Glenn Tipton: "Rob Halford está cantando como nunca"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Coutinho, Fonte: Classic Rock Magazine, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em um recente bate-papo com a revista inglesa Classic Rock, o guitarrista do JUDAS PRIEST, Glenn Tipton, defendeu a escolha das bandas que integrarão a turnê itinerante Priest Feast, que acontece em território inglês. A turnê, porém, teve que cancelar alguns shows ou mudá-los para lugares menores devido à baixa venda de ingressos. O músico também defendeu a voz de Rob Halford: "ele está cantando como nunca", assegurou.

Pilares: O início do Heavy Metal em 1969Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidas

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Classic Rock: Quando conversamos com Rob Halford, pouco antes do início deste festival, ele mostrou-se um pouco reservado com relação à sua voz, dizendo-nos: "aos 56 anos de idade, há certas coisas que sei que não posso cantar mais". Como você se sente a respeito dessa situação?

Glenn Tipton: "Com este tipo de comentário, acho que Rob está se diminuindo um pouco. Para mim, ele está cantando melhor do que nunca".

Classic Rock: Mesmo? Porque há alguns fãs criticando-o...

Glenn Tipton: "Rob ainda tem um dos maiores alcances vocais dos vocalistas de heavy metal que conheço, e ele ainda canta demais. Ele ainda vai muito bem".

Classic Rock: Também há uma grande desaprovação na internet com relação às bandas TESTAMENT e MEGADETH estarem integrando a Priest Feast. Alguns preferem bandas como o SCORPIONS.

Glenn Tipton: "O pessoal do SCORPIONS são grandes amigos nossos, é sempre um prazer tocar com eles, mas já fizemos isso muitas vezes. Estamos muito felizes por termos escolhidos o MEGADETH e o TESTAMENT. Queríamos bandas de heavy metal clássico. Muitas dessas turnês, hoje em dia, saem com bandas de estilos diversos, a fim de atrair mais pessoas. Mas na turnê Priest Feast todos estarão na mesma sintonia".

Classic Rock: Com o cancelamento do show de Nottingham, houve uma mudança no show de Manchester para um local menor. Os planos de vocês diminuíram?

Glenn Tipton: "Não. É que os agentes marcaram shows demais em um área menor. Se eles tivessem vindo até nós e perguntado, nós lhes diríamos. Além do mais, há uma crise financeira acontecendo e as pessoas não têm muito dinheiro para gastar".

Classic Rock: Há uma recessão.

Glenn Tipton: "Absolutamente. Não há qualquer vergonha no que fizemos. Se você sai pra tocar em Manchester, Sheffield, Nottingham e Birmingham, são todas cidades próximas. Os garotos não têm tanto dinheiro assim".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Judas Priest"Todas as matérias sobre "Rob Halford"Todas as matérias sobre "Glenn Tipton"


Heavy Metal: 25 bandas que fizeram o gênero ser o que éHeavy Metal
25 bandas que fizeram o gênero ser o que é

Tony Iommi: opiniões sobre Dio, Rhoads e HalfordTony Iommi
Opiniões sobre Dio, Rhoads e Halford


Pilares: O início do Heavy Metal em 1969Pilares
O início do Heavy Metal em 1969

Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidasMetallica
James Hetfield explica suas tatuagens preferidas


Sobre Thiago Coutinho

Formado em Jornalismo, 23 anos, fanático por Bruce Dickinson e seus comparsas no Maiden. O heavy metal surgiu na minha vida quando ouvi o vocalista da Donzela de Ferro em "Tears of the Dragon", em meados de 1994. Mas também aprecio a voz de pato bêbado do controverso Dave Mustaine, a simplicidade do Ramones, as melodias intrincadas do Helloween, a belíssima voz de Dio ou os gritos escabrosos de Rob Halford. A Whiplash apareceu em minha vida sem querer, acho que seus criadores são uns loucos amantes de rock e acredito que este seja o melhor site de rock do país, sem qualquer demagogia!

Mais matérias de Thiago Coutinho no Whiplash.Net.

adGoo336