Black Sabbath: Ozzy e Tony, bandidos ou mocinhos?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo M. Brauna, Fonte: Rolling Stone Brasil
Enviar correções  |  Comentários  | 

Como foi noticiado nos veículos de comunicação do mundo todo, em 2009 OZZY OSBOURNE estava processando TONY IOMMI em requerimento de 50% dos lucros sobre a marca BLACK SABBATH. Segundo o jornal britânico “The Guardian”, o guitarrista tinha se apropriado sozinho de todos os direitos que envolviam o nome da banda desde o ano 2000. No bate–rebate entre os artistas TONY alegou que Osbourne ao deixar o SABBATH em 1979 renunciou a tais direitos.

4538 acessosOzzy: madman confessa qual o pior dos vícios que ele já teve5000 acessosListas: 10 melhores bandas da era pós-Nirvana


Para a felicidade dos fãs e das partes envolvidas, essa briga judicial teve pelo menos uma pausa. Em 2010, de acordo com nota enviada à imprensa representantes do “Madman” disseram que ele "resolveu amigavelmente o problema, e o processo em Nova York foi descontinuado". Sabe-se que o que motivou OZZY a essa decisão foi a morte de DIO no mesmo ano, pois em entrevista para revista “Kerrang” o cantor disse que sua esposa, “Sharon” viu em seu celular duas mensagens de IOMMI, uma delas dizia sobre uma má notícia (possivelmente sobre a morte de DIO), então OSBOURNE ligou de volta.

O fato é que tal acontecimento foi “indiretamente oportuno” para uma nova reunião do BLACK SABBATH com OZZY que hoje se concretizou. Interessante também é que na mesma nota de imprensa de 2010 sobre o processo judicial os representantes dele também diziam: "ambas as partes estão felizes em deixar isso de lado e voltar a trabalhar juntas no futuro."

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Madman confessa qual o pior dos vícios que ele já teve

1358 acessosTony Iommi: "Valeu a pena desde o 1° dia", diz sobre carreira435 acessosHeavy Lero: a segunda parte da história do Black Sabbath com Dio0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
A história por trás de "Master of Reality"

TestamentTestament
Eric Peterson fumou erva com o Black Sabbath

Black SabbathBlack Sabbath
A capa rejeitada que foi parar no disco do Rainbow

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

ListasListas
As 10 melhores bandas da era pós-Nirvana

Dimmu BorgirDimmu Borgir
Silenoz: "Não sei se me classificaria como satanista!"

Guitar HeroGuitar Hero
Veja como o jogo desgraçou uma geração inteira

5000 acessosCovers inusitados: COB tocando Britney? Shakira tocando ACDC?5000 acessosJohnny Z: Uma invejável coleção de heavy metal5000 acessosOs roqueiros mais chatos das redes sociais4631 acessosJim Root: explicando significado de sua tatuagem "Shovelhead"5000 acessosSystem of a Down: e se Lars Ulrich fosse o baterista do "Aerials"?5000 acessosRita Lee: cantora detona ex-colegas dos Mutantes em biografia

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde 1989 vive à cultura e ideologia do Metal Pesado sendo fã ardoroso do Classic Rock ao Death Metal. A sua dedicação se define na constante busca por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online