RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemMustaine tentou fazer hit radiofônico e acabou escrevendo a "música mais idiota" do Megadeth

imagemOs 4 fatores determinantes que levaram Renato Russo a dependência química

imagemO clássico da banda Evanescence que a vocalista Amy Lee odiava

imagemMike Portnoy escolhe os álbuns preferidos de sua adolescência

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemA opinião de Paul McCartney sobre a música dos Sex Pistols

imagemA opinião de Slash sobre Dave Mustaine e "Rust In Peace", clássico do Megadeth

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemO megahit de Ana Carolina que todos acharam que era a voz de Cássia Eller

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"


Exilio Angel

The Arson Project: A excelência sueca em fazer barulho

Resenha - Disgust - Arson Project

Por Mário Pescada
Postado em 10 de janeiro de 2018

Nota: 9

Ainda garimpando os discos que saíram em 2017 e que não tive tempo de ouvir durante o ano, acabei encontrando essa bomba sonora: "Disgust", o primeiro full-length dos suecos do THE ARSON PROJECT.

A banda lançou uma demo (2005), depois um EP (2008) e então um split (2010), mas somente ano passado soltaram essa bomba manipulada entre agosto de 2014 e maio de 2016.

São 11 explosões em meros 23 minutos. Todas as faixas são bem niveladas, não tem como destacar essa ou aquela. A gravação também é um ponto alto, com Oscar massacrando sua bateria com muitos blast beats e rápidas variações, enquanto o baixo de William, bem marcadão, ajuda a manter o estrondo sonoro.

"Disgust" é um disco extremo, feito para ouvidos já acostumados - mesmo assim, ainda impressiona pela sua brutalidade. Irá agradar em cheio fãs de punk/hardcore/grindcore, mas fãs de metal que preferem o lado mais extremo do estilo, devem dar uma conferida no disco (façam esse favor a vocês, eu garanto).

THE ARSON PROJECT é o mais novo membro do "Clube Sueco de Excelência em Barulho", ao lado de tantas excelentes bandas desse país que fazem a alegria de quem curte barulho de boa qualidade.

Formação:
Oscar Lindbergh - bateria
Elis Edin Markskog - guitarra
Niklas Larson - vocais
William Blom - baixo

Faixas:
01 Blood On The Shovel (introdução)
02 Buried In Concrete
03 Raped Minds
04 Nuclear Fallout
05 Nothing
06 From The Pits
07 Downward Spiral
08 To The Gallows
09 Hail Armageddon
10 Forgotten Graves
11 Degeneration

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mário Pescada

Mineiro, leitor compulsivo, ouvinte de todas as vertentes do rock - do blues ao grindcore. Valoriza mais a honestidade e entrega em cima do palco do que a técnica. Guarda os flyers dos shows que vai como se fossem relíquias.
Mais matérias de Mário Pescada.