[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

A armadilha que pegou o Nenhum de Nós e impediu que fossem como o Engenheiros do Hawaii

Por Bruce William
Postado em 08 de janeiro de 2023

Neste corte da conversa entre Clemente Magalhães do podcast Corredor 5 e o DaSilva Reggae, Clemente debate com o músico gaúcho por que o Nenhum de Nós, nas palavras dele, atingiu o sucesso mas não conseguiu ser uma banda tão grande quanto o Engenheiros do Hawaii.

Engenheiros Do Hawaii - + Novidades

Foto: Raul Krebs - Divulgação
Foto: Raul Krebs - Divulgação
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

DaSilva responde: "Eu não sei cara, porque o Nenhum é uma banda de qualidade pra caramba, né?". Clemente contextualiza a pergunta: "Nessa época que saiu o disco tocava 'Camila, Camila' (do Nenhum de Nós) pra caralho e tocava 'Eu presto atenção no que eles dizem, mas eles não dizem nada'", essa tocou muito porque era tema de uma novela". Clemente está falando de "Toda Forma de Poder" do Engenheiros do Hawaii, que entrou na trilha sonora da novela "Hipertensão", da TV Globo.

Prossegue Clemente: "Daí quando tem virada de música de trabalho entra 'O Astronauta de Mármore' (do Nenhum de Nós) que tocou pra caralho. Não lembro qual foi a próxima do Engenheiros(...) Mas daí tem uma hora que o Nenhum não vira mais, e o Engenheiros continua". E em seguida ele faz um comentário aparentemente estranho, mas que pode puxar o fio que desenrola uma possível explicação do que aconteceu: "Eu boto a culpa na sanfona". "Sim, (ela) regionaliza a coisa!", concorda DaSilva. "Eu achei tão foda isso!" diz Clemente, mencionando um papo que ele teve com Dudu Borges, produtor e arranjador sertanejo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O corte acaba aqui. Mas Clemente se aprofunda na ideia no vídeo completo: "Às vezes o artista entra no estúdio pra fazer um som. Raramente faz um trabalho antes, estrutura o que quer comunicar e daí chama o produtor: 'Eu quero contar essa história aqui'". E ele diz ainda que os artistas se emocionam muito no processo, alguém aponta qualquer coisa e o artista fica empolgado e se deixa contagiar por aquilo. "Quando eu pergunto alguma história pra ele", conta Clemente, se referindo ao Dudu Borges, "ele diz é que ele havia pedido pro cara fazer a sanfona de um jeito que misturasse um pouco a sanfona do Nordeste com uma outra sanfona, que seria algo que entraria no Brasil inteiro", explicando que o uso de um instrumento com toque tipicamente gaúcho dificilmente seria assimilado pelo resto do país, pois é de entendimento que a regionalização musical acaba por dificultar que uma música faça sucesso em nível nacional.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sem contar que existe também uma tendência geral de padronização musical, a ponto do Dudu também ter relatado na conversa com Clemente um bizarro episódio de interferência artística feita por uma rádio: "É só violão, essa música em específico não tem sanfona, a gente trabalhou muito isso"(...)"Daí a gente liga a rádio e ouve a música, os caras incluíram uma sanfona na intro(...)"porque a gente gosta assim". E eles tiveram que ameaçar de processo a rádio para que ela tocasse a tal música conforme havia sido concebida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A associação feita por Clemente faz alusão ao fato do Nenhum de Nós ter lançado dois álbuns consecutivos com músicas que fizeram muito sucesso - "Camila, Camila" do disco de estreia de 1987 e "O Astronauta De Mármore", versão de "Starman" do David Bowie que saiu no álbum "Cardume" de 1989. Daí no ano seguinte a banda lança o "Extraño", que apesar da faixa título ter sido trabalhada com direito à exibição de clipe no programa Fantástico da TV Globo e a inclusão na trilha sonora de uma novela, não conseguiu obter o êxito do seu anterior, possivelmente pelas suas fortes influências da música gaúcha, a ponto dele contar com a participação de Luiz Carlos Borges tocando acordeon em cinco faixas. E desde então o Nenhum de Nós nunca mais conseguiu obter um grande sucesso nacional.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Bruce William

Quando Socram chegou no Whiplash.net era tudo mato, JPA lhe entregou uma foice e disse "go ahead!". Usou vários nomes, chegou a hora do "verdadeiro". Nunca teve pretensão de se dizer jornalista, no máximo historiador do rock, já que é formado na área. Continua apaixonado por uma Fuchsbau, que fica mais linda a cada dia que passa ♥. Na foto com a Melody, que já virou estrelinha...
Mais matérias de Bruce William.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS