Matérias Mais Lidas

Mamonas Assassinas: a história por trás do enigmático CreuzebekMamonas Assassinas
A história por trás do enigmático "Creuzebek"

Guns N' Roses: Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagemGuns N' Roses
Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagem

Nirvana: músico canadense muito parecido com Kurt Cobain faz sucesso no TikTokNirvana
Músico canadense muito parecido com Kurt Cobain faz sucesso no TikTok

Robert Fripp: veja cover de Welcome to the Jungle com esposa segurando halteresRobert Fripp
Veja cover de "Welcome to the Jungle" com esposa segurando halteres

Iced Earth: Jon Schaffer será extraditado para Washington; não há decisão sobre fiançaIced Earth
Jon Schaffer será extraditado para Washington; não há decisão sobre fiança

Megadeth: quando a MTV ferrou a banda ao rejeitar clipe de A Tout Le MondeMegadeth
Quando a MTV ferrou a banda ao rejeitar clipe de "A Tout Le Monde"

Slayer: Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperavaSlayer
Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperava

Kiss: Gene Simmons diz que passou dos 70 anos por nunca ter bebido ou usado drogasKiss
Gene Simmons diz que passou dos 70 anos por nunca ter bebido ou usado drogas

AC/DC: a resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da bandaAC/DC
A resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da banda

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?Slash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Faith No More: todas as faixas do magnífico The Real Thing, da pior para a melhorFaith No More
Todas as faixas do magnífico "The Real Thing", da pior para a melhor

Chester Bennington: viúva anuncia separação de bombeiro após um anoChester Bennington
Viúva anuncia separação de bombeiro após um ano

Enjaulados: Os crimes mais chocantes da história do rockEnjaulados
Os crimes mais chocantes da história do rock

Alexi Laiho: A banda de metal do céu agora tem um guitarrista solo, afirma MustaineAlexi Laiho
"A banda de metal do céu agora tem um guitarrista solo", afirma Mustaine

Metallica: todas as faixas do polêmico Load, da pior para a melhorMetallica
Todas as faixas do polêmico "Load", da pior para a melhor


Matérias Recomendadas

Jack Bruce: Foda-se o Led Zeppelin, eles são um lixo!Jack Bruce
"Foda-se o Led Zeppelin, eles são um lixo!"

Gastão Moreira: A coleção do VJ, apresentador e jornalista musicalGastão Moreira
A coleção do VJ, apresentador e jornalista musical

Queen: ouça a voz isolada de Freddie Mercury em clássicosQueen
Ouça a voz isolada de Freddie Mercury em clássicos

Contra-baixo: as melhores introduções do Heavy MetalContra-baixo
As melhores introduções do Heavy Metal

Alice In Chains: seria essa a última foto de Staley com vida?Alice In Chains
Seria essa a última foto de Staley com vida?

Malvada
Dead Daisies

Pantera: reviver a banda seria faltar ao respeito com Dime

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

O site russo Darkside entrevistou recentemente o baterista Vinnie Paul Abbott, HELLYEAH/ex-PANTERA, e o vocalista do HELLYEAH, Chad Gray, em 17 de novembro de 2010 em Oslo, Noruega. Seguem alguns trechos da conversa.

Darkside: Vocês dois estão na indústria da música por um bom tempo. O que vocês diriam que foi a lição mais valiosa que aprenderam pelo caminho?

