Matérias Mais Lidas

Rock in Rio: há 30 anos, Axl Rose exigia VJ desconhecida da MTV para entrevistá-loRock in Rio
Há 30 anos, Axl Rose exigia VJ desconhecida da MTV para entrevistá-lo

Robert Fripp: novo cover de Billy Idol, agora com esposa vestida de cheerleaderRobert Fripp
Novo cover de Billy Idol, agora com esposa vestida de cheerleader

Iced Earth: Fãs que apoiaram vaquinha de Schaffer querem dinheiro de voltaIced Earth
Fãs que apoiaram vaquinha de Schaffer querem dinheiro de volta

Inesquecíveis: 50 grandes sucessos do rock e do metal que nunca saem de modaInesquecíveis
50 grandes sucessos do rock e do metal que nunca saem de moda

Iced Earth: Jon Schaffer se entrega e é preso por estar em invasão ao CapitólioIced Earth
Jon Schaffer se entrega e é preso por estar em invasão ao Capitólio

AC/DC: eles tentavam cooptar fãs antes de viciarem em Pink Floyd na faculdadeAC/DC
Eles tentavam cooptar fãs antes de viciarem em Pink Floyd na faculdade

Iced Earth: fotos mostram Jon Schaffer segurando spray de urso no CapitólioIced Earth
Fotos mostram Jon Schaffer segurando spray de urso no Capitólio

Phil Spector: Brilhante produtor, péssimo marido, diz ex-esposa Ronnie SpectorPhil Spector
"Brilhante produtor, péssimo marido", diz ex-esposa Ronnie Spector

Metallica: Dave Lombardo diz que tocar com o Metallica ao vivo foi históricoMetallica
Dave Lombardo diz que tocar com o Metallica ao vivo foi histórico

Phil Spector: Produtor, que estava preso por assassinato, morre de COVID-19Phil Spector
Produtor, que estava preso por assassinato, morre de COVID-19

Iced Earth: veja as seis acusações que Jon Schaffer enfrenta por invadir CapitólioIced Earth
Veja as seis acusações que Jon Schaffer enfrenta por invadir Capitólio

Paul Stanley: não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta delePaul Stanley
Não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta dele

Iron Maiden: debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgiaIron Maiden
Debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgia

Van Halen: Michael Anthony diz que Eddie era uma pessoa muito humildeVan Halen
Michael Anthony diz que Eddie era uma pessoa muito humilde

In Flames: Peter Iwers diz que não se arrepende de ter saído da bandaIn Flames
Peter Iwers diz que não se arrepende de ter saído da banda


Matérias Recomendadas

As regras do Power Metal - Parte I
As regras do Power Metal - Parte I

Pink Floyd: o maior concerto de rock já produzidoPink Floyd
O maior concerto de rock já produzido

Freddie Mercury: um relato detalhado sobre as suas últimas horasFreddie Mercury
Um relato detalhado sobre as suas últimas horas

Chris Cornell: ele não dava sinais de que se mataria, diz esposaChris Cornell
Ele não dava sinais de que se mataria, diz esposa

Freddy Frenzzy: O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentaçãoFreddy Frenzzy
O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentação

Stamp

Morrissey: Autobiografia é dissimulada e cheia de autopiedade

Resenha - Autobiography - Morrissey

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Roberto Rillo Bíscaro
Enviar Correções  

Os Smiths são os Beatles do indie rock e seu letrista/vocalista Morrissey, um dos ícones dos anos 1980. Controverso, bombástico, arrogante, sardônico, narcisista e marinado em autopiedade, esse homem é autor de algumas das letras mais pungentes do rock. A autoimportância do poeta começa pela escolha do sobrenome como nome artístico. Nomes de família eram reservados a eruditos. Mozart, Beethoven, Lizst. Morrissey. Musicalmente ignorado pela grande mídia o inglês possui fãs-devotos. Volta e meia alguma de suas provocações ganha manchetes. Ame ou odeie. Moz.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para fechar contrato com a tradicional editora Penguin, estipulou que seu livro fosse publicado pela divisão dos clássicos. Marca de seu ego inflado, mas também truque comercial, o estratagema deu certo e Autobiography (2013) saiu pela Penguin Classics, gerando controvérsia, por isso, rendendo pautas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Batizar seu produto com o nome que recebe por seu gênero literário lembra o P.I.L, que nomeou seus lançamentos de 1986, como Album, CD, Cassette, Video. Sabe Deus se Morrissey se lembrou disso, mas não custa recordar que o Public Image Limited era chefiado por John Lydon, que, com os Sex Pistols, influenciou Morrissey fundamentalmente.

