Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

imagemOs Raimundos traíram os Titãs? Sérgio Britto comenta e conta a versão dele

imagemA banda de rock que impressionou Paulo Ricardo e o fez ver grandeza do estilo em São Paulo

imagemAndreas Kisser opina sobre a reunião do Pantera, que começou nesse sábado

imagemLars Ulrich poderia tocar músicas do Rush com Geddy Lee e Alex Lifeson?

imagemNoel Gallagher revela o rockstar que ficou mais impressionado de conhecer pessoalmente

imagemA estratégia do Barão Vermelho para evitar críticas de copiar Titãs nos anos 1990

imagemO surpreendente disco que Tom Morello considera um dos melhores de todos os tempos

imagemNoel Gallagher relembra o dia em que foi ao show de uma banda cover de Oasis

imagemMetallica: o que Regis Tadeu achou de "Lux Aeterna", nova música da banda?

imagemGene Simmons admite que "Ace estava certo" sobre o Kiss no começo dos anos 80

imagemApós incidente, Axl Rose anuncia mudança nos shows do Guns N' Roses

imagemBeatles: Ringo Starr conta como foi o seu último encontro com John Lennon

imagemVeja Sandy cantando Metallica na TV Globo em programa de Marcos Mion

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa


Stamp
Summer Breeze

Airbourne: álbum é franca homenagem ao rock à moda antiga

Resenha - Boneshaker - Airbourne

Por Victor de Andrade Lopes
Postado em 31 de outubro de 2019

Nota: 8

O quarteto australiano de hard rock Airbourne tinha uma missão muito clara em sua cabeça quando iniciou a preparação de seu quinto álbum de estúdio, Boneshaker: criar uma obra de rock 'n' roll puro, sem frescuras, direto, cru, orgânico, enfim, todos os rótulos clichês para bandas deste naipe.

Se os rapazes lá do outro lado do Hemisfério Sul vinham demonstrando em seus lançamentos recentes (Black Dog Barking e Breakin' Outta Hell) uma certa tentativa de afastamento do AC/DC, aqui eles refreiam esta tendência e voltam com força total para os anos 1970.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas isto não é uma reclamação. O som deles é tão condensado e amarradinho (especialmente neste disco, que foi gravado como uma apresentação ao vivo) que tudo se resume a um questão de gostar ou não. Não há o que discutir ou filosofar.

Se pudesse pinçar algumas faixas especiais para comentar, escolheria a homenagem a Melbourne "This Is Our City". Ou a rica "Weapon of War", que pode ser considerado um trabalho deveras progressivo dentro dos padrões da banda. Ou o encerramento "Rock 'N' Roll for Life", que resume a mensagem do álbum como um todo, na letra e no instrumental.

Boneshaker marca a estreia de Matt Harrison na guitarra base e nos vocais de apoio, substituindo David Roads - a primeira mudança na formação deles desde sua estreia em 2007. A novidade passa bem despercebida, pois não há diferenças relevantes entre o som atual deles e o som dos lançamentos anteriores, exceto a já mencionada tentativa de soar mais "ao vivo" e oldschool.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E assim, aquela velha máxima segue verídica: se você gosta de Airbourne, vai gostar deste disco. Se não gosta, sua opinião permanecerá a mesma, portanto, melhor nem perder seu tempo escutando isto aqui.

Abaixo, o clipe de "Boneshaker":

1. "Boneshaker"
2. "Burnout the Nitro"
3. "This Is Our City"
4. "Sex to Go"
5. "Backseat Boogie"
6. "Blood in the Water"
7. "She Gives Me Hell"
8. "Switchblade Angel"
9. "Weapon of War"
10. "Rock 'n' Roll for Life"

Fonte: Sinfonia de Ideias
http://bit.ly/airbourneb

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

[an error occurred while processing this directive]

Airbourne: Joel O' Keeffe faz banda solar nas alturas

A banda australiana que o frontman do Airbourne destaca - e que não é o AC/DC

Ultimate Guitar: 12 bandas que nunca mudam

Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?

Metal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero


Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.

Mais matérias de Victor de Andrade Lopes.