Em 27/04/1979: Black Sabbath metia o pé na bunda de Ozzy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

No dia 27 de Abril de 1979, os outros membros do BLACK SABBATH decidiram que já estavam fartos do vocalista OZZY OSBOURNE e de seu comportamento descontrolado, e lhe mostraram a porta da rua.

851 acessosBill Ward: baterista é internado com problemas cardíacos5000 acessosAxl Rose: Texto analisa rivalidade com Kurt Cobain

Foi uma decisão surpreendente, uma que atingiu Osbourne como uma chuva de pedras, tal como ele se lembra em seu livro, ‘I Am Ozzy’. “Estávamos fazendo alguns ensaios em Los Angeles, e eu estava chapado, mas até aí, eu estava chapado o tempo todo”, ele conta. “Ficou óbvio que Bill [Ward] havia sido enviado pelos outros, porque ele não era exatamente o tipo que despede alguém. Eu não lembro exatamente o que ele me disse… mas foi algo sobre Tony [Iommi] achar que eu era um perdedor bêbado e cheirado e uma perda de tempo para todos os envolvidos.”

Em seu próprio livro, ‘Iron Man’, Iommi se defende, escrevendo que “Ozzy parece pensar que fui eu quem forçou a situação, mas eu apenas falava representando a banda e tentava manter a coisa funcionando. Alguém tinha que tomar uma decisão, alguém tinha que fazer algo, de outro modo, ainda estaríamos lá até agora e todos estaríamos fora. Foi isso.”

Iommi ainda descreveu o estado que a banda estava à ocasião da demissão de Ozzy e o preço que as drogas tinham cobrado do grupo como um todo. “Estávamos juntos fazia uma década, mas chegou a um ponto onde não conseguíamos mais nos relacionar uns com os outros. Havia tanta droga rolando, cocaína e Quaaludes e Mandrax, e havia bebida e longas noites e mulheres e tudo mais. E daí você fica mais paranoico e pensa, eles me odeiam. Nunca brigamos, mas é difícil se comunicar com as pessoas, se relacionar e resolver as coisas quando todo mundo está louco.”

Por mais chocante que o incidente tenha sido, no frigir dos ovos ele acabou funcionando, de certo modo, a favor de todos – pelo menos a curto prazo. O Black Sabbath convocou RONNIE JAMES DIO para assumir os vocais e juntos eles fizeram um dos mais conceituados álbuns da banda “Heaven And Hell”. Osbourne – em um dos rebotes mais inesperados da história – descobriu um guitarrista de Los Angeles chamado RANDY RHOADS e fundamentou uma carreira solo incrivelmente bem-sucedida. Ele logo ultrapassaria a popularidade da banda que o despedira, apesar de ainda combater seus vícios.

Comente: Você prefere Black Sabbath com Ozzy ou Dio?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Bill WardBill Ward
Hospitalizado por problemas cardíacos, baterista cancela shows

851 acessosBill Ward: baterista é internado com problemas cardíacos1020 acessosEnciclopédia do Rock: "The End Of The End", do Black Sabbath367 acessosSom de Peso: uma resenha do "Vol 4" do Black Sabbath0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Arte GráficaArte Gráfica
Designer brasileiro cria versões para clássicos

Black SabbathBlack Sabbath
O riff de "Paranoid" foi copiado de outra banda?

PoeiraPoeira
Black Sabbath com Dio e a "era Mob Rules"

0 acessosTodas as matérias da seção Fatos Importantes0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"


Axl RoseAxl Rose
Texto analisa rivalidade com Kurt Cobain, do Nirvana

Black SabbathBlack Sabbath
O dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward

RushRush
A bizarra semelhança entre Geddy Lee e Marquito do Ratinho

5000 acessosDia do Rock: dez tentativas brasileiras de assassinar o gênero5000 acessosSlipknot: Qual é o significado e a tradução do nome da banda?5000 acessosHelter Skelter: a música que Charles Manson "roubou" dos Beatles5000 acessosBruce Dickinson: sua coleção de clássicos do Metallica4818 acessosChris Cornell: As emocionantes mensagens da esposa e filhas no Dia dos Pais5000 acessosBillboard: discos de rock/metal que atingiram o topo nos anos 2000

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 27 de abril de 2014
Post de 28 de abril de 2014
Post de 30 de abril de 2014
Post de 27 de abril de 2016
Post de 27 de abril de 2017


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online