Ozzy Osbourne: "Eu detesto a expressão Heavy Metal!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Mario Paino, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Scott Kara, do The New Zealand Herald, entrevistou OZZY OSBOURNE, que falou sobre inúmeros assuntos, inclusive sobre as músicas do BLACK SABBATH que carrega em seu repertório. A entrevista ocorreu em março de 2008.

2325 acessosInglaterra: político acusado de ser nazista por causa do Sabbath5000 acessosOficina G3: Juninho Afram critica líderes evangélicos por ódio

Você estava dizendo que você não é tão ligado à TV como a Sharon é. Você se lamenta por ter deixado as câmeras de TV invadir sua casa?

Ozzy: "Nós não tínhamos idéia do que iria acontecer. Mas acima de tudo meu amor é pelo Rock'N'Roll. A televisão é ... bem, acredite ou não eu sou tímido em frente as câmeras".

Então depois que o show se tornou um sucesso, como você encarou a mudanca na sua imagem com o público?

Ozzy: "Depois de fazer o Ozzfest, sendo procurado pela polícia, e fazendo muitas loucuras na minha carreira, aconteceu uma coisa na minha vida que vai ficar para sempre na minha memória. Quando 'The Osbournes' estava fazendo um grande sucesso, e eu nao sei o que os números da televisão significam, mas 10.7 para mim é leitura da escala de força para terremotos, sabe, mas eu estava em Boston, saindo de um hotel e uma mulher de meia idade daquelas conservadas, muito atraente, me parou e perguntou: 'Você é o Ozzy Osbourne. O que você está fazendo em Boston?' Eu falei que iria fazer um show. Ela disse, 'Que tipo de show?'. Eu pensei que a mulher tinha deixado o cérebro na p**** do carro. 'Um show de rock', eu disse. E ela perguntou, 'Você faz shows de rock também?' Eu pensei comigo mesmo, 'De que mundo você veio?'.

Por que esta "Paranoid" está sempre em seu repertório?

Ozzy: "É uma música divertida, todo mundo conhece, é boa pra tocar ao vivo e o público adora. Quando saí do SABBATH eu disse que nunca mais tocaria músicas da banda. Mas daí saí em turnê e as pessoas perguntavam “e ‘Paranoid’?” e ‘War Pigs’?”. Então eu pensei: “Eles tocaram e eu as cantei, por que não?”.

Na sua opinião, como álbuns clássicos do SABBATH e do OZZY, tal como “Diary Of A Madman”, influenciaram a música atual?

Ozzy: "Nós fizemos sucesso desde o início. Não tivemos de esperar. A banda se formou em 68, daí fizemos uma turnê em 69, gravamos o primeiro album do SABBATH em 1970 em mais ou menos 12 horas, e daí pra frente decolamos e eu nunca mais parei. Quando você está de corpo e alma em aguma coisa é difícil de falar. Além do mais eu detesto a frase 'Heavy Metal'. Não tem a mínima conotação musical".

Leia a entrevista na íntegra (em inglês) neste link.

Comente: Concorda com Ozzy? O que você acha da expressão Heavy Metal?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

InglaterraInglaterra
Político acusado de ser nazista por causa do Sabbath

558 acessosHeavy Lero: Black Sabbath na edição #100, por Gastão e Clemente890 acessosBlack Sabbath: vídeo raro do Bilzen Pop Fest no canal oficial1887 acessosBlack Sabbath: Quer relaxar ao som da banda? Então ouça este mix0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
As originais "Evil Woman" e "Warning"

Max CavaleraMax Cavalera
Korn, FNM e Black Sabbath nas gravações do "Roots"

Black SabbathBlack Sabbath
Conheça a rara canção "Scary Dreams"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 27 de julho de 2012
Post de 31 de março de 2014
Post de 01 de abril de 2014
Post de 12 de abril de 2015
Post de 03 de agosto de 2016
Post de 31 de março de 2017

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

Oficina G3Oficina G3
Juninho Afram critica líderes evangélicos por ódio

SlashSlash
Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vício

Marty FriedmanMarty Friedman
"Não percam seu tempo com música instrumental"

5000 acessosMúsica Fácil: 3 músicas fáceis que você toca errado na guitarra5000 acessosMétodo científico: como escolher seu instrumento musical5000 acessosMotorhead: Segundo Lemmy Kilmister, "Rap não é música"5000 acessosBateristas: alguns que usam a pegada tradicional para tocar5000 acessosGuns N' Roses: os Jovens Pistoleiros, sexo, drogas e RnR4212 acessosGeoff Nicholls: 15 curiosidades sobre o músico oculto do Black Sabbath

Sobre Mario Paino

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online