Slayer: Kerry King fala sobre discos e Jeff Hanneman

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 


4747 acessosSlayer: Kerry King elege seus dez álbuns de metal favoritos5000 acessosDeep Purple: a contestada entrevista na Globo em 2006

Brendan Crabb, do TheMusic.com.au, recentemente conduziu uma entrevista com o guitarrista do SLAYER, Kerriy King. Um trecho desta conversa pode ser visto abaixo:

Sobre o atual estado do metal:

Kerry: “Parece-me que o status quo está mudando. Eu ainda vou ver coisas novas, e isso é ótimo, como a chegada de um novo dono para o trono. Primeiro você teve o MAIDEN, SABBATH e PRIEST, e então veio o METALLICA, SLAYER, MEGADETH, ANTHRAX, TESTAMENT, e bandas deste tipo. Após isso vieram várias bandas, mas eu não vejo ninguém como o grande chefe, deu pra entender?”

Sobre o vindouro álbum do SLAYER:

Kerry: “Como sempre, toda vez que estamos prontos para lançar um novo álbum, a American Recordings muda sua distribuição, o que sempre nos atrasa. Então ainda faltam três semanas até acabarmos na Austrália e com sorte todas as peças vão cair em seus lugares, nós vamos assinar alguns contratos e começar a gravar. Nós temos muitas músicas. Eu estou tirando meus dias de folga na Austrália para trabalhar nestas letras, então tenho esperança de estar perto do produto final para não perder muito tempo no estúdio. Como guitarrista, eu tento fazer coisas que ninguém nos ouviu fazer, ou mesmo que ninguém tenha feito, mas ainda no parâmetro da música pesada. [...]”

Sobre o estado do guitarrista Jeff Hanneman, que esteve ausente das viagens nos últimos dois anos, após contrair fasciite necrosante, muito provavelmente por uma picada de aranha.

Kerry: “Se ele batesse em minha porta em 5 minutos e dissesse: ‘Ei, cara, estou pronto. Vamos ensaiar’. Eu diria: ‘Que bom, pegue seu material, vamos praticar.’ Mas até que esse dia chegue eu tenho que cobrir a bunda do SLAYER e preencher o seu lugar. Porque eu não quero estar em um carrossel onde se Gary [Holt, do EXODUS] não tem tempo, nós vamos atrás de outra pessoa, e se essa pessoa não tiver tempo, nós procuramos alguém de novo. Eu quero ter continuidade. Nós falamos nossa programação a Gary, e ele disse: ‘Por favor, mantenham as datas abertas’, porque nós não sabemos quando Jeff vai tocar novamente. Estamos esperando para ver.”

Sobre os planos do SLAYER de comemorar o 30º aniversário do lançamento de “Show No Mercy”.

Kerry: “Eu sempre penso sobre reedições, e a não ser que tenham um real valor atrelado a elas, um fã pode ver como uma grande enganação, e certamente não é sobre isso que estamos falando. Dito isto, se nós surgirmos com algum grande conteúdo ou algo do tipo, claro, eu consigo ver isto acontecendo. No final do ano nós podemos cantar algumas músicas do ‘Show No Mercy’. Eu não consigo me imaginar tocando o álbum inteiro, mas eu sei que tem ao menos uma música que tocaremos na Austrália nesta turnê.”

“Eu gostaria que alguém nos dissesse antes de “Reign In Blood” que nós não precisávamos de reverb, sabe? Mas isso é uma coisa boa. As pessoas sempre me perguntam se eu vou regravar ‘Show No Mercy’ e ‘Hell Awaits’, e eu digo que não, porque houve um momento em que o SLAYER se encontrava. Se nós fossemos gravá-los agora, da forma que o SLAYER soa... Regra número um: ele soaria como um disco completamente diferente. O que pode ser bom ou mal, eu não sei. [...]”

http://www.blabbermouth.net/soulflypremiere/slayer2010bandwj...

Leia o resto da entrevista, em inglês, TheMusic.com.au.

http://themusic.com.au/interviews/all/slayer-kerry-king/...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 20 de fevereiro de 2013

SlayerSlayer
Kerry King elege seus dez álbuns de metal favoritos

784 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa399 acessosTudo no Shuffle: Thrash Metal, 10 Grandes Riffs587 acessosDave Lombardo: Ele quase morreu por overdose de café? Não!0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slayer"

Kerrang!Kerrang!
Os 50 maiores discos de metal segundo a revista

MetalMetal
As oito maiores tretas entre músicos do gênero

Peppa PigPeppa Pig
"Eu gosto disso! É muito adulto!"

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"

Deep PurpleDeep Purple
A contestada entrevista na Globo em 2006

Ratos de PorãoRatos de Porão
João Gordo crente? Vai tomar no cu quem tá acreditando!

SlipknotSlipknot
Joey Jordison revela o verdadeiro motivo de sua saída

5000 acessosCapas de álbuns: as mais obscuras e marcantes da história5000 acessosCuriosidade: artistas que odeiam suas próprias músicas5000 acessosZakk Wylde e Dave Grohl: A treta por causa de canções para Ozzy5000 acessosLamb of God: recebendo elogios de Metallica, Slash e Slipknot5000 acessosRock In Rio: E se no festival só tocasse rock?5000 acessosRobert Plant: Veja o vocalista em dueto com o apresentador Jimmy Fallon

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online