RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Stamp

Abigor: Continuam fazendo o real, verdadeiro e obscuro Black Metal

Resenha - Höllenzwang (Chronicles of Perdition) - Abigor

Por Pierre Cortes
Postado em 11 de março de 2018

Nota: 8

Finalmente estes austríacos nos presentearam com um novo Full-length. E mandaram bem demais na elaboração desta mais recente obra. Tanto se fala em Black Metal e não podemos esquecer que o ABIGOR é um grande, legítimo e RESPEITÁVEL nome no assunto.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Diversos EPs, demos, compilações e álbuns marcam a trajetória dessa banda que faz um som cru, pesado, extremo e vigoroso. Iniciaram suas atividades em 93 e dez anos após interromperam, mas para a nossa felicidade, o retorno acontece em 2006.

"Höllenzwang (Chronicles of Perdition)" apresenta 9 composições com quase 40 minutos de puro Black Metal. O ouvinte irá se deparar com riffs fortes, soturnos e misteriosos, vocalizações agressivas e variações de ritmo bastante interessantes.

Fiquem atentos às seguintes faixas: "Sword of Silence" apresenta riffs pesados e arrastados; "Black Death Sathanas (Our Lord's Arrival)" tem trechos mais lentos e vocalizações intensas; "Olden Days" tem riffs profundamente obscuros; "Hymn to the Flaming Void", a mais rápida e porrada do trabalho.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Talvez o único apontamento que teria a fazer é que senti falta de solos de guitarra. Certamente eles tornariam a obra ainda mais brilhante. Obviamente este não é o melhor trabalho do ABIGOR, mas sem sombra de dúvidas é um grande representante do gênero. Que venham muitos outros com a mesma garra e vontade de fazer o real, verdadeiro e obscuro BLACK METAL.

Banda: Abigor
País de Origem: Áustria
Título do álbum: Höllenzwang (Chronicles of Perdition)
Ano: 2018
Estilo: Black Metal
Gravadora: Avantgard Music

Line-up:
P.K. – Baixo/Guitarra
T.T. – Guitarra/Baixo/Bateria
Silenius – Vocais

Faixas:

1. All Hail Darkness and Evil
2. Sword of Silence
3. Black Death Sathanas (Our Lord's Arrival)
4. The Cold Breath of Satan
5. None Before Him
6. Olden Days
7. Hymn to the Flaming Void
8. Christ's Descent Into Hell
9. Ancient Fog of Evil

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Site:
http://www.abigor.at/

Fonte: VIOLENT NOISE
http://www.violentnoise.com.br/2018/02/finalmenteestes-austriacos-nos.html - -

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.
Mais matérias de Pierre Cortes.