Sebastian Bach: "cadê os meus amigos do MySpace?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Tavares, Fonte: Rock Monthly, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Rock Monthly recentemente conduziu uma entrevista com o antigo frontman do SKID ROW, Sebastian Bach, que negou a possibilidade de um eventual retorno a sua ex-banda.

1025 acessosSebastian Bach: cantor faz cirurgia relacionada ao vocal5000 acessosRammstein: "Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!", diz Till Lindemann

Rock Monthly: Sendo um veterano no negócio da música, o que te inspira a continuar bolando novas idéias?

Bach: "Apenas a música em si, eu a amo mais que qualquer coisa. É por isso que eu curto. Eu não curto o negócio da música; Eu basicamente o odeio, eu não o entendo. Eu amo a música, eu adoro a sensação de apertar play no começo da música 'Angel Down' e ir até o fim de 'Falling Into You'. É por isso que faço isto. Você achou que sete anos foi muito tempo; Eu não sei quanto tempo o próximo disco irá demorar (risos)!"

Rock Monthly: Como você se vê, com todos os altos e baixos na sua carreira, ainda aqui depois de 20 anos, e você lançando um disco que pode trazê-lo novamente ao topo?

Bach: "Bem… isso nós veremos, mas é apenas a minha voz; é isso. E o fato de eu ter sido abençoado o suficiente para ter uma carreira fora da música, seja na Broadway ou na TV, isso me dá o dinheiro e os fundos para fazer CD's. Não haveria nenhum 'Angel Down' se não tivesse nenhum 'Gilmore Girls'. Digo, os fãs talvez podem não se tocar no quanto eu amo o Rock 'N' Roll. A maioria dos músicos não bancam seus próprios álbuns; eles bancam Lamborghinis e coca e outras merdas… ou nem mesmo merdas como hipoteca. Eu tirei dinheiro da minha própria conta bancária para bancar o 'Angel Down'. Isto é literalmente o que eu fiz. E enquanto a indústria do CD continua a morrer, haverá muito menos disso. Todo roqueiro por aí deveria saber, a partir do momento em que o consumidor escolhe não comprar um CD e baixá-lo em algum BitTorrent ou gravar uma cópia do CD de um amigo, não haverá mais lojas de CDs. Este é o xis da questão. Quando eu gosto de HATEBREED, HELLYEAH, REBEL MEETS REBEL, ou NEIL YOUNG, ou SLY AND THE FAMILY STONE, eu vou lá e compro a porra do CD (risos) pois eu quero mais um. Eu quero apoiar a banda, apoiar o Rock 'N' Roll. Toda vez que você escolhe não comprar um CD, você coloca mais um prego no caixão do Rock & Roll. Isto é com todo mundo; não existem mais lojas de CD's, Wal-Mart e Best Buy devem ter talvez apenas um corredor restante, e as pessoas me perguntam, 'Como que você levou 7 anos para fazer isso?'… quem quer fazer esta porra? Eu amo a música, mas a parte dos negócios é completamente miserável".

Rock Monthly: Qual é o seu lance com o Myspace, digo…

Bach: "É OK, mas a ironia pra mim é que eu tenho mais de 80,000 'amigos' no MySpace mas eu não vendi 80,000 discos; se você é meu 'amigo', você poderia ir comprar a porra do disco? (Risos) E daí que eu tenho 80,000 'amigos'?! Digo, quem se importa! Eu quero é vender 80,000 discos! Se cada um dos meus 'amigos' comprasse meu disco, isso seria ótimo! Tanto faz! Que amigos (risos)!"

Rock Monthly: Com o SKID ROW, GUNS N' ROSES, e toda banda daquela época, vocês tiveram que passar por uma escola de pedreiras; o circuito de clubes, turnês constantes e agora bandas que têm suas músicas baixadas o suficiente estão conseguindo acordos de gravação…

Bach: "Bem, eu estou fazendo esta entrevista andando pela minha casa com 22 discos de platina na minha parede. Eu estou olhando para um agora mesmo e deixe-me descrevê-lo pra você; 'Presenteado a Sebastian Bach para comemorar o certificado multi-platinado da RIAA referente a vendas superiores a 5 milhões de cópias do álbum da Atlantic Records, cassette e CD 'Skid Row'', e isso apenas na América. Eu nunca recebi melhores críticas, na minha vida, que as do CD 'Angel Down'. Eu sou o cara que fez todas as entrevistas para o disco SKID ROW e 'Slave To The Grind'… todas elas".