Vinnie: Provavelmente a lição mais valiosa que alguém deveria aprender é nunca pisar nas pessoas no seu caminho para o topo, porque você terá de vê-las na sua descida, algum dia. Essa é uma lição muito válida. E outra lição é tentar aprender a ser meio que focado nos negócios. Sabe, se chama indústria da música. Todos nós estamos nela porque amamos muito a música e muitas pessoas acabam com nada no fim do dia depois de terem feito boa música, porque nunca aprenderam nada sobre o lado dos negócios. Então ser capaz de captar algo disso ajuda bastante, com certeza. Não diga simplesmente, "Bem, eu vou deixar meu contador cuidar disso". Até hoje ainda pago minhas contas, elas chegam em minha casa, elas não vão para um cara em LA cuidar disso. Eu quero vê-las, quero ter certeza de que não tem nada errado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Chad: A primeira coisa que ele disse sobre não pisar nas pessoas durante a subida... Eu sempre fui o tipo de pessoa que mantém os pés no chão. Eu sei que ele é esse tipo de gente também. Eu acho que é por isso que o nível de respeito que temos um pelo outro foi tão alto desde o princípio. É porque quando nos conhecemos – não tinha nada de bobagem, não tinha nada de ego. Foi tipo como, uau, isso é incrível, porque é realmente difícil encontrar isso no ramo. O HELLYEAH sempre foi modesto. O MUDVAYNE viu um [certo] nível de sucesso: temos três discos nos Estados Unidos. Nós fazemos dinheiro quando saímos dos Estados Unidos vendemos quase seis milhões de discos no mundo e isso é uma grande coisa. O HELLYEAH está tipo que começando nesse novo mundo em que vivemos em que tem download e por aí vai. Tem sido bem modesto; tem sido bem incrível também. Realmente está me fazendo voltar a ser capaz de viver uma vida e fazer uma escalada por 10 anos e então virar e voltar e começar tudo de novo. Tem sido fantástico para mim. É uma prova do que é o HELLYEAH. Eu não conheço muitas pessoas que poderiam fazer o que estamos fazendo agora, como estamos vivendo nossas vidas agora.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Darkside: Vinnie, eu li algumas especulações online a respeito da possibilidade de você recriar o PANTERA sem o Dime [guitarrista falecido do PANTERA "Dimebag" Darrell Abbott]. Eu não sei o que provocou essas especulações, mas o que você tem a dizer a essas pessoas?

Vinnie: Isso é ridículo. O Dime foi uma parte tão grande disso; seria simplesmente uma burrice completa chegar mesmo a cogitar isso. Acho que é muito desrespeitoso das pessoas sugerir isso. Ele deixou um legado incrível e ele vai ficar intocado, é belo, é primitivo e eu quero deixá-lo assim. Eu realmente tenho orgulho do que eu faço com essa banda [HELLYEAH]. É claro, a história do PANTERA fala por si. Eu quero que ele seja sempre conhecido como "o cara", sabe. Ponto final. Para sempre.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Darkside: Sim, mas os comentários que eu li estavam na realidade te criticando como se você houvesse dito que isso seria possível.

Vinnie: Não, não, eu nunca disse que isso seria possível. Eu não. Devem ter sido alguns outros palhaços que estavam naquela banda, mas não eu. (risos)

Darkside: Há muitas bandas jovens atualmente que agem com arrogância, achando que eles basicamente fazem história de algum modo, apesar de que na realidade eles só fazem barulho. E então tem vocês aí que realmente fizeram história, mas vocês mantém a cabeça em ordem. Então, o que faz vocês manterem os pés no chão.

Chad: Provavelmente é aquilo que o Vince disse. Isso é a maior coisa que aprendi e eu aprendi isso com o Ozzy daquele [documentário] "Decline Of Western Civilization Part II", onde ele diz isso. Não avacalhem com as pessoas na sua ascensão, porque você vai encontrá-las quando descer. Eu lembro de ver esse documentário e eu fiquei tipo, "É isso!" Eu tinha provavelmente 17 anos quando eu vi, bem antes de eu fazer qualquer coisa, mas eu sempre mantive isso em mente por algum motivo. Tudo se vai, tudo acaba. Aqui hoje, acabado amanhã. Se você tem o tipo de atitude "Eu sou o cara" para o aqui agora, o que acontece quando você se for amanhã? Você vai parecer um idiota quando estiver trabalhando na loja de discos ou fritando batatas. Apegue-se a sua integridade enquanto pessoa. É só um trabalho. Amamos nosso trabalho, mas é só trabalho.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Darkside: O que tem na música que vocês amam tanto, que te dá arrepios?

Vinnie: É simplesmente criá-la e tocá-la, sabe. Não há barato maior nesse mundo do que ouvir a multidão [rugir] quando as luzes se apagam. Se você não puder se levantar por isso, você não pode se levantar por nada. É isso – tocar. Você olha lá e sejam 500 pessoas ou [tocando] em Donington [diante de] 100.000 pessoas ou no Monsters of Rock — meio milhão de pessoas, você está fazendo essas pessoas felizes e elas estão curtindo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Chad: Para mim começa [quando] começamos a compor algo, a formar algo. Eu ouço uma música e eu ou vou ouvi-la de novo e de novo. Muitas vezes você está se segurando, tentando descobrir aonde você vai chegar com aquilo. Quanto mais ouço a música como cantor e compositor, mais eu me familiarizo com ela. Então está na minha cabeça, e de repente vem a melodia, vem a letra, tudo simplesmente começa a vir. E eu amo essa sensação quando eu começo a compor e tudo está transbordando, eu fico tão empolgado que mal posso esperar pra pegar o microfone e realmente ouvir a música. E daí você vai pro palco e tem essa energia, tipo como o que o Vince falou. Nós vamos subir no palco hoje e tem toda essa gente, eles nunca nos viram aqui [em Oslo]. E se tudo for realmente legal e todos estiverem com a mente aberta e todos realmente quiserem dar uma chance, tem essa troca de energia que acontece. Estamos dando a eles algo e então eles ficam "Ahhhhhhhh!!" e eles retribuem. E então nós ficamos "Isso aí" e nós damos mais e eles devolvem mais ainda. E daí todo mundo está se divertindo e cerrando os punhos e bebendo... Nós mandamos bem e acho que é isso que as pessoas recebem de nós. Eles vêem que somos muito apaixonados pelo que fazemos. É algo verdadeiro, você pode quase tocá-lo. A grande coisa com a gente é honestidade, nós não estamos aí para fazer ninguém de bobo. Nós só queremos partilhar nossa música, e se você gostar, tome; [e] se não gostar – [está] ok.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia a entrevista na íntegra (em inglês) no link abaixo:
http://www.darkside.ru/interviews/interview.phtml?id=494&dla...


Stamp
Tunecore
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Pantera: Túmulos dos irmãos Abbott são cercados, para evitar atos de vandalismoPantera
Túmulos dos irmãos Abbott são cercados, para evitar atos de vandalismo

Megadeth: banda abre shows com Hangar 18 para homenagear Vinnie PaulMegadeth
Banda abre shows com "Hangar 18" para homenagear Vinnie Paul

Dimebag Darrell: as 13 músicas de metal favoritas do guitarrista do PanteraDimebag Darrell
As 13 músicas de metal favoritas do guitarrista do Pantera

Heavy Talk: 16 anos sem Dimebag Darrell (vídeo)

Em 08/12/2004: Dimebag Darrell era assassinado no palcoEm 08/12/2004
Dimebag Darrell era assassinado no palco

Túnel do tempo: relembre 10 grandes músicas lançadas em 1996Túnel do tempo
Relembre 10 grandes músicas lançadas em 1996

Túnel do tempo: relembre 10 grandes músicas lançadas em 1994Túnel do tempo
Relembre 10 grandes músicas lançadas em 1994

Sucesso com peso: sete álbuns pesados que atingiram o topo das paradasSucesso com peso
Sete álbuns pesados que atingiram o topo das paradas

Túnel do tempo: relembre 10 grandes músicas lançadas em 1990Túnel do tempo
Relembre 10 grandes músicas lançadas em 1990

Pantera: de mullets, Rihanna se assume fã da bandaPantera
De mullets, Rihanna se assume fã da banda


Desde cedo: bebês e suas relações emocionais com o RockDesde cedo
Bebês e suas relações emocionais com o Rock

Phil Anselmo: pouco se fodendo para haters de InternetPhil Anselmo
"pouco se fodendo" para haters de Internet


Dane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhorDane-se Bruce Dickinson
Simone Simons no metrô é muito melhor

Linkin Park: Qual a relação da morte de Chester Bennington com Chris Cornell?Linkin Park
Qual a relação da morte de Chester Bennington com Chris Cornell?


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.