Em 18/03/1966: Nasce Jerry Cantrell (Alice in Chains)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcio Machado
Enviar correções  |  Ver Acessos


Jerry Fulton Cantrell Jr., nascido em Tacoma, cidade de Washington, em 18 de março de 1966, veio a se tornar mundialmente famoso quando fundou uma das principais bandas do grunge, o Alice in Chains, ao lado de Layne Staley. Apesar de fazer parte do estilo, o AiC sempre se diferenciou das demais bandas por trazer um trabalho mais complexo em suas composições, principalmente o peso nas guitarras de Cantrell, que traz uma forte influência do Black Sabbath, o que fica evidente, principalmente em seus discos solos.

Grandes covers: cinco versões para "Down In A Hole", do Alice In ChainsMarilyn Manson: "Sou o monstro do Lago Ness! Sou o Bicho Papão!"

Cantrell era o mais velho de três irmãos, filho de Jerry Fulton Cantrell e Gloria Jean Krumpos, o futuro guitarrista enfrentou a separação dos pais aos sete anos, onde passou a viver com a mãe e a avó.

Trabalhando em uma loja de disco, paralelamente Cantrell já começava a trilhar seu caminho na música, com a banda local Diamond Lie. Além de alguns covers, a banda contava com algumas canções próprias, e faziam shows em Seattle e Tacoma, na tentativa de conseguir um contrato com alguma gravadora, e foi nesse mesmo ano que Jerry sofreu um dos baques que mudariam radicalmente sua vida, sua avó Dorothy morreu devido a um câncer, em outubro daquele ano. Jerry ainda manteve seus planos, mesmo se sentindo extremamente abalado, e em menos de um ano, outro golpe mais forte da vida, em abril de 87, a mãe do músico também faleceu, aos 43 anos, também devido a um câncer. Cantrell nessa época tinha seus 21 anos, e quem vivia ao redor do músico, disse que isso o fez mudar de comportamento radicalmente, se tornando uma pessoa mais fechada, mais melancólica e depressiva.

Mesmo com esses problemas, Jerry ainda seguiu adiante com a sua banda, na tentativa de ainda fazer funcionar, e foi naquele ano, semanas após sua lastimável perda que ele foi à um show em sua cidade, no Tacoma Little Theater. Ele ainda não sabia, mas ali começava sua escalada para colocar seu nome na música, a banda que ali tocava era a banda de glam metal, Alice N'Chains.

Em julho de 87, o Diamond Lie fez seu último show. Semanas depois, Cantrell voltou a outro show do Alice N'Chains, e conheceu o então vocalista, Layne Staley, de início, havendo uma boa troca de experiências entre os dois, e com Jerry passando por problemas de moradia, este foi morar com Staley em um galpão de ensaio, lugar que o próprio afirma não ser o mais confortável nem higiênico do mundo, mas foi nesse mesmo lugar que começaram algumas composições, algumas contribuições, e assim surgia o Alice in Chains (leia mais no link abaixo).

Em 22/08/1967: Nascia Layne Staley, do Alice In ChainsEm 22/08/1967
Nascia Layne Staley, do Alice In Chains

Facelift, o primeiro disco da banda foi um sucesso e mostrou como Cantrell fazia toda a diferença, se tornando assim o "cabeça" da banda, sendo nas melodias, composições e seus vocais. Mas o sucesso da banda foi sendo prejudicado devido aos problemas de drogas de Staley, fazendo o ritmo de shows cair, até haver um rompimento em 98, quando Layne fazia algumas apresentações com o Mad Season, dando espaço para Jerry compor e lançar seu primeiro trabalho solo, Boggy Depot, disco este que contou com a presença de, além de membros do Alice in Chains, Rex Brown, o então baixista da banda Pantera, com que tinha bastante proximidade. O disco alcançou um bom rendimento, tendo músicas entrando no top 5 da Billboard. Neste mesmo ano, Cantrell voltou a se reunir com o Alice in Chains gravando duas músicas inéditas, mas ainda assim, eles estagnaram suas atividades, até então o ano de 2002, quando houve a morte de Layne Staley, e assim sendo, colocando um fim a banda.

No mesmo ano de morte de Layne, Cantrell lançou seu segundo trabalho solo, Degradation Trip, era um álbum com mais cara de AiC, e era uma homenagem ao amigo que havia falecido meses antes do lançamento. Este trabalho contava com nomes fortes da música, como a banda que acompanhava Jerry, sendo Robert Trujillo, do Metallica no baixo e Mike Bordin, do Faith no More, na bateria. O guitarrista então decidiu por fazer alguns shows divulgando o trabalho, e foi assim que conheceu William Duvall, que seria o guitarrista base e co-vocalista.