"Para o primeiro disco do SKID ROW as perguntas eram 'Você é um garoto bonito', 'Bon Jovi lhe deu tudo', 'Por quê eu deveria estar falando com você?' e nunca teve nenhuma boa crítica deste disco que vendeu quase 6 milhões de cópias. As resenhas eram horríveis! O próximo disco, 'Slave To The Grind'… 'Isso é pesado demais', 'Vocês deveriam ser uma banda de baladas', 'Onde está 'I Remember You'?'', nada além de merda em cada uma das resenhas. Álbum número 1! 'Angel Down'… "Este é o melhor trabalho que você já fez', 'Eu não consigo parar de ouví-lo', 'Este é o melhor álbum do ano'… quando eu puder colocar mais um desses negócios de 5 milhões em minha parede, será legal pelo fato das resenhas combinarem com as vendas".

Rock Monthly: Eu ouvi dizer que 5 milhões antigamente é algo equivalmente a 1.5 milhão agora….

Bach: "Não; eu não irei lhe falar isto pois é muito constrangedor, mas não é 1.5 milhão, acredite em mim. Se fosse 1.5 milhão eu já teria mais um desses putos na minha parede!"

Rock Monthly: Com tantas bandas fazendo turnês de reunião como VAN HALEN, THE POLICE, e até mesmo o LED ZEPPELIN que se reuniu no mês passado, você algum dia consideraria uma reunião com o SKID ROW?

Bach: "Não".

Rock Monthly: Essa foi uma resposta rápida… (longa pausa) Você tem algum contato com algum dos seus ex-companheiros de banda?

Bach: "Não".

Rock Monthly: "Não", de forma alguma?

Bach: "Talvez só o Rob, o baterista. Quando você vê a banda SKID ROW agora, só restam apenas dois dos membros originais na formação. Snake não está mais na banda! Snake é o manager do DOWN agora, ele nem está mais no SKID ROW. Então, em que ponto isto se torna ridículo? Digo, dois caras de cinco?? Em que ponto você diria, 'Mas que porra?' Beleza, divirta-se. eu ouvi dizer que William Hung está saindo em turnê (risos)".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Skid RowSkid Row
Reunião chegou a ter shows marcados, diz Bach

1025 acessosSebastian Bach: cantor faz cirurgia relacionada ao vocal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sebastian Bach"

Sebastian BachSebastian Bach
Virando notícia no TMZ só por causa de um decote?

Skid RowSkid Row
Nota oficial sobre Harnell e boatos de turnê com o GN'R

Motley CrueMotley Crue
Sebastian Bach chegou a ser chamado para o vocal

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Sebastian Bach"0 acessosTodas as matérias sobre "Skid Row"

RammsteinRammstein
"Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!"

Em canaEm cana
Os rockstars em suas fotos mais constrangedoras

HumorHumor
Não basta um machado na mão para ser Black Metal

5000 acessosDinheiro não é tudo mas ajuda: 5 Rock Stars que nasceram ricos5000 acessosFotos de Infância: Steven Tyler, do Aerosmith5000 acessosSlayer: Tom Araya revela seus ídolos do baixo4960 acessosGuns N' Roses: reunião não aconteceu por dinheiro, diz guitarrista5000 acessosAndreas Kisser: Max e Igor hoje são "pessoas totalmente diferentes"5000 acessosJudas Priest: As 10 melhores músicas segundo o Loudwire

Sobre Rafael Tavares

Nascido em 1987, descobri o rock and roll já cedo, aos 6 anos de idade, quando ouvi "I Don't Care About You" com o Guns N' Roses em algum momento de 1993. De lá pra cá minha paixão pela música pesada e, especialmente pelo Guns N' Roses (que estará para sempre marcado em minha pele, alma e coração) cresceu exponencialmente. Sebastian Bach me fez querer virar cantor e o resto é história. Produtor fonográfico, formado em Letras e professor. Tão diversificado quanto o Rock and Roll, essa é minha vida, esse é meu clube. =D

Mais informações sobre Rafael Tavares

Mais matérias de Rafael Tavares no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online