Van Canto: "Tudo está correndo muito rápido!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Portal Mundo Rock teve a oportunidade de conversar com Ingo Sterzinger, um dos vocalistas da banda de "Hero Metal A Capella" Van-Canto, oriunda da Alemanha. O grupo está no Brasil para uma "promo-tour" e ainda fará um show em São Paulo. Neste bate papo, repassamos o primeiro ano de vida desta banda, que lançou seu CD "A Storm To Come" ano passado, e que acaba de gravar mais um trabalho. Detalhe: ele morou no Brasil, e fala português melhor do que muito brasileiro!

Spin: as 30 melhores faixas instrumentais de todos os temposSlayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman

Mundo Rock - O Van Canto está pisando no Brasil pela primeira vez, tendo lançado seu "debut" em 2007 e feito alguns bons shows. Como você se sente com tudo isso?

Ingo Sterzinger - Fantástico, é o que posso dizer. Tudo está correndo muito rápido para o Van Canto, o que nos deixa muito empolgados. Ontem (dia 22 de junho) fez um ano de nosso primeiro show na Alemanha, e aqui estamos no Brasil. Acho que ainda não absorvi isso tudo (risos).

Mundo Rock - Falando sobre os shows do ano passado, vocês tocaram em alguns festivais, alguns com bandas bem mais "heavy" que o Van Canto, como o Rage por exemplo. Não ficaram temerosos com a reação do público?

Ingo Sterzinger - É muito interessante falar sobre este assunto, porque realmente ficávamos preocupados. Num primeiro momento me lembro de ter visto várias pessoas apenas olhando nosso show, sem entender. O que é até compreensivo, já que além de contarmos apenas com vocais e bateria, somos mais melódicos. Mas aos poucos várias pessoas entenderam nossa proposta e curtiram, o que foi muito bom para nós. Tocamos na Alemanha num festival chamado "Queens Of Metal", e as bandas eram bem pesadas, mas mesmo assim fomos muito bem.

Mundo Rock - Ao mesmo tempo vocês puderam excursionar com o Nightwish. Duas bandas com situações distintas, mas na mesma essência: um começo. Vocês começando sua carreira e os finlandeses estreando sua nova vocalista. Como foram esses shows?

Ingo Sterzinger - Sensacional. Além de podermos ver o Nightwish, tivemos a chance de tocar na Áustria, o que foi nosso primeiro show grande em termos de público. Pudemos conhecê-los, e foi demais.

Mundo Rock - Fugindo um pouco do enfoque da entrevista que é o Van Canto, como você vê o Nightwish com nova vocalista?

Ingo Sterzinger - (Pensativo) Temos que entender que é uma banda nova. A atitude deles é muito boa, e gostei muito do que ouvi. A nova vocalista (Anette) é muito simpática e natural no palco. Acho que ela canta muito bem.

Mundo Rock - Vocês fizeram um vídeo para o "cover" de "Battery" do Metallica. Pensam em fazer mais alguma coisa com os sons do primeiro CD?

Ingo Sterzinger - Pensamos, mas já usando nosso material novo. Temos muita coisa planejada, mesmo que tenhamos começado a trabalhar essas idéias recentemente. Pensamos em pegar várias músicas do novo CD, que acabamos de gravar, e criar vídeos para elas. Não sei ainda como se dará a execução disto, em quais circunstâncias, mas vai rolar.

Mundo Rock - Vocês conhecem algo do Tuatha de Danann, que vai tocar com vocês?

Ingo Sterzinger - Cara... me desculpe pela resposta que vou dar, mas nem sabia disso ainda (risos). Não recebemos a programação do evento, logo nem sabia quem tocaria conosco. Mas é legal que assim posso já pesquisar algo sobre eles.

Mundo Rock - Vocês foram confirmados para o Wacken de 2008, que contará com shows bem especiais como o Iron Maiden, Avantasia, reunião do Carcass e Opeth. Já caiu a ficha?

Ingo Sterzinger - (Risos) Ainda não cara... a atitude certa que eu poderia ter nesse momento seria "CARALHO!, EU VOU CANTAR COM O IRON MAIDEN!" (Gargalhadas). Quando soubemos disso nos sentimos como crianças. Com certeza vai ser o maior momento de nossas vidas, quero ver o Iron e estamos todos loucos para cantar "Fear Of The Dark" para o Bruce (Risos). Quero ouvir a opinião dele, e se puder tocaremos direto para ele!

Mundo Rock - Aproveitando que você falou de "Fear Of The Dark", vocês acabaram de finalizar um novo CD, e fecharam um acordo com a Gun/BMG para a Europa. Este CD foi feito como "A Storm To Come", aonde vocês só gravaram em separado?

Ingo Sterzinger - Na verdade neste momento já somos uma banda unida, como grandes amigos e as coisas fluíram de maneira diferente. É bem verdade que ainda usamos alguns processos que fizemos no "A Storm To Come", mas desta vez contamos com Charlie Bauerfiend na produção, o que ajudou a tornar este CD um trabalho que eu considero arrasador. Gravamos "Fear Of The Dark", e outras surpresas.

Mundo Rock - Para o show você contaria alguma surpresa?

Ingo Sterzinger - (Risos) Acho que a própria "Fear Of The Dark" já é uma surpresa.

Mundo Rock - Assim como "The Trooper", que vocês tocaram em vários eventos?

Ingo Sterzinger - Sim, Sim! (Empolgado) Acho demais podermos misturar esses clássicos com nosso próprio material, fica muito legal. E tocaremos alguma coisa nova também!

Mundo Rock - Ingo, obrigado pela entrevista, o espaço é todo seu!

Ingo Sterzinger - Obrigado pela oportunidade. Desta vez tivemos um cronograma apertado, mas planejamos em breve voltar com mais datas e com algo mais elaborado. Obrigado!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Van Canto"


Originalidade: 10 Bandas ou Projetos InusitadosOriginalidade
10 Bandas ou Projetos Inusitados

Angra: como fica Carry On nas vozes do Van CantoAngra
Como fica "Carry On" nas vozes do Van Canto


Spin: as 30 melhores faixas instrumentais de todos os temposSpin
As 30 melhores faixas instrumentais de todos os tempos

Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff HannemanSlayer
A trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336