Salário Mínimo: banda fala sobre sua carreira e o novo disco

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Júlio Verdi, Fonte: Ready to Rock
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

O Salário Mínimo se enquadra na categoria de banda precursora. Afinal, junto a nomes como Golpe de Estado, A Chave do Sol e Platina fez parte da primeira geração daquele hard rock mais pesado e elaborado do que alguns emergentes dos 70 praticaram. Com sua data de formação oficializada em 1981, a banda debutou em estúdio 1984. Naquele ano, coletânea "SP Metal" mostrava o poder de fogo da banda, nas faixas "Cabeça Metal" e "Delírio Estelar". A partir daí a banda galgou cada vez mais espaço com seu show enérgico e divertido, até que em 1987 a banda conseguiu lançar seu primeiro LP, "Beijo Fatal", que saiu pela então major RCA e chegou a vender 78 mil cópias. Mais tarde a bolacha foi lançada em forma digital.

Beatles: Quais as pessoas e objetos da capa do Sgt. Peppers?Morreu Dormindo: as últimas horas de vida de Lemmy Kilmister

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Após uma breve pausa em sua carreira nos anos 1990, a banda retorna em 2004 e soltou em 2010 seu segundo álbum, "Simplesmente Rock", que mostrou um grupo maduro e que caprichou na produção sonora. Abriu recentemente shows de grandes nomes internacionais como Scorpions, Twisted Sister, UDO, Uriah Heep e The Rods. A banda conta hoje em suas fileiras com China Lee (vocal), Daniel Beretta (guitarra), Junior Muzilli (guitarra e voz), Diego Lessa (baixo e voz) e Marcelo Campos (bateria).

Conversamos com o vocalista China Lee (presente desde as primeiras formações do grupo) e com o baixista Diego Lessa, sobre passado e presente do Salário e sua visão sobre a cena do rock/metal do Brasil hoje em dia.

Ready to Rock - China, como você, dentro da banda enxerga a importância do Salário Mínimo na história do rock e hard-rock brasileiros?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

China: Eu acho que a banda contribuiu e vem contribuindo para o Heavy Metal Nacional, somos uma banda que faz bastantes shows e trabalha muito em prol da cena.

RR - A banda cessou as atividades em 1990, retomando-as em 2004. Porque a banda acabou naquela época e o que motivou essa volta?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

China: A banda acabou naquela época porque eu resolvi sair da banda e seguir novos trabalhos com outros músicos no Extravaganza. A motivação da volta foi, após um show na Led Slay, onde quase mil fãs cantavam nossas músicas enlouquecidamente, foi quando percebi que a banda Salário Mínimo estava mais viva do que nunca mesmo depois de tantos anos longe dos palcos.

RR - "Simplesmente Rock" é um álbum que esbanja variedade. Os efeitos de wah-wah estão por toda parte, têm músicas pesadas como "2000 Anos" e "Delírio Estelar", outras mais cadenciadas e cheias de groove ("Sofrer", "Sob Seus Pés"), baladas ("Voyer", "Ao Menos em Sonho") e outras na linha hard tradicional, como "Homens com Pedigree" e "No Seu Mundo" (totalmente 'vanhalística'). Como foi o processo de composição do álbum?

China: Havia muitas músicas paradas que foram oferecidas para mim por compositores que eu gosto muito e já trabalharam comigo em outros projetos anteriormente e inclusive no próprio Salário e com a nova formação fomos escolhendo as melhores músicas.

RR - A faixa "2000 Anos" tem uma letra interessante. Como foi sua inspiração?

China: Essa música é de um dos compositores que fez parte da banda na nossa volta em 2004. Alan Flavio foi guitarrista da banda e compositor dessa música, ela tem uma forte influência espiritual, ele desenvolveu essa música lendo livros espíritas. Quando ele me mostrou a música, eu me apaixonei por ela e tentei interpretar da melhor maneira possível.

RR - Gostei muito da produção do disco. Como o trabalho de Henrique "Babbom" (AudioPlace) foi crucial para esse resultado?

