Matérias Mais Lidas

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemTitãs: traído, o baterista destruiu o quarto; Paulo Ricardo viu na TV a traição

imagemO maior álbum de todos os tempos, na opinião do saudoso Ronnie James Dio

imagemMarko Hietala anuncia retorno ao mundo da música e fãs pedem volta ao Nightwish

imagemWandinha, da Netflix, resgata banda icônica do Rock em canção com letra sacana

imagem"A masculinidade tóxica alimentou esta banda", diz Kirk Hammett sobre o Metallica

imagemMetallica: se você achou caro o pacote do Titãs, fuja dos preços da turnê de Hetfield & Cia

imagemTony Iommi não queria mandar Ozzy Osbourne embora, mas demissão foi inevitável

imagemO curioso ritual do Fleetwood Mac antes de subir ao palco, revelado por Christine McVie

imagemEx-vocalista do Mötley Crüe não bota fé na aposentadoria de Mick Mars

imagem"Não há reunião do Pantera sem Vinnie e Dime", afirma espólio de Vinnie Paul

imagemKiko Zambianchi foi proibido de ir no Silvio Santos após apresentador errar seu nome

imagemIggor Cavalera diz que o metal às vezes é muito conservador

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemA bonita homenagem que Angra fará a Andre Matos em novo álbum, segundo Fabio Lione


Samael Hypocrisy
Stamp

Resenha - End of Existence - Browning

Por Victor de Andrade Lopes
Postado em 31 de dezembro de 2021

Nota: 7

Na reta final de 2021, o quarteto estadunidense de electronicore The Browning chega com End of Existence, sucessor do bom Geist.

Claramente evoluindo do som do álbum de 2018, o grupo mergulha fundo numa atmosfera bem peculiar em que as fronteiras do gênero são rompidas para propiciar uma fusão com metal industrial e extremo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A evolução não se traduziu em diversidade, e a banda ainda soa um tanto repetitiva, dando-nos a impressão de que ouvimos a mesma música várias vezes. Contudo, a atmosfera apocalíptica/distópica do disco - a começar por seu título, que pode ser traduzido como "Fim da Existência" - cria um fator de coesão que atenua a pouca criatividade entre as peças que compõem a obra.

Mas ainda temos aqueles momentos que fogem da curva, como "Torment" e o encerramento "Fearless", com investimentos mais fartos em EDM, e "Cataclysm", um bem-vindo instrumental.

End of Existence torna o The Browning uma porta de entrada interessante para o mundo do electronicore na medida em que adota uma sonoridade que foge do óbvio, ainda que pouco variada (até para os padrões do gênero). Soa até como um disco de transição, com os caras adentrando mais profunda e confiantemente terrenos antes explorados de forma mais superficial. Quem sabe o que o futuro lhes reserva?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Abaixo, o lyric video da faixa título.

FONTE: Sinfonia de Ideias
https://sinfoniadeideias.wordpress.com/2021/12/30/resenha-end-of-existence-the-browning/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze


[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]

Bateristas: os dez músicos mais loucos de todos os tempos

Iron Maiden: "pequena falha" em outdoor na Russia em 2011


Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.

Mais matérias de Victor de Andrade Lopes.