Arkan: Peso, lentidão e intensidade

Resenha - Hilal - Arkan

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcondes Pereira
Enviar Correções  

8

Diretamente da França, esta interessante banda de Melodic Death Metal/ Folk Metal com influências da música tradicional do Oriente Médio faz uma boa estreia em "Hilal" (2008). O referido álbum é composto por 12 faixas, sendo que duas delas são instrumentais: "El Houdou" e " Amaloun Hadid"

Mustaine: por que ele perdeu seu emprego no Metallica?Elvis Presley: De que ele morreu?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Hilal" é um álbum pesado e vagaroso na sua quase totalidade, mas consegue não ser monótono por ter variadas construções melódicas na guitarra, assim como usa os elementos folk com durações e em momentos variados das canções. Recursos simples, todavia que garantem um certo frescor no decorrer do cd.

A única ressalva do debut é que muitas de suas músicas são bem longas para um trabalho de estreia, ainda mais considerando que mais da metade do álbum tem faixas com duração superior aos cinco minutos, o que pode cansar um pouco o ouvinte.

No todo, não há nenhuma faixa absurdamente singular, mas "Lords Decline" apresenta da sua metade para o seu término solos, arranjos acústicos e vocais muito bonitos, o que proporciona um dos momentos mais suaves presentes em "Hilal"

Arkan— Hilal
Season of Mist/ 2008

Faixas:

1) Groans of the Abyss
2) Lords Decline
3) Mistress of the Damned Souls
4) Lamma Bada (Under the Spell of Haughtiness)
5) Tied Fates
6) The Seven Gates
7) Athaoura (Shaped by the Hands of Gods)
8) Chaos Cypher(The Crescent Moon)
9) Defying the Idols
10) El Houdou (Instrumental)
11) Native Order
12) Amaloun Jadid (Instrumental)




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mustaine: por que ele perdeu seu emprego no Metallica?Mustaine
Por que ele perdeu seu emprego no Metallica?

Elvis Presley: De que ele morreu?Elvis Presley
De que ele morreu?


Sobre Marcondes Pereira

Marcondes Pereira, paulista, poeta, escritor e tradutor em início de carreira. Gosta de escutar e estudar todos os sub-estilos de Heavy Metal, também faz algumas palestras para difundir o fascinante universo do Metal e tem fascínio pelos discos conceituais.

Mais matérias de Marcondes Pereira no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL