Dream Theater: Caos Sistemático em Demasia

Resenha - Systematic Chaos - Dream Theater

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Sobreira
Enviar Correções  

Infelizmente, por algum motivo inexplicável, existem bandas que não chamam muito a nossa atenção ao longo da vida, e o Dream Theater acaba sendo uma delas para mim. Entretanto, posso admitir ao leitor de forma bastante sincera, que isso não me impede de considerá-lo como um gigante do Progressive Metal, com ótimos trabalhos e músicos envolvidos nesses quase trinta anos de expressiva carreira.

Dream Theater: qual música da banda traz o melhor solo de guitarra, segundo Petrucci

Iron Maiden: a música "Wasting Love" é um Plágio?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lançado em junho de 2007 pela RoadRunner Records e amparado por uma ótima qualidade sonora - resultante da produção feita por John Petrucci e Mike Portnoy, juntamente com a masterização de Vlado Meller - "Systematic Chaos" atingiu a décima-nona posição no chart Billboard 200, sendo na época a maior conquista do Dream Theater em solo estadunidense (até a chegada do sucessor "Black Clouds & Silver Linings", de 2009, que estreou na sexta posição!).

Não para menos: o trabalho esbanja qualidade, complexidade e grandiosidade do início ao fim em uma verdadeira aula de Prog, iniciada em "In The Presence of Enemies – Part I", uma excelente abertura que não poderia ter sido melhor escolhida, com seus nove minutos que passam voando. Não se deixando intimidar, "Forsaken" apresenta melodias cativantes mais concentradas, belas notas de teclado e um refrão forte, para ficar na cabeça por muito tempo, enquanto que "Constant Emotion" chama a atenção pelo peso e por ser um pouco mais direta e marcante.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda mantendo as forças, "The Dark Eternal Night" nos proporciona tudo o que de melhor pode, como um dos melhores refrãos, o indispensável peso e passagens instrumentais de outro mundo. Como não poderia faltar uma balada, aqui temos "Repentance", que ainda conta com a participação mais do que especial, nas partes ‘faladas’, dos músicos e vocalistas Steve Vai, Joe Satriani, David Ellefson, Neal Morse, Chris Jericho, Steve Hogarth, Mikael Åkerfeldt, Steven Wilson, Jon Anderson e Corey Taylor (!!), em uma viagem de mais de 10 minutos, com muito sentimento e algumas partes mais "sombrias". Seguindo uma linha mais Progressiva e não tão pesada, "Prophets of War" nos prepara para a reta final, com a dramática "The Ministry of Lost Souls" e a mais longa de todas "In The Presence of Enemies – Part II", que apesar de contar com momentos inspiradíssimos e até épicos, também possui outros que poderiam ter sido cortados na edição final. Pessoalmente, acho que não superou a "Part I", mas encerra muito bem esta jornada musical.

Este, é um daqueles discos para se ouvir com calma, e apreciar todas as suas nuances técnicas e viagens melodiosas. Então, o que está esperando para se surpreender?

Faixas:
01 – In The Presence of Enemies – Part I
02 – Forsaken
03 – Constant Motion
04 – The Dark Eternal Night
05 – Repentance
06 – Prophets of War
07 – The Ministry of Lost Souls
08 – In The Presence of Enemies – Part II


Outras resenhas de Systematic Chaos - Dream Theater

Dream Theater: Em 2007 era lançado o Systematic Chaos

Dream Theater: repetir jamais, parecer talvez

Dream Thetaer: ainda com lenha para queimar




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Dream Theater: qual música da banda traz o melhor solo de guitarra, segundo PetrucciDream Theater
Qual música da banda traz o melhor solo de guitarra, segundo Petrucci

John Petrucci: Ele sofre pressão destes novos guitarristas virtuosos?John Petrucci
Ele sofre pressão destes novos guitarristas virtuosos?

John Petrucci: ouça o álbum Terminal Velocity, que tem reencontro com Mike PortnoyJohn Petrucci
Ouça o álbum "Terminal Velocity", que tem reencontro com Mike Portnoy

John Petrucci: quais os riffs preferidos do guitarrista? (vídeo)John Petrucci
Quais os riffs preferidos do guitarrista? (vídeo)

Dream Theater: por que eles não perderam só um baterista com a saída de Mike PortnoyDream Theater
Por que eles não perderam só um baterista com a saída de Mike Portnoy

John Petrucci: guitarrista diz que é muito bom poder tocar novamente com PortnoyJohn Petrucci
Guitarrista diz que é muito bom poder tocar novamente com Portnoy

Mike Portnoy: ele explica (de forma incrível) por que adora Ringo e Peter CrissMike Portnoy
Ele explica (de forma incrível) por que adora Ringo e Peter Criss

Sem palavras: grandes músicas instrumentais do rock e do metalSem palavras
Grandes músicas instrumentais do rock e do metal

Rodrigo Flausino: em vídeo, as dez bandas mais odiadas do mundoRodrigo Flausino
Em vídeo, as dez bandas mais odiadas do mundo

John Petrucci: reunido com Mike Portnoy no clipe de Terminal Velocity; assistaJohn Petrucci
Reunido com Mike Portnoy no clipe de "Terminal Velocity"; assista


Dream Theater: novo mashup com Gangnam Style, do PsyDream Theater
Novo mashup com Gangnam Style, do Psy

Rock Progressivo: Os 15 maiores guitarristas do gêneroRock Progressivo
Os 15 maiores guitarristas do gênero


Iron Maiden: a música Wasting Love é um Plágio?Iron Maiden
A música "Wasting Love" é um Plágio?

História do Rock: dos primórdios aos anos 70História do Rock
Dos primórdios aos anos 70


Sobre Vitor Sobreira

Moro no interior de Minas Gerais e curto de tudo um pouco dentro do maravilhoso mundo da música pesada, além de não dispensar também uma boa leitura, filmes e algumas séries. Mesmo não sendo um profissional da escrita, tenho como objetivos produzir textos simples e honestos, principalmente na forma de resenhas, apresentando e relembrando aos ouvintes, bandas e discos de várias ramificações do Metal/Heavy Rock, muitos dos quais, esquecidos e obscuros.

Mais matérias de Vitor Sobreira no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280