Em 2004, Jerry fez uma participação no disco de lançamento do Damageplan, banda de Dimmebag Darrel e Vinnie Paul, ex-Pantera, na faixa, Ashes to Ashes, e no ano seguinte, fez uma pequena reunião com o Alice in Chains, tocando em um evento em prol das vítimas de um tsunami na Ásia, na ocasião, o vocalista foi Pat Lanchman, do Damageplan, este se mostrou bem a vontade frente o AiC, tendo até algumas pequenas semelhanças com o timbre de Layne que fez pensar se a banda não voltaria às atividades com o próprio, mas isso não se concretizou.

Mas em 2006, Jerry resolveu mais uma vez se reunir com seus velhos companheiros para uma leva de shows, sendo agora o posto de vocalista ocupado por Willian Duvall, o mesmo dos shows solos, tocando em alguns festivais, contando ainda com algumas participações como James Hetfield do Metallica e Sebastian Bach, ex-Skid Row que na época excurisonava com seu disco solo.
Vendo a boa receptividade que a banda teve com aquela formação, foi decidido que finalmente voltariam as atividades, e prometeram um disco novo em breve.

Passados dois anos, e 14 pós o último lançamento oficial, o Alice in Chains entregava Black Gives Away to Blue, com a nova cara, algumas mudanças na sonoridade, mas nada que fizesse se perderem, soando ainda como o AiC, mas com algumas pitadas novas. A principal mudança desse período, é que Jerry passa a ser o vocalista principal, e o faz com maestria, tendo achado em William, um ótimo parceiro para os duetos.

O disco foi bem aceito, a banda se solidificou mais uma vez,e assim Cantrell provou ter o direito de seguir com o nome, ainda lançando mais um disco em 2013, The Devil Put Dinossaur Here, que trazia mais proximidade ao estilo antigo, com melodia pesadas e melancólicas, e ainda uma pequena homenagem à Layne Staley no vídeo da música Voices, onde uma pequena foto do vocalista aparece em determinado momento.

Atualmente a banda e Jerry já estão em estúdio para um novo trabalho que em breve deve dar as caras, deixando ansiosos todos os fãs do músico pelo que ele fará dessa vez, mas se tratando de Cantrell, sabemos que o resultado tem praticamente nenhuma chance de decepcionar.

E no dia de hoje, comemoramos então os 52 de um dos principais guitarristas dos anos 90, a data de vida de um mestre no que faz, de um dos músicos com mais identidade e versatilidade. Parabéns Jerry Cantrell, que continue por anos e anos nos entregando o que tem de melhor!!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Datas de NascimentoTodas as matérias sobre "Alice In Chains"Todas as matérias sobre "Jerry Cantrell"


Grandes covers: cinco versões para Down In A Hole, do Alice In ChainsGrandes covers
Cinco versões para "Down In A Hole", do Alice In Chains

William DuVall: Em álbum solo ele se reafirma como o ótimo cantor que é

Mad Season: Foi profundo e sombrio por causa de Layne StaleyMad Season
"Foi profundo e sombrio por causa de Layne Staley"

Alice in Chains: encerrando turnê do álbum "Rainier Fog" em Seattle

Alice in Chains: Ainda estamos trabalhando em nosso augeAlice in Chains
"Ainda estamos trabalhando em nosso auge"

William DuVall: vocalista do Alice in Chains lança o disco solo One Alone; ouçaHall of Fame: presidente comenta sobre o Soundgarden e Alice In Chains

Alice in Chains: integrantes celebram a criação do Dia de Layne StaleyAlice in Chains
Integrantes celebram a criação do Dia de Layne Staley

Alice In Chains: a juventude de Layne StaleyAlice In Chains
A juventude de Layne Staley

Kiss: 15 bandas que abriram shows deles e se tornaram famososKiss
15 bandas que abriram shows deles e se tornaram famosos

Pearl Jam: Mike McCready diz que tentou salvar Layne StaleyPearl Jam
Mike McCready diz que tentou salvar Layne Staley


Marilyn Manson: Sou o monstro do Lago Ness! Sou o Bicho Papão!Marilyn Manson
"Sou o monstro do Lago Ness! Sou o Bicho Papão!"

Cornos do Rock: a dor e o peso do chifre em três belas cançõesCornos do Rock
A dor e o peso do chifre em três belas canções

Di'Anno: Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!Di'Anno
"Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!"

Thrash Metal: 10 novas promessas - incluindo uma brasileiraThrash Metal
10 novas promessas - incluindo uma brasileira

Separados no nascimento: Paul Stanley e Sidney MagalSeparados no nascimento
Paul Stanley e Sidney Magal

Mike Portnoy: com barba bizarra em foto publicada no TwitterMike Portnoy
Com barba bizarra em foto publicada no Twitter

Megadeth: Jeff Young acusa Mustaine de ser um mentirosoMegadeth
Jeff Young acusa Mustaine de ser um mentiroso


Sobre Marcio Machado

Estudante de história, apaixonado por cinema e o bom rock, fã de Korn, Dream Theater e Alice in Chains. Metido a escritor e crítico.

Mais matérias de Marcio Machado no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336