[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

Dream Theater: Caos Sistemático em Demasia

Resenha - Systematic Chaos - Dream Theater

Por Vitor Sobreira
Postado em 12 de setembro de 2017

Infelizmente, por algum motivo inexplicável, existem bandas que não chamam muito a nossa atenção ao longo da vida, e o Dream Theater acaba sendo uma delas para mim. Entretanto, posso admitir ao leitor de forma bastante sincera, que isso não me impede de considerá-lo como um gigante do Progressive Metal, com ótimos trabalhos e músicos envolvidos nesses quase trinta anos de expressiva carreira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lançado em junho de 2007 pela RoadRunner Records e amparado por uma ótima qualidade sonora - resultante da produção feita por John Petrucci e Mike Portnoy, juntamente com a masterização de Vlado Meller - "Systematic Chaos" atingiu a décima-nona posição no chart Billboard 200, sendo na época a maior conquista do Dream Theater em solo estadunidense (até a chegada do sucessor "Black Clouds & Silver Linings", de 2009, que estreou na sexta posição!).

Não para menos: o trabalho esbanja qualidade, complexidade e grandiosidade do início ao fim em uma verdadeira aula de Prog, iniciada em "In The Presence of Enemies – Part I", uma excelente abertura que não poderia ter sido melhor escolhida, com seus nove minutos que passam voando. Não se deixando intimidar, "Forsaken" apresenta melodias cativantes mais concentradas, belas notas de teclado e um refrão forte, para ficar na cabeça por muito tempo, enquanto que "Constant Emotion" chama a atenção pelo peso e por ser um pouco mais direta e marcante.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda mantendo as forças, "The Dark Eternal Night" nos proporciona tudo o que de melhor pode, como um dos melhores refrãos, o indispensável peso e passagens instrumentais de outro mundo. Como não poderia faltar uma balada, aqui temos "Repentance", que ainda conta com a participação mais do que especial, nas partes ‘faladas’, dos músicos e vocalistas Steve Vai, Joe Satriani, David Ellefson, Neal Morse, Chris Jericho, Steve Hogarth, Mikael Åkerfeldt, Steven Wilson, Jon Anderson e Corey Taylor (!!), em uma viagem de mais de 10 minutos, com muito sentimento e algumas partes mais "sombrias". Seguindo uma linha mais Progressiva e não tão pesada, "Prophets of War" nos prepara para a reta final, com a dramática "The Ministry of Lost Souls" e a mais longa de todas "In The Presence of Enemies – Part II", que apesar de contar com momentos inspiradíssimos e até épicos, também possui outros que poderiam ter sido cortados na edição final. Pessoalmente, acho que não superou a "Part I", mas encerra muito bem esta jornada musical.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Este, é um daqueles discos para se ouvir com calma, e apreciar todas as suas nuances técnicas e viagens melodiosas. Então, o que está esperando para se surpreender?

Faixas:
01 – In The Presence of Enemies – Part I
02 – Forsaken
03 – Constant Motion
04 – The Dark Eternal Night
05 – Repentance
06 – Prophets of War
07 – The Ministry of Lost Souls
08 – In The Presence of Enemies – Part II

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outras resenhas de Systematic Chaos - Dream Theater

Dream Thetaer: ainda com lenha para queimar

Dream Theater: repetir jamais, parecer talvez

Dream Theater: Em 2007 era lançado o Systematic Chaos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Nebro - Vesperaseth

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhante

Deep Purple: Who Do We Think We Are é um álbum injustiçado?

Deep Purple: Stormbringer é um álbum injustiçado?

Megadeth: recuperando a fúria que faltava


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Vitor Sobreira

Moro no interior de Minas Gerais e curto de tudo um pouco dentro do maravilhoso mundo da música pesada, além de não dispensar também uma boa leitura, filmes e algumas séries. Mesmo não sendo um profissional da escrita, tenho como objetivos produzir textos simples e honestos, principalmente na forma de resenhas, apresentando e relembrando aos ouvintes, bandas e discos de várias ramificações do Metal/Heavy Rock, muitos dos quais, esquecidos e obscuros.
Mais matérias de Vitor Sobreira.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS