Heaven and Hel: "Não queremos confundir mais as pessoas!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karina Detrigiachi, Fonte: Classic Rock Revisited, Tradução
Enviar Correções  

O baixista da banda HEAVEN AND HELL, Geezer Butler, concedeu uma revista ao site Classic Rock Revisited e falou sobre DIO, HEAVEN AND HELL e BLACK SABBATH.

Chris Cornell: jornalista foi a último show e percebeu algo errado

Ave, Satan!: As dez melhores músicas sobre o Inferno

Classic Rock Revisited: O Black Sabbath lançou "The Dio Years" com três músicas inéditas em 2007. Em que momento vocês decidiram gravar um álbum totalmente inédito?

Butler: Primeiramente, nós fizemos a retrospectiva que iríamos promover durante um mês. Esse um mês se transformou em nove meses. Nos divertimos bastante e tudo correu bem. Não sabíamos se as pessoas nos reconheceriam como HEAVEN AND HELL. Foi um grande sucesso, e no final, Ronnie disse "Seria uma pena se acabasse agora. Porque não pensamos em fazer um novo álbum?" Nós tiramos uma folga de alguns meses e depois nos reunimos na casa do Ronnie, onde ele tem um estúdio. Ouvimos o que todos haviam gravado e percebemos que tínhamos material suficiente para fazer um grande álbum.

Classic Rock Revisited: Todos fizeram um grande trabalho. Ronnie é um grande compositor. Você escreveu algumas das maiores letras da história do metal. Sendo você um grande letrista, que nota você dá para o Ronnie?

Butler: Eu acho que ele fez um grande trabalho. Eu acho que ele se distanciou de muitas coisas que ele fazia. Ele dá mais veracidade ao que a música fala. Ele verbaliza a música e os riffs. Acho que ele fez um trabalho maravilhoso.

Classic Rock Revisited: Ele trabalha como você? A música primeiro...

Butler: Sim, é o modo como sempre fizemos no SABBATH, ou HEAVEN AND HELL. Primeiro a música, depois as linhas vocais. Estou satisfeito por ter deixado a tarefa de escrever as letras pra ele. Se ele tivesse alguma dúvida ou precisasse de mim, eu o ajudaria, mas ele nunca precisou.

Classic Rock Revisited: O BLACK SABBATH completará 40 anos. O OZZY ou a SHARON OSBOURNE falaram em algum momento para você não usar o nome BLACK SABBATH? Você acha que se tivessem mantido o nome BLACK SABBATH você teria vendido mais álbuns?

Geezer: Isso chegou até nós. Eu e o Tony tínhamos acabado de chegar do OzzFest. Nós não queremos confundir mais as pessoas. Então, pensamos que este era o momento certo para mudar o nome da banda. Nós teremos BLACK SABBATH com o Ozzy e HEAVEN AND HELL com o Ronnie.

Classic Rock Revisited: Quantas músicas do "The Devil You Know" farão parte do setlist da turnê?

Geezer: Até o momento três. Temos tocado "Bible Black," "Follow the Tears" e "Fear."

Leia aqui a entrevista completa (em inglês).




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Chris Cornell: jornalista foi a último show e percebeu algo erradoChris Cornell
Jornalista foi a último show e percebeu algo errado

Ave, Satan!: As dez melhores músicas sobre o InfernoAve, Satan!
As dez melhores músicas sobre o Inferno


Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin