Abramis Brama: mais uma ótima banda sueca para quem ama rock

Resenha - Tusen år - Abramis Brama

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig
Enviar Correções  

publicidade

Simpático álbum desse banda sueca, que apesar de estar na estrada há mais de 20 anos ainda permanecia inédita no Brasil. Este é o nono disco do Abramis Brama, contando aí com um ao vivo que saiu em 2007.

Brian May: "Eu não sabia que Freddie Mercury era Gay"David Bowie: conheça 60 fatos da vida do camaleão

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A sonoridade é um agradável hard com pitadas de stoner e com muita melodia, o que torna a audição bem recompensadora. Há um onipresente groove, uma malícia nas composições, uma malandragem intrínseca. Os instrumentos tem espaço para respirar, com todos os músicos apresentando evoluções que constroem um hard rock coeso e muito agradável. A proximidade estilística com o blues, que está fincado no DNA sonoro do quarteto, faz com que o som do Abramis Brama seja bastante atrativo para fãs de ícones como Free, Bad Company e outas lendas dos anos 1970.

As letras são sempre cantadas em sueco, o que não dificulta em nada a assimilação do trabalho. Influências de Black Sabbath, porém com menos peso, e uma aura setentista marcam todas as oito músicas.

Mais um ótimo lançamento nacional da Hellion Records Brazil, e que vale a pena conhecer.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Brian May: Eu não sabia que Freddie Mercury era GayBrian May
"Eu não sabia que Freddie Mercury era Gay"

David Bowie: conheça 60 fatos da vida do camaleãoDavid Bowie
Conheça 60 fatos da vida do camaleão


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Cli336x280