Matérias Mais Lidas

Pearl Jam: exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processoPearl Jam
Exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processo

Metallica: veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da bandaMetallica
Veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da banda

Megadeth: Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiroMegadeth
Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiro

Tony Iommi: John Bonham quebrou a bateria de Bill WardTony Iommi
John Bonham quebrou a bateria de Bill Ward

Bon Jovi: Fear Factory fez a banda mudar de estúdio durante gravação de These DaysBon Jovi
Fear Factory fez a banda mudar de estúdio durante gravação de "These Days"

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

MTV Brasil: abaixo-assinado pede que acervo da antiga emissora seja digitalizadoMTV Brasil
Abaixo-assinado pede que acervo da antiga emissora seja digitalizado

Lista: 10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hojeLista
10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hoje

Megadeth: todas as músicas que aparecem na faixa escondida de Capitol PunishmentMegadeth
Todas as músicas que aparecem na faixa escondida de "Capitol Punishment"

Quiet Riot: quebrando disco de banda brasileira em 1985Quiet Riot
Quebrando disco de banda brasileira em 1985

Eddie Van Halen: por que ele foi obrigado a buscar por inovações na guitarraEddie Van Halen
Por que ele foi "obrigado" a buscar por inovações na guitarra

Loudwire: o melhor álbum de thrash metal de cada ano, de 1983 até 2020Loudwire
O melhor álbum de thrash metal de cada ano, de 1983 até 2020

Rock in Rio: há 30 anos, Axl Rose exigia VJ desconhecida da MTV para entrevistá-loRock in Rio
Há 30 anos, Axl Rose exigia VJ desconhecida da MTV para entrevistá-lo

Classic Rock: As 100 maiores músicas do século... até agora!Classic Rock
As 100 maiores músicas do século... até agora!


Matérias Recomendadas

Ozzy Osbourne: Fim do Guns foi a maior tragédia do rockOzzy Osbourne
Fim do Guns foi a maior tragédia do rock

Sonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejadosSonho de Consumo
Os 10 palcos de shows mais desejados

Corey Taylor: Sexo com Lita Ford e Doro Pesch era o seu sonho de infânciaCorey Taylor
Sexo com Lita Ford e Doro Pesch era o seu sonho de infância

Slayer: as preferências do guitarrista Kerry KingSlayer
As preferências do guitarrista Kerry King

Black Sabbath: O ataque com um queijo fedido ao pobre Bill WardBlack Sabbath
O ataque com um queijo fedido ao pobre Bill Ward

Stamp
Tunecore

Haxixins: "praticamente tudo nasceu dos anos 60"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Dani Capra, Fonte: Dominio do Metal
Enviar Correções  

Haxixins, a banda de Rock Pscodélico que veio da zona leste de Sao Paulo, conta um pouco sobre as turnês internacionais que fizeram ao longo da carreira e a paixão pela década de 60

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dani Capra: Por que uma banda estilo anos 60?

Haxixins: Na realidade quando você pensa em formar uma banda, você inspira-se na suas influências, e nós sempre curtimos os anos 60 como música, arte, visual, no cinema, praticamente tudo nasceu dos anos 60, foi na época em que as pessoas estavam a flor da pele descobrindo e redescobrindo, criando e recriando algo em todas as artes, nessa época teve um uma grande criatividade pelo mundo, as pessoas estavam experimentando e fazendo experiências, fora isso tem o lance do visual que curtimos muito e principalmente os equipamento, amplificadores valvulados, pedais e guitarras, que tinham um timbre totalmente diferente.Também somos fascinados pelo vinil, tanto é que lançamos nossos quatro disco em vinil pelo selo de Portugal Groovie Records. Nós dos Haxixins vivemos os anos 60, como um todo é claro que gostamos da música de todos os estilos, como blues, jazz, Racionais MC e o grande Tim Maia, mas é na obscuridade dos anos 60 que nos encontramos como músicos.

Dani Capra: Vocês já fizeram várias Tours, nacionais e internacionais, qual foi mais gratificante e porque?

Haxixins: Todas são gratificante, cada tour teve suas histórias e pra falar a verdade teve muitas histórias que dariam para fazer vários livros best sellers, rsrsrsrsr. Cada tour teve seu momento especial, quando tocamos na Argentina amamos pois fomos tratados como reis, o pessoal curtia mesmo, nós fizemos 5 shows com nossos amigos Los Peyotes, jogamos até uma partida de futebol contra eles e ganhamos de 21 a 17 e trouxemos um réplica da taça do mundo. Tocar em Paris e fazer o show de abertura do Undertones também foi demais, bom nós amamos tocar e tocamos pelo prazer, cada show para a banda é especial independente do lugar, é claro que tocar lá na Europa por países como: Portugal, Espanha, Holanda, Alemanha, França e Ítalia não tem valor que pague pois ver pessoas cantando sua música, curtindo vestindo a camisa de sua banda, pedindo autografo, bom isso não tem valor mesmo, isso é o que é mais gratificante para o artista.


Dani Capra: Qual a diferença do público brasileiro com os estrangeiros?

Haxixins: O público estrangeiro ele é mais fanático pela banda, ele compra o disco, a camisa, vai ao show, grita e canta sem parar o show inteiro, pede autografo, ele é bem mais fã da banda no contexto geral, os lugares também dão mais valor para banda, lá você tem seu valor, você chega nas casas para tocar passa o som cedo, depois eles te levam para jantar, depois que você faz o show continua a balada, lá o costume é de tocar cedo, não é como aqui que você toca bem tarde e na maioria das casas nem água dão, lá fora eles dão mais valor para a arte.

Dani Capra: Quais as influências musicais da banda?

Haxixins: Anos 60 que nem tem como negar, bandas como The Seeds, Music Machine, Third Bardo, Love, são bandas de garage da obscuridade que na época não faziam muito sucesso e sim eram o pesadelo do pop, mas também gostamos muito de jazz, blues, Racionais MC e Tim Maia.

Dani Capra: A banda deixa bem claro o amor pelos anos 60, o que deveria ser resgatado desta década para o hoje 2012?

Haxixins: Acho que o amor de fazer música e arte em geral e não fabricações de sub-produto, antes as pessoas faziam arte por amor a arte e nem preocupado em conceito ou se a música vende ou não vende, o rock sempre foi primata mas sempre foi feito por paixão, por força, batida ecoada em nossas mentes sem se preocupar com nada e sim com o que você sente, o sentimento é tudo e isso é o que importa independente de qualquer coisa. Valeu e obrigado.

Entrevista: Dani Capra
Colaboraçao: Valdir Lazarini


Malvada
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guns N' Roses: álcool, drogas e intrigas nos primórdios da bandaGuns N' Roses
álcool, drogas e intrigas nos primórdios da banda

Quando shows dão errado: 25 apresentações desastrosasQuando shows dão errado
25 apresentações desastrosas


Sobre Dani Capra

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.