Sebastian Bach: "tenho que acreditar no que faço"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Felipe Ferraz, Fonte: Mouth4Music, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Mouth4Music recentemente conduziu uma entrevista com SEBASTIAN BACH. Nela ele fala, dentre outras coisas, sobre seu relacionamento com Axl Rose, o novo álbum e suas exigências artísticas.

Rodz Online: Freddie Mercury Tribute Concert (vídeo)Saúde: mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentais

Mouth4Music: Bom, agora você e Axl (Rose) têm sido amigos por algum tempo e cada um colaborou com o álbum do outro.

Sebastian: "Ele canta três músicas em 'Angel Down': 'Love is a Bitch Slap', 'Stuck Inside' e 'Back in the Saddle'. Ele ajudou nos velhos dias o SKID ROW em 1991 quando ele nos levou na turnê 'Use Your Illusion' e agora ele pegou minha banda solo em 2006-2007 e nos levou ao redor do mundo. Eu nunca poderia retribuí-lo pelo tanto que ele me ajudou. O fato de que todo mundo estava esperando ele lançar o 'Chinese Democracy' e ele faz o seu retorno no álbum solo do Sebastian Bach; pense o quão legal isso é para nós como banda. Estamos realmente orgulhosos desse CD".

Mouth4Music: Você não faz somente música, cara, você faz tudo! Como arruma tempo?

Sebastian: "Eu faço TV e essas coisas, e basicamente encaro como um meio para promover minha música, que é o que de fato importa para mim".

Mouth4Music: (Voltando a discutir a amizade de Bach com Axl Rose e após citar a participação de Sebastian nos últimos shows do Guns N'Roses) Cara você está cantando as músicas com o cara que as compôs.

Sebastian: "Você sabe, (Scott) Weiland (ex-vocalista do VELVET REVOLVER) se cansou provavelmente de ouvir sobre Axl e eu. Ele se cansou de ouvir sobre isso e você não pode substituir Axl Rose, sabe - aquele maldito cara tem uma das mais loucas, mais incríveis vozes da historia do rock e quando ele canta 'Sweet Child O'Mine' e 'Welcome to the Jungle', é uma coisa incrível de se ver, realmente é, e eu já vi um milhão de vezes e sempre é incrível. Ele é o melhor, realmente".

Mouth4Music: Agora, muitos dos críticos desde o início de tua carreira te rotulam como um tipo de pessoa má, que faz o que quer e não se importa com ninguém. Você parece diferente disso.

Sebastian: "Bom, se apresentar é um negócio difícil. Eu me importo com as pessoas e eu nunca disse que não me importava. Isso não é nem um pouco verdade, mas eu não irei comprometer minha arte e aprendi isso com meu pai, na verdade. Eu não gosto de colocar meu nome em algo que não julgo ser o melhor. Esse é o modo como as coisas são, mas eu não devo ser uma pessoa tão difícil já que estou trabalhando com a Broadway em quatro musicais por todo o país. Você não dura uma semana na Broadway se for difícil de se trabalhar - existem muitas pessoas só esperando para pegar seu lugar na Broadway".

Mouth4Music: Bom, isso era o que eu estava pensando quando olhava seu histórico.

Sebastian: "A questão é, eu tenho que acreditar no que estou fazendo senão não faço. E neste caso, se as pessoas ficam bravas comigo, realmente não me importo com isto, porque se eu coloco meu nome em algo, como por exemplo o 'Angel Down', com as letras e a capa e a arte que meu pai fez, tudo tem que ser perfeito para mim de forma que sinta orgulho de ter meu nome associado. No final do SKID ROW, eles me davam essas músicas que eu não achava serem as melhores músicas que poderiam ser e colocavam o nome SKID ROW nelas, então eu não as cantava. Foi quando disseram, 'Você está fora de controle e difícil de trabalhar em equipe'. Eu disse, 'Não, eu só me recuso a ser medíocre'".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Sebastian Bach"Todas as matérias sobre "Skid Row"Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"


Rodz Online: Freddie Mercury Tribute Concert (vídeo)