Diego Lessa: Sim, o Baboom foi e é um dos melhores produtores que conhecemos. Um profissional excelente, ele veio não só para somar, mas sim para multiplicar dentro da banda, o "Simplesmente Rock" foi o nosso primeiro trabalho com ele e gostamos muito do resultado que chegamos no disco, ele também é o produtor do nosso novo single "Fatos Reais", com certeza foi o primeiro de muitos com o Henrique Baboom.

RR - O disco foi lançado também na Europa pelo selo português Metal Soldiers Records. Como você tem sentido a reação dos fãs (brasileiros e estrangeiros) com relação ao "Simplesmente Rock"?

China: A aceitação foi melhor do que imaginávamos, muitos fãs gostaram muito, outros não, até porque não conseguimos agradar a todos, mas bem que gostaríamos, mas o interessante é que esse disco vem conquistando lentamente os nossos fãs mais radicais.


RR - Após o lançamento de "Simplesmente Rock", a banda lançou o single "Fatos Reais", que faz uma crítica social em face da realização da Copa do Mundo no Brasil. Qual sua visão sobre esse evento e essa faceta política da banda?

Diego Lessa: Só para esclarecer algumas coisas, não somos contra o futebol e muito menos contra esse evento mundial, nós temos algumas objeções em relação àqueles que governam nosso país e com todos aqueles gastos absurdos e superfaturados com esse evento aqui no Brasil, em vez de gastarem com o que realmente é e era necessário, só se preocuparam durante quatro anos com essa festa dentro do nosso quintal e esqueceram das reais prioridades.

RR - Têm planos para um próximo álbum de estúdio?

China: Sim, claro, temos muitos planos, estamos finalizando as composições para o novo álbum e em breve estará na boca de todos os bangers.

RR - Como anda o mercado de shows para o Salário Mínimo nos dias de hoje?

China: Levando em consideração que estamos no ano de copa e eleições, não podemos reclamar, para nós está melhor do que esperávamos, temos shows até março de 2015, mas o ano de 2013 foi muito melhor.

RR - Como você vê o cenário atual do rock (principalmente o underground) no Brasil?

China: A cena está crescendo mais e mais, muitas bandas voltando, novas e excelentes bandas surgindo e o publico cada vez mais valorizando a cena.

RR - A compra de discos está relegada hoje a uma classe de fãs de fazem questão de produtos originais. Mas sabemos que uma gigantesca parcela de consumidores de rock vai fazer o download. Você acha que as tendências tecnológicas da internet ajudam ou atrapalham as bandas autorais?

China: Eu acho que ajudam, os fãs podem fazer o download na internet para ter uma prévia do disco, caso goste ele pode comprar o disco físico.

RR - Olhando pra traz, e relembrando a árdua trajetória das bandas hard/metal nos anos 1980, qual você consideraria a maior conquista do Salário?

China: Sobreviver até hoje e ter na nossa plateia, um publico que é na sua maioria constituído por jovens entre 18 e 25 anos, isso nos dá cada vez mais força para continuarmos a nossa missão sem descanso, até porque a gente sem os nossos fãs não seriamos ninguém.

Para maiores informações sobre a banda, acesse:
http://www.bandasalariominimo.com.br




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Salário Mínimo"


Beatles: Quais as pessoas e objetos da capa do Sgt. Peppers?Beatles
Quais as pessoas e objetos da capa do Sgt. Peppers?

Morreu Dormindo: as últimas horas de vida de Lemmy KilmisterMorreu Dormindo
As últimas horas de vida de Lemmy Kilmister


Sobre Júlio Verdi

Júlio Verdi, 45 anos, consome rock desde 1981. Já manteve coluna de rock em jornal até 1996, com diversas entrevistas e resenhas. Mantém blogs sobre rock (Ready to Rock e Rock Opinion) e colabora com alguns sites. Em 2013 lançou o livro ¨A HISTÓRIA DO ROCK DE RIO PRETO¨, capa dura, 856 páginas, trazendo 50 de história do estilo na cidade de São José do Rio Preto/SP, com centenas de fotos, mais de 250 bandas, estúdios, bares, lojas, festivais e muitos outros eventos. Curte rock de todas as tendências, em especial heavy metal e thrash metal.

Mais matérias de Júlio Verdi no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280