalhães, o músico diz que "O rock nunca foi aceito no Brasil, nem pela direita e nem pela esquerda": "Dentro do inconsciente coletivo, da mentalidade brasileira, o rock não é pra ser aceito no Brasil. E isso sempre foi assim no Brasil, desde a passeata contra a guitarra elétrica em 1967 até os dias de hoje", diz Lobão. "Eu era virgem, nunca tinha fumado maconha mas era cabeludo, tinha 13, 14 anos, passava na rua e recebia revista da polícia porque era maconheiro, marginal, porque estava carregando instrumento".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"E você tinha a direita que estava no poder na época, os militares, todos contra o Rock, e tinha a esquerda também", prossegue Lobão, explicando que nunca foi classificado com música em festival e todos os amigos de época dele que foram campeões, todos eram "futuros Chicos Buarques, eram incentivados. Aprendi muita coisa com eles, acho muito legal. Só não acho certo essa ditadura, tanto da direita quanto da esquerda. Um antropólogo, sociólogo ou alguém vai estudar porque este fetiche pela negação ao Rock. A esquerda diz que é cultura imperialista (norte) americana, a direita diz que é coisa de maconheiro, gente que não toma banho e que é fedorento. O fato é que ambos os lados se unem para ter uma ojeriza, uma urticária estético-moral".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Clemente então pergunta se Lobão acha que o fenômeno do BRock dos anos oitenta foi um acidente de percurso: "Foi um acidente e que foi devidamente drenado porque, não sei se você se lembra, toda a imprensa dizia 'este é o último verão do Rock', 'o rock Brasil não tem mais gás', mas foram dez verões, cada vez os discos saindo melhores, letras mais elaboradas, as bandas melhorando. E veio o Rock in Rio pra acabar com a gente, a Bizz foi uma revista feita pra acabar com o Rock Nacional, então a gente teve que lutar o tempo todo!"

Lobão continua dizendo que houve um boicote generalizado, e mais adiante comenta que quem sobreviveu da geração dele, "Acabou tendo que, de uma forma ou de outra, dar uma abrasileiradinha. Ficou mais tribalista, ficou mais Marisa Monte, senão você não toca no SESC, você não consegue tocar, há uma patrulha mesmo, uma coisa sistemática. E eu me recuso, desde a época do Wilson Simonal, eu me recuso a fazer parte disso, eu não vou me submeter a isso. Eu acho que sou a única pessoa que está viva ainda que não se submeteu e continua inteira, vamos dizer assim".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A participação completa de Lobão no podcast "Corredor 5" pode ser conferida no vídeo abaixo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

Lobão relembra quando presenciou esporro homérico de Tim Maia em Ed Motta

Lobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

Lobão diz que direita e esquerda estão juntas no boicote ao Rock no Brasil

Por que Lobão acha péssimo o "The Wall" e nunca mais ouviu Pink Floyd?

A superioridade do Clube da Esquina em relação ao Tropicalismo, segundo Lobão

A curiosa opinião de Lobão sobre Chico Buarque e os Tropicalistas

Como Lobão peitou gravadoras e acabou com farra dos álbuns não numerados

Lobão: "o rock foi excluído do Brasil num processo político-cultural do PT"

João Gordo: A opinião sobre Lobão em entrevista à Jovem Pan

Lobão: show mais curto da história do Rock não pertence a ele

Gibson: os 50 melhores covers da história do rock

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.