Guns N' Roses: nova etapa da turnê é iniciada nos EUA; veja repertórioGuns N' Roses
Nova etapa da turnê é iniciada nos EUA; veja repertório

Grandes covers: cinco versões para a clássica "Sweet Child O' Mine"

Guns N' Roses: banda ensaiou música nova para 1º show de 2019Guns N' Roses
Banda ensaiou música nova para 1º show de 2019

Guns N' Roses: Axl Rose estreia novo visual no primeiro show de 2019Guns N' Roses
Axl Rose estreia novo visual no primeiro show de 2019

Guns N' Roses: Slash usa Modos Gregos? Filipe Zanella explica...Guns N' Roses
Slash usa Modos Gregos? Filipe Zanella explica...

Guns N' Roses: as mudanças ocorridas na banda, de 1985 a 2019 (vídeo)Em 17/09/1991: Guns N' Roses lançava os dois Use Your Illusion

Guns N' Roses: show intimista em Los Angeles é anunciado antes de nova parte de turnêGuns N' Roses
Show intimista em Los Angeles é anunciado antes de nova parte de turnê

Guns N' Roses: "Sweet Child O' Mine" em uma mini bateria - mesmo!

Lollapalooza: preços dos ingressos para festival com o Guns N' RosesLollapalooza
Preços dos ingressos para festival com o Guns N' Roses

Guns N' Roses: Slash rebate boatos que banda estará na trilha sonora de filmeGuns N' Roses
Slash rebate boatos que banda estará na trilha sonora de filme

Guns N' Roses: Por que Steven Adler não foi convidado para a reunião? (vídeo)Guns N' Roses
Por que Steven Adler não foi convidado para a reunião? (vídeo)

Guns N' Roses: nada de música para o novo Exterminador do Futuro, diz SlashGuns N' Roses
Nada de música para o novo Exterminador do Futuro, diz Slash

Guns N' Roses: vazam demos de faixas inéditas da bandaGuns N' Roses
Vazam demos de faixas inéditas da banda

Guns N' Roses: sem integrantes legítimos, uma banda tipo MenudoGuns N' Roses
Sem integrantes legítimos, uma banda tipo Menudo

Kiss: 15 bandas que abriram shows deles e se tornaram famososKiss
15 bandas que abriram shows deles e se tornaram famosos

Steven Tyler: ele comprava heroína de Izzy, do Guns N' RosesSteven Tyler
Ele comprava heroína de Izzy, do Guns N' Roses


Saúde: mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentaisSaúde
Mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentais

Doors: Perguntas e respostas e curiosidades diversasDoors
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Separados no nascimento: Cazuza e Lauro CoronaSeparados no nascimento
Cazuza e Lauro Corona

Heavy Metal: os vinte melhores álbuns da década de 80Heavy Metal
Os vinte melhores álbuns da década de 80

Rolling Stone: os 100 melhores álbuns dos anos 90Rolling Stone
Os 100 melhores álbuns dos anos 90

O Metaleiro Safadão: versão metal de CamaroteO Metaleiro Safadão
Versão metal de "Camarote"

Pokemon: tema de batalha tocado em uma bateria brutalPokemon
Tema de batalha tocado em uma bateria brutal


Sobre Felipe Ferraz

Estudante de computação conformado com o futuro dos dedos em um teclado e longe dos fretes de uma guitarra, pois após muito tentar teve que admitir que, com sua sofrível técnica, nem se quisesse tocar no Calypso teria chance. Amante de Rock e Heavy Metal desde ouvir os primeiro acordes de "Iron Man" do Black Sabbath, não se prende a rótulos musicais, ouvindo tudo que lhe agrada. No geral sons pesados, melódicos e com muita guitarra, apesar de detestar exibições de virtuosismo desnecessárias nas músicas. Acompanha o Whiplash! desde os tempos de internet discada, tomando a feliz iniciativa de contribuir após desistir de virar notícia no site e encontrar o link de colaboração.

Mais matérias de Felipe Ferraz no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336