Matérias Mais Lidas

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemAs 10 melhores versões metal de músicas pop dos anos 1980, em lista da Metal Hammer

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemEdu Falaschi comenta produção "nível banda europeia" da nova turnê e agradece fãs

imagemMax e Iggor Cavalera: setlists, fotos e vídeos de shows na Audio, em São Paulo

imagemJoão Gordo relembra proposta de fazer propaganda de calmante com Dado Dolabella

imagemNando Reis e a linda música que Samuel Rosa dispensou por ter recebido na hora errada

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemSincero, vocalista do Anvil diz que é feliz com o tamanho da banda

imagemAmy Lee escolhe a melhor música do Evanescence para apresentar a banda


Dream Theater 2022

Facada: entrevista com James, vocalista e baixista da banda

Por Christiano K.O.D.A.
Fonte: Som Extremo
Em 13/05/11

publicidade

Se você perguntar a um fã de grindcore qual a maior banda do gênero no Brasil atualmente, é bem provável que a pessoa responda ser o FACADA. E não é para menos. Os caras lançaram inicialmente uma excelente demo, e na sequência seu primeiro full-length, "Indigesto", perfeito. Já no ano passado, soltaram "O Joio", outra pérola da cena underground. Mas os trabalhos do FACADA não se limitam a classificar o conjunto como apenas mais uma banda grind. Os dois álbuns são dignos representantes mundiais do gênero!

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

E o blog Som Extremo entrevistou James, baixista e vocalista da banda, um cara centrado e humilde. Além dele, completam a banda Dangelo (bateria), Ari (guitarra) e Danyel (guitarra). E grind neles!

Som Extremo: É difícil encontrar algum material falando da história da banda. Poderia contar um breve histórico?
James: Éramos amigos só que em bandas diferentes. Daí eu e o Dangelo resolvemos montar uma banda de grindcore só pra gente ensaiar, beber... chamamos o Ari e assim foi feito. Gravamos a demo apenas de birra, pra escutar em casa mesmo, até por que tínhamos as outras bandas... mas o FACADA foi mais forte que a gente.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Som Extremo: "Indigesto" e "O Joio" são álbuns dignos de grandes clássicos do grindcore mundial. Vocês têm essa noção? Existe alguma pressão para segurar essa grande responsabilidade?
James: A gente não tem muita noção. Somos apenas uma banda querendo fazer músicas melhores pros nossos amigos gostarem. Ficamos felizes com mais e mais gente curtindo nosso som, mas ainda somos bem pequenos. O mais importante é termos o respeito das pessoas e que elas vejam que o que fazemos é sincero. Existe pressão quando isso se torna seu emprego, que você TEM que fazer uma música, seja ela boa ou ruim, fazendo com que as bandas se tornem de plástico.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Som Extremo: Atualmente o Nordeste parece ser o berço das melhores bandas grindcore do Brasil. Como exemplo, temos vocês, o Expose Your Hate e o S.O.H., para citar os mais famosos. Como é a cena por aí?
James: No Nordeste temos uma cena muito prolífica. Sempre tem gente organizando algo, fazendo banda, fazendo show na raça, quase de graça. Não apenas no grindcore, mas no hardcore e no metal em geral, todos somos um só, não existe competição. Um dia desses uma banda de Surf Music tocou com uma de Gore e sem qualquer problema, apesar das cenas também correrem em paralelo.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Som Extremo: Como funciona o processo de composição das músicas e das letras do FACADA?
James: Geralmente cada um chega com a música pronta na cabeça, e no ensaio, todo mundo dá pitaco. No "Joio", todo mundo da banda fez música, mas quem mais faz sou eu e o Ari. Estamos gravando o próximo trabalho agora e ele já gravou sete com o Dangelo, e temos umas oito pra acabar por aqui. A maioria das letras são minhas. As do "Joio" foram todas minhas. No "Indigesto" e na demo o Ari fez também.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Som Extremo: Quais as dificuldades em tocar música extrema?
James: Como diz a galera: Quem tá no rock é pra se fuder. A música extrema é pior por que as pessoas não levam a sério, pensam que você está brincando. Mas todos que tocamos isso, já estamos cientes das dificuldades e sabemos contornar muito bem as situações, daí o que vier é lucro. Reclamar não resolve problema.

Som Extremo: Vocês têm outros empregos, ou conseguem viver somente da música?
James: Nunca viveremos de grindcore. Não temos essa intenção. Eu trabalho numa agência de design, o Dangelo é Luthier e músico profissional, o Danyel trabalha como músico e designer freelancer e o Ari vende o corpo em Berlim.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Som Extremo: Quais os planos futuros do FACADA?
James: Estamos desenvolvendo o novo disco agora. Já começamos as gravações, falta gravar muita coisa ainda, ajustar muita coisa, mas acredito que daqui pro fim desse ano estaremos com algo em mãos. Enquanto isso, vamos fazendo a "Tour d'O Joio" ainda.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Som Extremo: Por que "O Joio" ficou tão curto, dando aquele sabor que quero mais? E por que apresenta sessões de gravações diferentes?
James: Não temos a preocupação se o disco fica curto ou não. O importante é que ele fique bom com o que temos. Além disso, é muito melhor você querer escutar o disco de novo do que não aguentar escutá-lo inteiro. Tem duas gravações por que foram gravados com dois guitarristas em duas sessões diferentes no estúdio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Som Extremo: Quando virão tocar por São Paulo?
James: Tem muitas confabulações sobre a nossa ida a Sampa. Estamos doidos pra ir praí. Tem muita gente que a queremos ver e rever, e vice-versa. Já tivemos uns convites, umas campanhas, nada de concreto. Mas... acho que até o fim desse ano isso se resolva.

Som Extremo: Agradeço muito a entrevista, James! Algum recado final, ou para os fãs?
James: EU que agradeço o espaço disponibilizado. Um grande abraço em todos os que curtem o FACADA e KEEP GRINDING!!!

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Abaixo, o clipe de "O Cobrador", do disco "Indigesto":

http://www.myspace.com/facadanagoela
http://fotolog.net/facadanagoela

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Fotos de Infância: Gene Simmons, do Kiss

Marilyn Manson: ele removeu costelas para praticar autofelação?


Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A..