RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemTodos os rockstars que já recusaram ser condecorados pela rainha Elizabeth II

imagemO hit de Cazuza feito durante internação e que seria indireta para affair Ney Matogrosso

imagemManeskin e o grande temor que Gastão Moreira tem em relação à banda

imagemArnaldo explica por que saía do palco quando Titãs tocava hit de "Cabeça Dinossauro"

imagemO protagonismo do Sepultura em relação a Anitta, segundo João Gordo

imagem"Hi Regis, I'm Paul!": o dia em que Paul McCartney ligou para Regis Tadeu

imagemAxl e o pequeno gesto com Slash comprovando que as tretas do passado ficaram pra trás

imagemMembro do Guns N' Roses vai na Galeria do Rock de SP e compra camiseta oficial

imagemPor que Casagrande precisou de escolta de psicóloga para participar de programa de Gordo?

imagemBob Dylan revela como conhecer seu maior ídolo o fez deixar de venerar pessoas

imagemRenato Russo tentava boicotar Legião marcando show em dia de jogo na copa de 1994

imagemA surpreendente música do Metallica que Trujillo mostraria para quem não conhece a banda

imagemO revoltante motivo que fez gravadora não aceitar Jairo Guedz como baixista do Ministry

imagemO motivo pelo qual Pete Townshend disse se arrepender de integrar o The Who

imagemBlack Sabbath: 4 obscuras influências musicais da formação original


NFL Steve Harris

A chave oculta no disco do Led Zeppelin que Raul usou para abrir as portas do conhecimento

Por Bruce William
Postado em 22 de setembro de 2022

Em 1970, o Led Zeppelin já estava no topo da montanha, embora "Stairway To Heaven" ainda estivesse mais adiante. Em seu currículo a banda contava com dois álbuns fundamentais para a história do Rock lançados no mesmo ano de 1969: o primeiro deles, "Led Zeppelin I", trazia bastante influência do Blues com pitadas Folk, mas continha um som bastante pesado que não era comum na época; e o segundo, "Led Zeppelin II", aprofundou mais ainda a sonoridade do seu antecessor com uma profusão de riffs que fizeram com que ele fosse considerado o álbum mais pesado da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com isso era grande a expectativa para o terceiro álbum, mas ao invés de seguir a vibe pesada pura e simples, a banda decide tirar o pé do acelerador e registrar canções mais acústicas com fortes doses de músicas celta e folk, a ponto de uma parte do álbum ter sido composto em Bron-Yr-Aur, na prática uma pequena cabana que fica em Snowdonia, no País de Gales, e que na época não contava sequer com energia elétrica ou água encanada.

E o resultado, "Led Zeppelin III", se tornou outro clássico da história do Rock, com canções marcantes como "Immigrant Song", "Since I've Been Loving You" e "That's The Way", comprovando que o Led Zeppelin tinha muita versatilidade, criatividade e talento, não era apenas uma "banda barulhenta de hard rock formada por uns jovens cabeludos".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Raul Seixas, Paulo Coelho e a Sociedade Alternativa

Vamos avançar dois anos e mudar de país: em 1973, Raul Seixas lançou seu segundo álbum solo, "Krig-ha, Bandolo!" - o primeiro, "Os 24 Maiores Sucessos da Era do Rock", havia saído originalmente creditado para uma banda fictícia chamada Rock Generation, mas posteriormente ele seria lançado com os devidos créditos ao Raul, que também tinha em seu currículo trabalhos como produtor musical e diversas parcerias.

"Krig-ha, Bandolo!" consagrou Raul por trazer algumas de suas músicas mais marcantes, incluindo "Ouro de Tolo" que foi um dos maiores sucessos da carreira do cantor, fazendo com que ele atingisse o estrelato. E esse foi o primeiro álbum onde Raul contou com a parceria de Paulo Coelho, que havia chamado a atenção de Raul graças a um artigo sobre discos-voadores publicado em uma revista underground. A dupla seria responsável por várias músicas imortalizadas por Raul até 1978.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas a parceria não seria apenas musical: ainda em 1973 Raul Seixas e Paulo Coelho fundaram a Sociedade Alternativa, que também viraria música e se tornaria um dos grandes clássicos do Raul Seixas, lançada no seu álbum de 1974, "Gitá". Conforme explica Sylvio Passos, criador do fã clube Raul Rock Club e que foi amigo pessoal dos dois, em texto publicado no raulsseixas.wordpress.com: "A base primordial da Sociedade Alternativa é a idéia de liberdade, mas não liberdade somente no sentido de não estar numa gaiola, é uma coisa muito mais ampla. Independentemente do setor em que você está, seja gerente de banco ou cantor de rock, o importante é você ter consciência de que é livre para fazer aquilo que gosta. A ideia é simples, é básica".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foto: Divulgação - Capa Gita
Foto: Divulgação - Capa Gita

