Matérias Mais Lidas

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemTrês novas bandas serão anunciadas como atrações do Knotfest Brasil

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemDiretora de escola censurada por pais por foto com camisa do Iron Maiden se arrepende

imagemSamuel Rosa chama guitarrista do Pearl Jam de "menino mimado" por quebrar instrumentos

imagemOzzy diz que chamou Jimmy Page para novo álbum, mas guitarrista nunca respondeu

imagemPantera tocará no festival Knotfest Brasil, segundo jornalista

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos

imagemMúsico de Los Angeles compartilha foto recente de Alex Van Halen

imagemAmy Lee comenta demissão de Jen Majura e diz que é preciso "ouvir o universo"

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemDave Mustaine revela que Megadeth gravou cover do Judas Priest para a Amazon


2022/08/18
Stamp

Poison: Native Tongue, o grande disco feito com Richie Kotzen

Resenha - Native Tongue - Poison

Por Igor Miranda
Fonte: IgorMiranda.com.br
Em 03/04/18

Em 8 de fevereiro de 1993, o Poison lançou "Native Tongue", seu melhor disco de estúdio. Não há dúvidas. E há um nome responsável por tamanho êxito: Richie Kotzen, o guitarrista multi-facetado que fez do Poison, praticamente, sua banda solo de luxo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Antes da chegada de Richie Kotzen, o Poison, internamente, ia mal à medida em que o sucesso aumentava. O antecessor de Kotzen, C.C. DeVille, estava com problemas relacionados às drogas - o clássico clichê do rock and roll - e acabou expulso da banda após uma performance caótica no MTV Video Music Awards (VMA) de 1991, quando DeVille, atrapalhado, "puxou" a música errada e chegou a desconectar sua própria guitarra.

A gafe ao vivo fez com que C.C. DeVille e o vocalista Bret Michaels saíssem na porrada após o show, já nos bastidores. A vaga aberta acabou por ficar com Richie Kotzen, que, naquela época, lançava-se como um músico virtuoso, ancorado no shredding metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Poison, que nunca foi uma banda de grande técnica musical, viu-se diante de um guitarrista muito mais talentoso que seu antecessor. E a medida adotada pela banda naquela ocasião foi incrivelmente sensata: dar completa liberdade para que Richie Kotzen trabalhasse no novo disco.

Como o próprio Kotzen já disse, "Native Tongue" poderia ser, facilmente, seu disco solo. Bret Michaels colaborou com parte das letras e só. O restante foi assumido por Kotzen: composição melódica e (parcialmente) lírica, guitarra, piano, mandolin, partes do baixo e até vocais de apoio que, eventualmente, se sobressaíam à voz de Michaels. A lista de músicos externos foi a maior até então e incluiu até Billy Powell (Lynyrd Skynyrd) no piano de duas músicas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia a resenha, na íntegra, na página:
http://www.igormiranda.com.br/2018/02/poison-native-tongue-melhor-disco-resenha.html

Bret Michaels (vocal, guitarra, violão, gaita)
Richie Kotzen (guitarra, piano, mandolin, dobro, backing vocals)
Bobby Dall (baixo, backing vocals)
Rikki Rockett (bateria, percussão)

Músicos adicionais:
Jai Winding (piano nas faixas 3 e 11)
Billy Powell (piano nas faixas 8 e 15)
Mike Finnegan (órgão na faixa 5)
Tower of Power (sopros na faixa 8)
Timothy B. Schmit e Tommy Funderburk (backing vocals)
First AME Church Choir (corais na faixa 3)
Shelia E. (percussão nas faixas 1 e 2)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

1. Native Tongue
2. The Scream
3. Stand
4. Stay Alive
5. Until You Suffer Some (Fire and Ice)
6. Body Talk
7. Bring It Home
8. 7 Days Over You
9. Richie's Acoustic Thang
10. Ain't That The Truth
11. Theatre of The Soul
12. Strike Up The Band
13. Ride Child Ride
14. Blind Faith
15. Bastard Son Of A Thousand Blues


Outras resenhas de Native Tongue - Poison

Resenha - Native Tongue - Poison

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/07/09


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Rock of Ages: uma celebração à farofice do Rock N' Roll!

Bret Michaels: reveja os maiores constrangimentos do vocalista

Poison: Kotzen me fez um favor quando me corneou, diz Rikki

Mick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São Paulo

Oh, não!: clássicos do Rock Heavy Metal e que foram "estragados" pelo tempo


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.