Ozzy: "Eu gravei sóbrio antes; mas eu nunca escrevi sóbrio!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Eduardo Miranda da Glória, Fonte: The News Tribune, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Ernest A. Jasmin do The News Tribune recentemente conduziu uma entrevista com Ozzy Osbourne.

1611 acessosOzzy Osbourne: Madman publica foto de ensaio com Zakk Wylde5000 acessosMetallica: corrigindo a injustiça contra Jason Newsted

The News Tribune: O primeiro show (Ozzfest 2007) é no White River Amphitheatre. E alguns anos atrás você teve um show delicado lá. (Ozzy pirou no camarim em 2005, depois de perder a voz.)

Ozzy: Eu tenho muitos problemas de voz. Você tem que gritar muito, saca. É por isso que acho que estamos marcados para os primeiros shows. Eu acabei de fazer a maior turnê européia que já fiz. E tive um pouco de problemas com minha voz. Mas parece estar melhorando agora, sabe.

The News Tribune: Considerando que nos últimos anos você teve problemas de voz, e as primeiras duas músicas do seu novo cd se chamam "Not Going Away" e "I Don't Wanna Stop", você pensou em parar?

Ozzy: Todo ano eu penso. Eu estava ouvindo algumas demos de "No More Tears" hoje, que foi gravado tipo 15 anos atrás. E eu pensei, porra! Minha voz tinha um alcance muito maior. Eu estava conversando com Bob Seger alguns anos atrás quando sai com ele, e perguntei, "Você ainda consegue chegar lá? Como quando você canta ('Old Time Rock & Roll')". Ele disse, "Eu tenho problemas." Todos nós temos. Quando eu estou bem eu amo. Mas quando estou mau, eu odeio. Tem muitas pessoas fazendo várias trapaças, com essas máquinas e tudo mais. Como um amigo meu que foi ver a Madonna, e aparentemente ela fez todo o show com aquela merda de sincronia labial.

The News Tribune: Quando você irá saber que é a hora de passar a tocha?

Ozzy: Se eu tiver que parar de tocar em grandes shows para tocar em clubes - eu não irei fazer isso. Se o público diminuir, não vou curtir mais, vou parar, saca. Eu não quero tocar para uma sala vazia ou um teatro vazio. Bom, eles têm perguntado isso aos Stones pelos últimos 20 anos, e eles ainda estão ai.

The News Tribune: Eu li que esse é primeiro álbum que você fez completamente sóbrio.

Ozzy: Sim, sim. Eu gravei álbuns sóbrio antes. Mas eu nunca escrevi músicas ou qualquer outra coisa sóbrio antes. E eu fiz isso porque encontrei um amigo meu. Ele é bem mais experiente que eu. Eu disse a ele, "O álcool e as drogas abastecem minha criatividade". Ele disse, "É isso que o seu vício te diz. Mas o que você tem a fazer é não ter medo de pedir ajuda."

Ozzy: Quando estou fazendo um CD, e fico como se fosse uma grávida doentia. Eu não me deixo envolver muito. Quando tenho uma visão na minha cabeça - eu não toco. Eu não posso ler música. Eu mal posso ler em inglês, considerando a minha dislexia. Eu tive que me livrar disso, sabe. E o mérito do programa de TV foi me colocar nos trilhos, saca.

The News Tribune: Você estava apreensivo sobre como as pessoas receberiam o seu cd depois do show?

Ozzy: Bom, não. Pra minha sorte eu fiz alguns projetos de cover e coisas que foram bem vendidos. Mas isso foi apenas para deixá-los (fãs) sabendo que estou ainda por ai, sabe. Mas meus próprios álbuns, eles sempre foram sucesso, saca. Então se por algum motivo esse cd, "Black Rain", não saisse como o esperado. Eu não posso me queixar porque saiu muito bom - no próximo ano farão 40 anos que tenho feito o que faço.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Madman publica foto de ensaio com Zakk Wylde

1319 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ozzy Osbourne"

Sharon OsbourneSharon Osbourne
Detonando o Limp Bizkit e o Iron Maiden

Pearl OsbournePearl Osbourne
Neta de Ozzy caracterizada como Princesa das Trevas

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Eleito presidente do Heavy Metal pelo Loudwire

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"

MetallicaMetallica
Corrigindo a injustiça contra Jason Newsted

Pactos?Pactos?
Os envolvimentos de bandas com ocultismo

Tom GrossetTom Grosset
O mais rápido baterista do mundo segundo o Guinness

5000 acessosRock Stars: como se pareceriam alguns se não tivessem morrido5000 acessosDream Theater: o vacilo na capa de "A Dramatic Turn of Events"5000 acessosPostura: 12 coisas que você nunca deve dizer a um músico5000 acessosLemmy: apaixonado por todas as mulheres com quem esteve5000 acessosNirvana: Dave Grohl quase ficou de fora do MTV Unplugged5000 acessosBlack Sabbath: $60.000 para fazer o Vol. 4 e $75.000 em cocaína

Sobre Eduardo Miranda da Glória

Eduardo Miranda da Glória, 22, é goianiense, músico de bar e apreciador do velho rock'n'roll, além - claro - de tradutor do Whiplash nos momentos de ócio.

Mais matérias de Eduardo Miranda da Glória no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online