Black Sabbath: a capa rejeitada que foi parar no disco do Rainbow

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ronaldo Celoto, Fonte: wikipedia
Enviar Correções  

Coincidências à parte, você sabia que a capa original do clássico disco "Never Say Die" do BLACK SABBATH, poderia não ter sido a já conhecida e consagrada entre os fãs?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pois é. A história aparentemente é oficial e consta dos arquivos da própria wikipedia e de inúmeros blogs e sites sobre ambas as bandas, de que a primeira sugestão oficial, feita e concebida pela "Hipgnosis" (famosa pela concepção da arte gráfica do PINK FLOYD) foi apresentada como uma opção de capa contendo sete médicos preparados para realização de uma suposta cirurgia, proposta rejeitada pela banda (foto abaixo, com as prováveis versões).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Três anos depois, esta mesma proposta acabou sendo aceita pelo RAINBOW, para a confecção do álbum "Dificult To Cure" (foto).

E neste meio tempo entre uma capa e outra, mais uma coincidência unia as duas bandas: - OZZY deixava o BLACK SABBATH para ser substituído por RONNIE JAMES DIO, que por sua vez, deixou o RAINBOW, que o substituiu por JOE LYNN TURNER.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O resto da história todos nós já conhecemos, tendo cada uma das bandas seguido o seu caminho, com sua devida importância, nas infinitas enciclopédias do universo metálico.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Carlos Eduardo Miranda: Um monte de roqueirinho que só quer ser da GloboCarlos Eduardo Miranda
"Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"

Stratovarius: em turnê pelo Brasil, guitarrista reclama da cerveja localStratovarius
Em turnê pelo Brasil, guitarrista reclama da cerveja local


Sobre Ronaldo Celoto

Natural do Estado de São Paulo, é escritor, professor, poeta e consultor em direito, política e gestão pública. Bacharel em Direito, com Mestrado em Ciência Política, atualmente cursa Doutorado em Direito, Justiça e Cidadania pela Universidade de Coimbra. Além destas atividades, dedica diariamente parte de seu tempo à pesquisa e produção de artigos científicos, contos, romances, matérias jornalísticas, biografias e resenhas. Seus interesses pessoais são: cinema, política, jornalismo, literatura, sociologia das resistências, ética, direitos humanos e música.

Mais matérias de Ronaldo Celoto no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 Goo728 Goo336