Matérias Mais Lidas

Metallica: Jason Newsted conta o segredo para manter uma boa grana até hojeMetallica: Jason Newsted conta o segredo para manter uma boa grana até hoje

A banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício BrancoA banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício Branco

O recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilosO recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilos

Iron Maiden: Bruce Dickinson não vai pilotar avião da banda nas próximas turnêsIron Maiden: Bruce Dickinson não vai pilotar avião da banda nas próximas turnês

A categórica opinião de Kiko Loureiro sobre SlashA categórica opinião de Kiko Loureiro sobre Slash

O motivo pelo qual Regis Tadeu considera Phil Collins deprimenteO motivo pelo qual Regis Tadeu considera Phil Collins deprimente

Metallica: segundo Jason, acidente que quase fez James perder a vida salvou a bandaMetallica: segundo Jason, acidente que quase fez James perder a vida salvou a banda

Anitta lança clipe de Boys Don't Cry, com estética rock e punk; assistaAnitta lança clipe de "Boys Don't Cry", com estética rock e punk; assista

Acredite se quiser: Iced Earth lançou novo álbum; ouça A Narrative SoundscapeAcredite se quiser: Iced Earth lançou novo álbum; ouça "A Narrative Soundscape"

O principal motivo pelo qual o rock nacional falhou, segundo Diogo DefanteO principal motivo pelo qual o rock nacional falhou, segundo Diogo Defante

Steve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; Parecia um macarrãoSteve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; "Parecia um macarrão"

Red Hot Chili Peppers: banda divulga vídeo com trecho de possível música inéditaRed Hot Chili Peppers: banda divulga vídeo com trecho de possível música inédita

Dark Tranquillity: morre Fredrik Johansson, que fez parte da banda nos anos 1990Dark Tranquillity: morre Fredrik Johansson, que fez parte da banda nos anos 1990

Chris Barnes, ex-Cannibal Corpse, é chamado de bundão após falar mal do death atualChris Barnes, ex-Cannibal Corpse, é chamado de bundão após falar mal do death atual

Vocalista do Exodus é categórico, não tem ex-fã de metal; ou é headbanger ou não éVocalista do Exodus é categórico, não tem ex-fã de metal; "ou é headbanger ou não é"


Stamp

Resenha - Antifascist Death Metal - Deathening

Por Ivison Poleto dos Santos
Em 04/10/18

Às vezes eu fico pensando o que faz uma banda de Death Metal se destacar das milhões de outras que existem no mundo? Como todos os gêneros musicais, o Heavy Metal tem os seus limites claros - bem, nem tanto assim. Existem, é claro, determinados padrões que devem ser seguidos pelas bandas para serem identificadas com o estilo. Eles existiram no passado e ainda existem hoje. Porém, na minha opinião, eles nem sempre foram tão rígidos. Alguns críticos musicais acreditam que são. Alguns fãs também, porém as bandas nunca acreditaram realmente nisso. Como alguém explica as mudanças no gênero desde o final dos anos 1960 até agora? O Metal que Black Sabbath, Cactus, Deep Purple, Led Zeppelin, Coven e muitos outros tocavam era diferente do que se toca hoje salvo algumas exceções.

O Death metal não é uma exceção à regra. Nascido como a última rebelião dentro da rebelião, o estilo também tem seus padrões. Alguns podem dizer que eles são ainda mais rígidos, mas creio que é somente modo de dizer. Se formos comparar o Death com o Cannibal Corpse, ambos contemporâneos e pioneiros do estilo, há diferenças entre as bandas. Mas a pergunta que não quer calar permanece: o que faz uma banda de Death Metal se destacar?

Essa resenha pode responder a pergunta. O Deathening com "Antifascist Death Metal" possui todos os itens que considero serem importantes para fazer uma banda brilhar. Primeiramente, a epifania vem com o título "Antifascist Death Metal" (Death Metal Contra o Fascismo). Sei que esta é uma página sobre música e algumas pessoas não gostam de misturar política com música, mas convenhamos, fazer (ou ouvir) música é uma atitude política em si. Nesses tempos bicudos em que vivemos em que algumas pessoas teimam em distorcer algumas verdades históricas (sim, elas existem), uma banda de Death Metal que posiciona assim tão claramente é muito bem vinda. Uma banda que abertamente não apoia o fascismo ou qualquer de suas formas merece consideração. Agora musicalmente falando, o Deathening é uma banda muito, mas muito criativa. Eles não seguem os padrões impostos a eles pelo estilo. A banda intercala na sua música muitos hábitos relacionados ao HM.

Os vocais são o padrão mais rígido existente no estilo. Eles devem seguir alguns padrões para uma banda ser considerada Death Metal. Quanto a isso não há dúvidas. Porém, nada impede uma banda de variar os seus vocais como Kalle Nimhagen faz. Além dos tradicionais urros e gritos, ele faz outros sons interessantes. Isso torna a escuta a "Antifascist Death Metal" muito mais legal.

"Antifascist Death Metal" é um dos mais importantes lançamentos do ano por causa de sua posição política e, é claro, pela sua sonoridade. Vamos sempre aclamar uma banda que se posiciona assim. Uma grande salva ao Deathening!

Deathening "Antifascist Death Metal" será lançado em 05 de outubro via Accelerator Records & Rakamarow Records.

"Humans reduced, to a Zombie Mass…" Muito legal!

Lista de músicas:

Side A

Absurdum
Zombie Mass
Räkneexempel
Evil
Unholy Intercourse
No Pasaran

Side B

Dehumanization
Spineless Cowards
Obscure
Can Of Worms
Toxic Narcissist

Escutem aqui a icônica "No Pasaram":

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos.