Unearthly: "certeza que a qualidade ficaria excelente"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Dani Capra, Fonte: DOMINIO DO METAL
Enviar correções  |  Ver Acessos

O album Flagellum Dei, gravado, mixado e masterizado na Hertz Studio na Polônia, contém 12 faixas e a participaçao de Steven Tucker (ex Morbid Angel), Nihil (vocalista da banda Enterro) e Edu Nascimento (conhecido tatuador carioca). Desde o seu lançamento o álbum vêm recebendo criticas positivas de sites e revistas especializadas de grandes nomes, Mictian e Vinnie Tyr contam sobre o processo de criação e gravação do "Flagellum Dei".

Gilby Clarke: Axl me disse "aproveite seu último show"Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

DANI CAPRA. Como foi o processo de criação das músicas do álbum Flagellum Dei?

VINNIE TYR: Nesse álbum resolvemos compor todas as músicas juntos, deu bastante trabalho e exigiu muito tempo e dedicação de todos nós, combinamos de nos encontrar 3 vezes por semana e dividimos esses 3 dias, 1 dia era pra compor e os outros 2 dias nós passávamos as músicas no estúdio, criávamos os riffs e íamos gravando, dessa forma nós podíamos sentir a essência da música de imediato e íamos ajustando da maneira que queríamos, foi a melhor forma de compor um disco, trabalhar em equipe é a melhor forma para tudo dar certo em uma banda, dividir as tarefas entre todos, sempre ouvir e respeitar a opinião de todos, agir democraticamente, e o principal não ser competitivo uns com os outros, dessa forma tudo dá certo.

DANI CAPRA. Quem participou da escolha do nome do álbum e porque Flagellum Dei?

M.Mictian: Eu e Eregion pensamos sobre este título para o álbum, queríamos algo que se encaixe de maneira bem natural com os temas que usamos nas músicas, conversamos bastante e acabamos chegando a este nome, ele reflete bem o que o álbum traz em suas letras e capa ficou tudo dentro do contexto.

DANI CAPRA: Quanto tempo vocês levaram desde a primeira música ate a finalização do álbum?

VINNIE TYR: Aproximadamente 1 ano, queríamos que tudo saísse perfeito nesse disco, queríamos Riffs simples, marcantes, e que não fossem repetitivo e por incrível que pareça não é fácil, após um processo de criação muito grande chega uma hora que as idéias viram um ciclo e tudo começa a ficar parecido, é preciso tomar muito cuidado com isso, principalmente quando se trata de Metal, existe uma limitação quando se trata de acordes no Metal, quando se tem um excesso muito grande de distorção não se pode preencher acordes com sétima e tensões, além de embolar, os acordes se enfraquecem, então é preciso compensar com melodias e baixarias, o mais interessante nessas músicas foi que nós criávamos as melodias e depois trabalhamos em cima com Riffs e Baixo.

DANI CAPRA. Qual foi a parte mais prazerosa durante as gravações?

VINNIE TYR: Tudo foi muito prazeroso, gravamos o disco no Hertz Studio em Białystok no nordeste da Polônia, mesmo estúdio em que gravam bandas Renomadas como Vader, Decapitated, Hate, Behemoth e etc... sair da rotina e ir gravar fora do país é uma experiência muito prazerosa, pois tudo é novo, o país, a cultura, as pessoas, a comida e etc... o que nos deixou mais feliz foi o profissionalismo dos irmãos Wojtek e Slawek, logo que começamos as gravações nós tivemos certeza que a qualidade ficaria excelente, além dos excelentes equipamentos os caras não estão de brincadeira, são muito bons no que fazem e são muito rígidos também, os horários são precisos e particularmente eu gostei muito disso, trabalhar sob pressão nos fez ficar concentrados no trabalho, e além do trabalho, nós saíamos toda a noite pra beber nos Pubs da cidade, foi muito bom, conhecemos muita gente legal, as pessoas não acreditavam na quantidade de cerveja que nós tomávamos (risos), e nos apelidaram de Brazilian Devils.

DANI CAPRA. Como vocês conheceram esta gravadora?

M.Mictian: Quando anunciamos que estávamos produzindo um novo álbum e que iríamos gravar na Polônia recebemos vários emails de alguns selos que desejariam lançá-lo, felizmente o Unearthly é uma banda bem conhecida e isso facilitou para que podessemos escolher a melhor proposta para termos o disco lançado e foi isso o que aconteceu e escolhemos a Shinigami recs.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Unearthly"


Death Metal: mais cinco álbuns nacionais que você deve escutarDeath Metal
Mais cinco álbuns nacionais que você deve escutar

Metal Nacional: Confira bandas que se destacaram em 2015Metal Nacional
Confira bandas que se destacaram em 2015


Gilby Clarke: Axl me disse aproveite seu último showGilby Clarke
Axl me disse "aproveite seu último show"

Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep


Sobre Dani Capra

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280