Heavy Metal: Loudwire elege 11 melhores álbuns dos 80s

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Samuel Coutinho, Fonte: loudwire.com, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Os anos 80 foram bastante férteis. A década de 1980 deu um presente a todos. Se você sempre gostou de coisas irreverentes, barulhentas, impetuosas e inesquecíveis, os anos 80 é a sua época. O Loudwire criou em 2011 uma lista com os Melhores Álbuns de Metal da década de 1980.

Show de Rock: as diferenças entre os anos 80 e 2010Slash: Saul Hudson explica qual a origem de seu apelido

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


11. "Holy Diver" (1983) - DIO:

O grande Ronnie James Dio teve passagens memoráveis ​​no BLACK SABBATH e RAINBOW, mas seu trabalho como artista solo em "Holy Diver" continua sendo uma referência e um clássico do metal dos anos 80. A ótima voz de Dio era apoiada por um elenco estelar de músicos, como o guitarrista Vivian Campbell. "Holy Diver" é puro metal, do homem que criou os chifres do diabo como um símbolo universal para o gênero.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


10. "Hysteria" (1987) - DEF LEPPARD

A metade dos anos 80 foi definida pelo metal com uma pegada mais pop, e "Hysteria" do Def Leppard foi o álbum mais bem sucedido neste aspecto. A produção é impecável (obrigado, Mutt Lange!). "Love Bites" e "Animal" puxava mais para o pop, do que qualque outrar coisa em 1983. Com "Pyromania", o Def Leppard estabeleceu um forte reduto para o então chamdo "pop metal".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


09. "Shout at the Devil" (1983) - MÖTLEY CRÜE

"Shout at the Devil" é repleto de canções "desagradáveis" ​​como "Looks That Kill" e a faixa-título. Este álbum foi o que a banda menos se preocupou em questão de fama e strippers (como se isso fizesse falta pra eles). Eles estavam mergulhando para o hedonismo, mas este foi o último vestígio de rock, sem restrições.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


08. "Peace Sells...But Whose Buying" (1986) - MEGADETH

Dave Mustaine não fugiu com o rabo entre as pernas depois de sua expulsão do METALLICA. Ao contrário, sua ira foi destilada em uma das obras-primas dos anos 80, que define o thrash metal. "Peace Sells" é uma prova do porquê que o Megadeth é, inequivocamente, um membro da Big 4.


07. "British Steel" (1980) - JUDAS PRIEST

"British Steel" é sexto álbum do Judas Priest, e ele tem um pouco de brilho comercial - relativamente falando. Mas também produziu alguns hinos do metal, tais como "Breaking the Law" e "Living After Midnight". Com os vocais fantásticos de Rob Halford, essas músicas estão entre as mais conhecidas no amplo e impressionante catálogo da banda.


06. "Number of the Beast" (1982) - IRON MAIDEN

Três canções do álbum - a faixa título, "Hallowed Be Thy Name" e "Run to the Hills" - ainda estão presentes nos set-lists da banda. A discografia do Maiden é longa e profunda, mas "Number of the Beast" é um obrigação para o N.W.O.B.H. Este álbum marcou a estréia de Bruce Dickinson, que impressionou com seu carisma e sua voz.


05. "Blizzard of Ozz" (1981) - OZZY OSBOURNE

A carreira solo de Ozzy ofereceu algumas das canções mais amadas do gênero: "Crazy Train", "Suicide Solution", "Mr. Crowley" entre outras. Com Randy Rhoads, o álbum quase fez os headbangers se perguntarem: "Sabbath quem?". A capa do álbum onde Ozzy aparece empunhando uma cruz ainda causa arrepios em algumas espinhas. Ozzy sempre foi cauteloso na relação entre o metal e Satanás.


04. "Reign in Blood" (1986) - SLAYER

Todos, desde DISTURBED a Tori Amos, já fizeram covers de "Raining Blood". Isso é uma prova da natureza duradoura e maleável da épica canção deste álbum. O Slayer com suas pilhas de Marshalls começou a deixar todo mundo surdo, oferecendo o metal mais sujo e brutal daquele tempo. As letras abordam assuntos de política a experimentação nazista, como em "Angel of Death".


03. "Appetite for Destruction" (1987) - GUNS N'ROSES

De "Welcome to the Jungle" para a balada "Sweet Child O' Min", chegando até "Mr. Brownstone", o álbum "Appetite for Destruction" é cheio de sexo e drogas, envolvidos por uma casca de hard rock. O resultado é nada menos que brilhante.


02. "Back in Black" (1980) - AC/DC

Com 25 milhões de cópias vendidas, "Back in Black" é um marcador da viabilidade comercial do hard rock. Brian Johnson assumiu os microfones de Bon Scott e o AC/DC apresentou verdadeiros hinos. Foi uma tarefa extremamente difícil de substituir um líder tão amado, morto tão tragicamente e tão jovem. Rock 'n' roll não é poluição sonora e "Back in Black" nunca irá morrer. Bon Scott ficaria orgulhoso de seus ex-companheiros.


01. "Master of Puppets" (1986) - METALLICA

Poderíamos ter escolhido "Master of Puppets" ou "Ride the Lightning", já que ambos foram os indicadores do thrash metal nos anos 80. Encontre um fã do Metallica que não cite "Puppets" como referência... se encontrar, estará nos mostrando alguém que não é fã do Metallica. No geral, "Puppets" é denso, eficaz e eficiente. Nenhum segundo do álbum é desperdiçado. Realmente um clássico indiscutível.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Maiores e MelhoresTodas as matérias sobre "Metallica"Todas as matérias sobre "AC/DC"Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"Todas as matérias sobre "Slayer"


Guns N' Roses: mulher que gemeu em Rocket Queen quer encontrar AxlGuns N' Roses
Mulher que gemeu em "Rocket Queen" quer encontrar Axl

Guns N' Roses: Axl não gostou do Chinese e isto desanimou StinsonGuns N' Roses
Axl não gostou do Chinese e isto desanimou Stinson


Show de Rock: as diferenças entre os anos 80 e 2010Show de Rock
As diferenças entre os anos 80 e 2010

Slash: Saul Hudson explica qual a origem de seu apelidoSlash
Saul Hudson explica qual a origem de seu apelido


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

adGoo336