RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de "Gita"

imagemO ponto fraco de Yngwie Malmsteen segundo Ronnie James Dio, em 1985

imagemA reação de King Diamond ao ouvir Metallica tocando músicas do Mercyful Fate

imagemRoger Waters atende a Rússia e faz discurso para o Conselho de Segurança da ONU

imagemQuem ganhou e quem devia ter ganhado o Grammy de metal desde 1989, segundo Loudwire

imagemVeja o que esperar da turnê do Mayhem no Brasil

imagemRodinha de mosh gigantesca em show do System of a Down viraliza e impressiona

imagemO triste motivo pelo qual o Pink Floyd não podia fazer contato com Syd Barrett

imagemVeja Dave Grohl cantando e agitando em show do Mercyful Fate

imagemPor que Herbert Vianna gosta muito do riff de "Eu Quero Ver o Oco" do Raimundos?

imagemRússia pede para que Roger Waters fale com a ONU sobre a situação da Ucrânia

imagemMegadeth é processado por artista que criou capa do último disco da banda

imagemA opinião de Humberto Gessinger sobre movimentos separatistas da região Sul do Brasil

imagemO show do Engenheiros do Hawaii sem Humberto, que eles achavam que havia sido sequestrado


Def Leppard Motley Crue 2

As Dramatic Homage: Um som de extrema qualidade e originalidade

Resenha - Enlighten - As Dramatic Homage

Por Pierre Cortes
Postado em 15 de outubro de 2017

Nota: 10

Banda carioca formada em 1999 e que executa um som de extrema qualidade e originalidade. Aqui, o ouvinte irá se deparar com um Avantgarde Metal, ou seja, irá encontrar pitadas de Progressive Metal aliadas a passagens mais atmosféricas, assim como elementos do Black e Doom Metal.

Após 4 anos do lançamento do "Crown", o primeiro Full-length, os rapazes reaparecem, mas desta vez com um EP. "Enlighten" contém 5 composições e praticamente 20 minutos de um som pesado e de extremo bom gosto.

Impossível negar que este trabalho é composto por características muito marcantes em sua concepção sonora. Encontramos, além das boas composições, variações de ritmo, velocidade, melodia, doses de melancolia, riffs e solos bem tocados, alternância de vozes. Trata-se de um projeto criativo, agradável de ouvir e que pode satisfazer aos fãs de Metal de uma forma mais geral.

Como são apenas 5 músicas, vamos a um breve comentário a respeito de cada uma delas: "Advert", uma abertura perfeita, pois é climática, misteriosa e prepara o ouvinte para o que está por vir; "Astral Infernal" é veloz, tem riffs fortes e alternâncias vocálicas; "Praxis", a melhor do trabalho, é melancólica, lenta e me fez lembrar algo do EMPYRIUM; a faixa título é poderosa e me remeteu ao VINTERSORG; finalizando com chave de ouro, "Full Moon Madness", cover do MOONSPELL muito bem executado.

A formação da banda hoje difere um pouco da que aqui descrevemos, mas o resultado final é perfeito. Notamos criatividade e habilidade musical no que o AS DRAMATIC HOMAGE faz. Talvez o único ponto "negativo" seja a demora em se lançar uma obra tão bem feita e que, de certa forma, reflete o quanto o Metal nacional caminha bem e nada fica a dever aos gringos. Que venham mais álbuns.

Banda: As Dramatic Homage
País de Origem: Brasil
Título do álbum: Enlighten
Ano: 2016
Estilo: Avantgarde Metal
Gravadora: Cold Art Industry

Line-up:
Alexandre Pontes – Vocal/Guitarra/Programações
Leonardo Silva – Teclado
Vinicius Rodrigues – Bateria
Alexandre Diniz – Guitarra
Fabiano Meneses – Baixo

Faixas:

1. Advert
2. Astral Infernal
3. Praxis
4. Enlighten
5. Full Moon Madness

Site:
https://www.facebook.com/AsDramaticHomage

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.
Mais matérias de Pierre Cortes.