Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemJoão Gordo compara anarcocapitalistas com quem acredita em terraplanismo

imagemRock in Rio libera ingressos extras e novamente dia do metal é único que não esgota

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemTommy Lee postou uma foto com o "Dr. Feelgood" de fora

imagemPrika diz que fez "tudo errado" na primeira turnê da Nervosa, mas aprendeu lição

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemNergal diz que vocalista do Arch Enemy é mais corajosa do que muito metaleiro homem

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemVídeo de clássico do Kiss é disponibilizado no canal oficial da banda

imagemGeddy Lee e Alex Lifeson tocam clássica do Rush em evento nos EUA


Stamp

Bret Michaels comenta álbum de covers e Rock Of Love

Por Wellington Aragão
Fonte: Blabbermouth
Em 06/07/08

Alan Sculley, da "The Morning Call", conduziu uma entrevista com Bret Michaels, frontman do POISON, que falou sobre seu Reality Show, "Rock Of Love", e sua posição em relação ao álbum de covers gravado pela banda, "Poison'd".

Sobre sua turnê solo atual, que precede uma grande excursão com o POISON:

"Eis aqui tudo sobre o show solo. É muito elétrico, muito excitante. É uma banda completa. Mas o que é legal nisso é o fato de me sentir como um contador de história excitante, energético. Então o que acontece é: eu toco as músicas, mas no meio delas falo um pouco sobre o que estava pensando, o que estava fazendo. Damos a vocês uma produção completa, não despimos a música, oferecemos uma banda completa e uma música completa, e fazemos disto uma festa."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Minha idéia é mostrar uma versão diferente das músicas do POISON e as pessoas entendem. Fazemos 'Talk Dirty To Me' e quebramos numa batida jungle. Apesar da mudança todo sabem que se trata da canção, obviamente reconhecem que é ela, mas também rola uma suave diferença na maneira de senti-la, o que incita as pessoas, pois ao mesmo tempo que conhecem a música, um grande hit, elas percebem que a canção ainda mantém seu frescor".

Como sua platéia abrange três gerações, incluindo fãs que o descobriram através de algo que não tem relação com o POISON, que foi o Reality Show "Rock Of Love":

"Terminei a primeira temporada, que foi bizarra. Honestamente, foi estranho ter câmeras ao meu redor. Foi desconfortável fazer certas coisas... o que levou a encarar a segunda temporada, além das belas garotas, foi o fato de não mudarem nada. Ninguém disse 'ok, agora Bret, você vai vestir isto, vai tentar isto'. Eles não me disseram quem eu seria, me deixaram ser quem sou. Hoje penso que alguém que me conhece dentro ou fora da indústria musical sabe que me mantenho firme em continuar sendo quem ou o que eu sou".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

"A primeira temporada foi uma coisa louca, engraçada e experimental. E as garotas foram demais. Nos divertimos muito, eu tive que ser exatamente o que sou... senti que a segunda temporada teria mulheres belíssimas. Achei que elas seriam loucas porém mais emotivas, e o que fez a segunda temporada mais difícil foi o fato de muitas das garotas saberem como eu sou. Elas sabiam do que eu gostava ou não, de forma que elas sabiam como 'jogar' um pouco mais".

Sobre a possibilidade de uma terceira temporada de "Rock Of Love":

"Não creio que um dia volte a fazer uma terceira temporada fechado numa casa. Não acredito que possa voltar à casa e dizer algo como 'aqui estou'. Não conseguirei achar uma companhia. Sejamos francos: passo cerca de sete meses por ano em um ônibus, talvez mais. Vamos sair e mostrar a estrada, vamos sair e nos divertir, e se rolar alguma coisa legal. Se não rolar, vamos apenas sair e festejar e ver o que acontece".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Sobre ser contra a gravação do álbum de covers "Poison'd":

"Literalmente me rendi à banda. Eles queriam gravar uns covers, eu perdi a votação e convivi com isto. Mas fui homem e fiz o melhor que pude nas performances. Eu disse: 'caras, não entramos nesta para fazer nossa própria música?'. Sem ofensas, eu adoro reinterpretar uma música no álbum, mas não quero gravar discos apenas com covers. Entrei nesta para escrever músicas, e é isto o que faço".

A matéria completa (em inglês) pode ser vista neste link.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Rock of Ages: uma celebração à farofice do Rock N' Roll!

Bret Michaels: reveja os maiores constrangimentos do vocalista

Poison: Kotzen me fez um favor quando me corneou, diz Rikki

Mick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São Paulo

Oh, não!: clássicos do Rock Heavy Metal e que foram "estragados" pelo tempo


Sobre Wellington Aragão

Graduando em Administração de Empresas. Escuto Rock desde 1997 quando ouvi o Queen pela primeira vez, as músicas "I want it all", "Radio ga ga", "A kind of magic". Bandas favoritas: Metallica, Guns N' Roses, KISS, Iron Maiden, Ozzy, Black Sabbath, Nightwish, Epica, Xandria, After Forever, Within Temptation, Queen, Led Zeppelin, Oasis, The Beatles, A-Ha, Duran Duran, Tears For Fears etc...

Mais matérias de Wellington Aragão.