Dream Theater: Jordan Rudess fala sobre os shows brasileiros

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva
Enviar correções  |  Ver Acessos

O DREAM THEATER é hoje a maior banda de Metal Progressivo do mundo. Com uma legião de fãs e influência sobre um sem-número de outras bandas, a banda estará de volta ao Brasil em menos de dez dias. Conversei com Jordan Rudess, lendário tecladista do quinteto, sobre os quatro shows que a banda fará a partir de 21 de junho no Brasil, confira.

Kiss: Perguntas, respostas e curiosidades diversasExcessos: como os rockstars gastam os seus milhões

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Daniel Tavares: É um prazer falar com você. Eu vi vocês há alguns anos em minha cidade, Fortaleza. Eu espero que você tenha se sentindo bem vindo aqui e gostaria de saber se você tem recordações da minha cidade, mas vamos falar sobre o "Astonishing". Como você tem visto a recepção pelos fãs e pelos críticos?

Jordan Rudess: Nós realmente tivemos uma grande recepção quando começamos a tocá-lo ao vivo. Nós fizemos alguns shows na Europa e na América do Norte e, embora tenhamos estado juntos já há algum tempo, esta é a maior e melhor produção do Dream Theater da atualidade e estamos realmente excitados em vir para a América do Sul com este show. É maravilhoso. E, sim, eu me lembro da sua cidade, de alguns fãs, de algumas voltas que dei na cidade.

Continuei a entrevista falando pra ele de depoimentos de pessoas que chegaram a ouvir o álbum inteiro três vezes seguidas no lançamento, mas perguntei o que ele achava de algumas críticas que o álbum tinha recebido. Algumas pessoas achavam o álbum longo demais e não tão pesado quanto outras obras anteriores do DREAM THEATER. Jordan demorou a responder, como se tivesse ficado surpreso com a pergunta, mas seguiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Jordan Rudess: Bem, quanto a ser tão longo, ele é um álbum muito único do DREAM THEATER e nós, como eu poderia dizer isso? Hoje em dia o pessoa quer ouvir em streaming uma música, baixar apenas uma música, nós vemos que as coisas tem mudado e que as pessoas não tem conseguido focar em um álbum com tanto material. Isso era o que estava na nossa vista quando soubemos o que íamos fazer. Nós queríamos criar algo que fosse um álbum de conceito completo, com uma estória, que tem um monte de detalhes... isto é o que nós criamos e se é muito longo, nós queríamos criar, musicalmente e artisticamente, algo que as pessoas pensassem. E quisemos trazer esse formato para os shows ao vivo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Também perguntei se ele enxergava a obra como um possível filme a ser produzido por Hollywood. Ou se haveria um DVD da turnê (como o "Breaking the 4th Wall", que registrava a turnê do álbum homônimo, ou o "Live at Luna Park, da anterior, entre outros).

Jordan Rudess: Nós contratamos uma grande produção então o show inteiro é muito pesado em termos visuais. E essa é uma das coisas na qual estamos muito excitados em mostrar isso ao redor do mundo. E quanto a capturar isto em um DVD, eu acho que faremos algo, mas não estou tão certo a respeito dos detalhes ainda, ainda não chegamos nessa parte. Nós temos muito da turnê para rodar ainda com o "Astonishing". E quanto a fazer um filme, um filme de verdade, baseado no "Astonishing", isto seria incrível. Até agora nós temos algumas pessoas trabalhando em um livro sobre o "Astonishing" e nós vamos ter uma companhia lançando um game. A companhia está fazendo um bom progresso na produção do "Astonishing, the video game". Então, nós estamos abertos a todas as tecnologias, facilidades e queremos tirar o máximo disso.

Jordan continuou: "Nós estamos muito excitados para voltar ao Brasil, sabe. Nós temos em seu país fãs maravilhosos, alguns dos melhores no mundo inteiro e nós sabemos que será uma noite fantástica e esperamos ver todo mundo lá".

O DREAM THEATER se apresenta em quatro capitais brasileiras nesta turnê. Confira abaixo datas e locais.

21/06 - Teatro Minas Centro - Belo Horizonte, Brasil
22/06 - Espaço das Américas - São Paulo, Brasil
23/06 - Vivo Rio - Rio de Janeiro, Brasil
25/06 - Ópera de Arame - Curitiba, Brasil




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Dream Theater"Todas as matérias sobre "Jordan Rudess"


Mike Portnoy: ele toparia tocar com o Dream Theater?Mike Portnoy
Ele toparia tocar com o Dream Theater?

John Petrucci: explicando porque o Metallica é progJohn Petrucci
Explicando porque o Metallica é prog


Kiss: Perguntas, respostas e curiosidades diversasKiss
Perguntas, respostas e curiosidades diversas

Excessos: como os rockstars gastam os seus milhõesExcessos
Como os rockstars gastam os seus milhões


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280