Polêmica e jogada comercial há muito passadas, a Penguin Classics amargará a piada de ter lançado um texto longe de aspirar ao estatuto de clássico em sua incensada subdivisão, merecedora, agora, de menos incenso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Autobiography apresenta o familiar estilo palavroso de Morrissey: linguagem rebuscada, cheia de ecos, assonâncias, aliterações, trocadilhos. Mais de um punhado de passagens cheiram a pretensão. Quem conhece bem suas letras, facilmente reconhecerá alusões e referências.

O problema é que o texto engana o leitor. Ao terminar de lê-lo não conhecemos Morrissey melhor, sequer contatamos outra faceta que não a do sardônico mártir, incapaz de admitir erros, mas apto a fazer os mais cruéis (e malevolamente engraçados) julgamentos sobre desafetos.

Morrissey nunca está ou faz nada errado; o mundo eternamente conspira contra ele, corroborando a autoimagem de gênio vegetariano antimonarquista incompreendido e fadado ao isolamento.

O final dos Smiths vem numa simples frase; tiveram reunião com seu contador e o grupo acabou. Claro que não foi simples assim! Falou-se muito de que finalmente o crooner admite sua homossexualidade, revelando o nome do primeiro caso amoroso. Verdade, mas nada é contado sobre o fim do relacionamento. Moz tem a decência de não jogar a culpa no ex-namorado, mas o namoro se esvai das páginas mais discretamente do que entrara.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Algumas seções de Autobiography – que impiedosamente é destituída de capítulos ou qualquer tipo de espaço entre partes – são imperdoavelmente monótonas e repetitivas. Será que Moz proibiu edição?

Quando o ex-Smith Mike Joyce deflagra o famoso processo requerendo 25% dos royalties embolsados por Morrissey-Marr, somos submetidos a dezenas de páginas esmiuçando e reclamando sobre cada ervilha comida pelo juiz John Weeks, que passou sentença desfavorável a Morrissey. Provavelmente se sentindo como seu ídolo Oscar Wilde, Moz se compraz no papel de injustiçado e eternamente destruído, enquanto nós leitores, chegamos a desejar tal danação, como vingança pela tortura do lenga-lenga choroso e repetitivo.

Querendo ser ácido, o narrador por vezes se trai. Quando um músico abandona sua banda e propaga coisas horríveis sobre o ex-patrão, Morrissey diz que era, claro, tudo verdade. Então, como o leitor pode crer nas tantas outras histórias de conspiração onde todo mundo estava errado, menos Moz?

A porção final é dedicada a exaustivo relato de suas andanças por casas de shows nem tão grandes, em cidades nem tão importantes, onde o cantor se sacia em se sentir amado por plateias escandinavas ou mexicanas. No começo até interessa, mas quando se chega pela terceira vez à Suécia, nos perguntamos onde tudo isso vai dar.

E não dá em nada, como toda a obra.


Tunecore
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Watchmojo: as 10 músicas mais difíceis de se tocar na guitarraWatchmojo
As 10 músicas mais difíceis de se tocar na guitarra

Arquivo do Rock: Genial e Polêmico - A vida de Morrissey em 5 atosArquivo do Rock
Genial e Polêmico - A vida de Morrissey em 5 atos


História do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatosHistória do rock
Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos

Andre Matos: Não estava preparado para cantar no Maiden!Andre Matos
"Não estava preparado para cantar no Maiden!"


Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Roberto Rillo Bíscaro é professor universitário e edita o Blog do Albino Incoerente desde 2009.

Mais matérias de Roberto Rillo Bíscaro no Whiplash.Net.