Black Sabbath: Ozzy e Tony, bandidos ou mocinhos?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo M. Brauna, Fonte: Rolling Stone Brasil
Enviar correções  |  Comentários  | 

Como foi noticiado nos veículos de comunicação do mundo todo, em 2009 OZZY OSBOURNE estava processando TONY IOMMI em requerimento de 50% dos lucros sobre a marca BLACK SABBATH. Segundo o jornal britânico “The Guardian”, o guitarrista tinha se apropriado sozinho de todos os direitos que envolviam o nome da banda desde o ano 2000. No bate–rebate entre os artistas TONY alegou que Osbourne ao deixar o SABBATH em 1979 renunciou a tais direitos.

896 acessosBlack Sabbath: projeto Home of Metal chega a São Paulo5000 acessosTradução - The Wall - Pink Floyd


Para a felicidade dos fãs e das partes envolvidas, essa briga judicial teve pelo menos uma pausa. Em 2010, de acordo com nota enviada à imprensa representantes do “Madman” disseram que ele "resolveu amigavelmente o problema, e o processo em Nova York foi descontinuado". Sabe-se que o que motivou OZZY a essa decisão foi a morte de DIO no mesmo ano, pois em entrevista para revista “Kerrang” o cantor disse que sua esposa, “Sharon” viu em seu celular duas mensagens de IOMMI, uma delas dizia sobre uma má notícia (possivelmente sobre a morte de DIO), então OSBOURNE ligou de volta.

O fato é que tal acontecimento foi “indiretamente oportuno” para uma nova reunião do BLACK SABBATH com OZZY que hoje se concretizou. Interessante também é que na mesma nota de imprensa de 2010 sobre o processo judicial os representantes dele também diziam: "ambas as partes estão felizes em deixar isso de lado e voltar a trabalhar juntas no futuro."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Black SabbathBlack Sabbath
"Podemos fazer alguns shows pontuais", diz Iommi

896 acessosBlack Sabbath: projeto Home of Metal chega a São Paulo1894 acessosBlack Sabbath: veja unboxing da "The Ten Year War"1286 acessosDoom Metal: os 25 maiores álbuns do gênero0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Dream TheaterDream Theater
Dez semelhanças - ou seriam plágios?

Dimebag DarrellDimebag Darrell
Comentando turnê com Black Sabbath em 1999

Rock e MetalRock e Metal
5 músicas que melhor criaram suas "atmosferas"

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

TraduçãoTradução
O clássico The Wall, do Pink Floyd

Em vídeoEm vídeo
A diferença entre ser músico e ser rockstar

Metallica, Guns, Slipknot, KissMetallica, Guns, Slipknot, Kiss
Tombos, erros e fatos engraçados

5000 acessosFolk Metal e Música Celta5000 acessosAs regras do Prog Metal5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19845000 acessosEduarda Henklein: brasileira de 7 anos toca System of a Down na TV mexicana5000 acessosBruce Dickinson: curiosidades sobre a voz por trás do Iron Maiden5000 acessosNirvana: "O show no Brasil foi uma merda, e a culpa é minha"

Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde adolescente vive a cultura do Rock/Metal. Além do Whiplash, o redator escreve para a revista Roadie Crew e é assessor de imprensa da Roadie Metal. A sua dedicação se define na busca constante por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online