Judas Priest: "Ainda fazemos da mesma forma de antes"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos


Recentemente Rob Halford, vocalista do JUDAS PRIEST, concedeu uma entrevista para Josh Hart, do Guitar World. Veja alguns trechos abaixo.

U2: as 10 melhores músicas de todos os tempos da bandaGuns N' Roses: a história da saída de cada integrante

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Guitar World: Quando estavam escrevendo "You've Got Another Thing Comin'", havia alguma ideia que esta seria uma canção que vocês ainda estariam tocando 30 anos depois?

Halford: Não, não tínhamos ideia. Acho que foi por isso que a deixamos de fora. [...] Na época sabíamos que era uma boa faixa, mas ainda não sabíamos se era válido deixá-la entre as três ou quatro escolhidas para o lançamento, o que as pessoas ainda fazem hoje em dia. Sua gravadora lhe pede para deixar as músicas para o rádio bem no começo, e, claro, que em "Screaming for Vengeance" ela estava na oitava posição. Então não achávamos que era algo muito especial, só achávamos que era uma boa música.

Guitar World: Desde "Nostradamus", você obviamente teve uma nova adição à banda, o guitarrista Richie Faulkner. Como é compor com ele desde então?

Halford: Bem, bem intenso. Excitante. Ele sempre tem várias opiniões, é realmente bom ter este tipo de energia nos alimentando. Seria ótimo, após fazermos esta pausa de dois meses, nos encontrarmos no estúdio na Inglaterra e dizer: "Então, o que você manda?" Sei que Richie tem muito a compartilhar conosco. Ele passou pelo seu ritual nesta turnê, fez um ótimo trabalho no palco, os fãs o adoraram, então é hora de ver o que nós somos capazes de fazer, o trio de composição: Glenn (Tipton, Guitarrista), Richie e eu. Já temos muita coisa guardada, coisa que basicamente eu e Glenn juntamos enquanto K.K. (Downing, ex-guitarrista) estava decidindo se iria sair ou não.

Guitar World: A Tecnologia mudou seu jeito de compor?

Halford: É perigoso andar com um pendrive no seu molho de chaves (risos), mas em grande parte nada mudou. A tecnologia é maravilhosa quando falamos das vantagens que ela oferece para a música. Algumas boas, algumas ruins. É sobre disciplina e confiança, determinação, querer fazer sempre o seu melhor e não aceitar nada abaixo da média. Sempre tivemos esta atitude no JUDAS PRIEST. Sempre sentimos que cada faixa que vai para nossos fãs tem seu potencial. Ainda fazemos da mesma forma de antes: mandamos ver nos riffs e achamos uma melodia vocal que combine com eles. Vou ao maravilhoso mundo da Roget's Thesaurus (uma enciclopédia) e tento descobrir alguma nova letra ou ideia. É assim que fazemos há décadas.

Para a entrevista original, em inglês, visite:
http://www.guitarworld.com/interview-rob-halford-30th-annive...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Judas Priest"


K. K. Downing: Seria muito difícil voltar ao Judas PriestK. K. Downing
Seria muito difícil voltar ao Judas Priest

John 5: Rob Halford mudou o Heavy Metal!John 5
"Rob Halford mudou o Heavy Metal!"


U2: as 10 melhores músicas de todos os tempos da bandaU2
As 10 melhores músicas de todos os tempos da banda

Guns N' Roses: a história da saída de cada integranteGuns N' Roses
A história da saída de cada integrante


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL