Judas Priest: "Ainda fazemos da mesma forma de antes"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 


Recentemente Rob Halford, vocalista do JUDAS PRIEST, concedeu uma entrevista para Josh Hart, do Guitar World. Veja alguns trechos abaixo.
5000 acessosBill Ward: os dez discos de metal favoritos do baterista5000 acessosSeparados no nascimento: Phil Lynott e Tiririca

Guitar World: Quando estavam escrevendo “You’ve Got Another Thing Comin’”, havia alguma ideia que esta seria uma canção que vocês ainda estariam tocando 30 anos depois?

Halford: Não, não tínhamos ideia. Acho que foi por isso que a deixamos de fora. [...] Na época sabíamos que era uma boa faixa, mas ainda não sabíamos se era válido deixá-la entre as três ou quatro escolhidas para o lançamento, o que as pessoas ainda fazem hoje em dia. Sua gravadora lhe pede para deixar as músicas para o rádio bem no começo, e, claro, que em “Screaming for Vengeance” ela estava na oitava posição. Então não achávamos que era algo muito especial, só achávamos que era uma boa música.

Guitar World: Desde “Nostradamus”, você obviamente teve uma nova adição à banda, o guitarrista Richie Faulkner. Como é compor com ele desde então?

Halford: Bem, bem intenso. Excitante. Ele sempre tem várias opiniões, é realmente bom ter este tipo de energia nos alimentando. Seria ótimo, após fazermos esta pausa de dois meses, nos encontrarmos no estúdio na Inglaterra e dizer: “Então, o que você manda?” Sei que Richie tem muito a compartilhar conosco. Ele passou pelo seu ritual nesta turnê, fez um ótimo trabalho no palco, os fãs o adoraram, então é hora de ver o que nós somos capazes de fazer, o trio de composição: Glenn (Tipton, Guitarrista), Richie e eu. Já temos muita coisa guardada, coisa que basicamente eu e Glenn juntamos enquanto K.K. (Downing, ex-guitarrista) estava decidindo se iria sair ou não.

Guitar World: A Tecnologia mudou seu jeito de compor?

Halford: É perigoso andar com um pendrive no seu molho de chaves (risos), mas em grande parte nada mudou. A tecnologia é maravilhosa quando falamos das vantagens que ela oferece para a música. Algumas boas, algumas ruins. É sobre disciplina e confiança, determinação, querer fazer sempre o seu melhor e não aceitar nada abaixo da média. Sempre tivemos esta atitude no JUDAS PRIEST. Sempre sentimos que cada faixa que vai para nossos fãs tem seu potencial. Ainda fazemos da mesma forma de antes: mandamos ver nos riffs e achamos uma melodia vocal que combine com eles. Vou ao maravilhoso mundo da Roget’s Thesaurus (uma enciclopédia) e tento descobrir alguma nova letra ou ideia. É assim que fazemos há décadas.

Para a entrevista original, em inglês, visite:
http://www.guitarworld.com/interview-rob-halford-30th-annive...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 12 de setembro de 2012
Post de 12 de setembro de 2012

Bill WardBill Ward
Os dez discos de metal favoritos do baterista

1428 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's436 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta1358 acessosPhil Campbell: solo terá Dee Snider e Matt Sorum, além de Halford1010 acessosVocalistas: 5 famosas falhas ao vivo0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Judas Priest"

Judas PriestJudas Priest
"Eles vão nos deixar um legado de grandes memórias!"

Baladas do MetalBaladas do Metal
Blog elege as mais bonitas de todos os tempos

Rob HalfordRob Halford
"Led Zeppelin II é a raiz do Heavy Metal"

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Judas Priest"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
A bizarra semelhança de Phil Lynott e Tiririca

SaúdeSaúde
Mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentais

CensuraCensura
53 nomes que você não pode dizer em uma rádio

5000 acessosCretin: transexual rompe barreiras no metal extremo5000 acessosBayley, Wilson e Cherone: grandes erros na história de grandes bandas5000 acessosHistóricas: Fotos de encontros inusitados entre rockstars5000 acessosAndré Forastieri: por que os brasileiros não gostam mais de rock?5000 acessosSexo: como se comportam os fãs de cada vertente de Metal?5000 acessosSoundcheck: Bandas que mandam bem até na passagem de som

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online