Conforme explica o site dedicado à obra de Raul: "Os conceitos da Sociedade Alternativa são baseados na Lei de Thelema (lei da vontade) criada pelo ocultista inglês Aleister Crowley (1875 – 1947), que se autodenominava a 'Besta 666'. Para ele, pecado seria qualquer atitude que restringisse os impulsos naturais e limitasse a vontade humana. Tal ideia realmente virou lei para Paulo e Raul, e ganhou evidência na música dos compositores". E Sylvio vai um pouco mais fundo no conceito: "A Lei de Thelema é puro Crowley. Thelema é uma palavra grega que significa vontade, portanto, a lei da vontade. Não aquela vontade de jogar uma pedra na casa do vizinho ou de sair fazendo sexo com deus e o mundo. Não é isso. É uma vontade natural, espontânea, verdadeira. Um pé de feijão nasce ou um pelo no braço cresce por causa da lei da vontade. É ela que faz as coisas acontecerem".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Não seria possível abordar aqui, com tão poucas palavras, os profundos conceitos e preceitos da Thelema. E quanto à Sociedade Alternativa, um longo texto pode ser lido no raulsseixas.wordpress.com, que como vimos, teve como inspiração a obra de Crowley, principalmente os ensinamentos contidos no chamado "Livro da Lei", que teria sido ditado em 1904 por um ser que atendia pelo nome de Aiwass, e que traz como ensinamento máximo a frase: "Fazes o que tu queres, há de ser o todo da Lei". "O amor é a lei, amor sob vontade" ou, em inglês, "Do what thou wilt shall be the whole of the Law", "Love is the law, love under will", que é considerada a lei máxima da Thelema.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A influência de Aleister Crowley no Rock e em Jimmy Page

Conforme o Wikipedia, Aleister Crowley, ou Edward Alexander Crowley, foi um membro da Ordem Hermética da Aurora Dourada e influente ocultista britânico, responsável pela fundação de uma doutrina (ou filosofia, dependendo do ponto de vista) que batizou de Thelema.(...) Atualmente, é mais conhecido como autor de obras sobre magia e misticismo, dentre eles o Livro da Lei, que tornou-se a escritura sagrada principal dos thelemitas, e doutros tratados sobre diversos assuntos esotéricos como a cabala e o tarô.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda de acordo com o Wikipedia, a influência de Aleister no Rock foi imensa, com inúmeras referências a ele tendo surgido ao longo dos anos, desde que os Beatles o colocaram na capa do seu álbum de 1967, "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band". Socialmente, Crowley se tornou conhecido devido as referências feitas a ele no rock n' roll dos anos de 1960 e 1970, pelas bandas Led Zeppelin, Rolling Stones, Iron Maiden, The Beatles e Black Sabbath, e pelos cantores Bruce Dickinson, Ozzy Osbourne, David Bowie, Raul Seixas e John Frusciante.

E dentre os músicos que cultuam Aleister Crowley, um em especial acabou se destacando: Jimmy Page, guitarrista do Led Zeppelin, que dentre outras coisas, chegou a adquirir a Boleskine House, uma mansão onde Crowley morou na beira do Lago Ness, na Escócia. Page costumava contar que a residência havia sido construída em cima de um terreno onde muitos anos antes havia uma igreja que foi incendiada com os fiéis dentro dela.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Especialistas apontam que, ao longo dos anos, Page foi deixando pistas aqui e ali sobre seu fascínio pelos ensinamentos de Crowley. E como pode ser visto na imagem acima e abaixo, aquele álbum lançado pelo Led Zeppelin em 1971, o "Led Zeppelin III", nas suas primeiras edições lá fora, a mando de Page, trazia grafado no espaço entre o fim dos sulcos e o selo duas expressões extraídas do "Livro da Lei" de Crowley: as frases "Do what thou wilt" ("Fazes o que tu queres") e "So mote be it" ("Assim seja"). Ou como canta Raul Seixas em um dos versos mais famosos da música "Sociedade Alternativa": "Faz o que tu queres, pois é tudo da lei!".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

A chave oculta no disco do Led Zeppelin que Raul usou para abrir as portas do conhecimento

O hit de Raul que censura disse ser "mais pornô do que sertanejo ou música de carnaval"

O hit de Raul que censura liberou, mas traz crítica pesada contra ministro Delfim Netto

O hit de Raul Seixas que cita clássico do Caetano Veloso e foi escrito em 15 minutos

O hit de Raul confundido com mensagem seu pai, mas com significado bem diferente

O hit de Raul Seixas inspirado em visita de E.T, mas confundido com mensagem marxista

O clássico de Raul Seixas composto em motel que Paulo Coelho queria ter participado

Janones cita Raul Seixas para explicar postura que vem adotando

O maior erro que Raul Seixas cometeu e o levou ao declínio, segundo Regis Tadeu

Jorge Vercillo diz que Raul empurrava letra para caber na métrica e ainda era genial

A música do Raul Seixas que é um protesto contra as músicas de protesto

A atitude dos fãs de Raul Seixas que contribui para o taxarem de comunista e satanista

O clássico de Raul que alfineta três cantores da MPB e ironiza músicas de protesto

Raul Seixas ou Renato Russo? Quem tem mais pesquisas no Google, segundo youtuber

A música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

Quando Raul Seixas fingiu ser gringo para tentar conquistar Rita Lee - e se deu mal

Raul Seixas: veja lendária performance de 1974 na Discoteca do Chacrinha

Raul Seixas: de aluno relapso a Maluco Beleza

Metallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorarem

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.