Fellps Rocker: Rock dos anos 50 e 60 combinado com Blues

Resenha - Tudo que Havia de Bom em mim se Foi - Fellps Rocker

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Pierre Cortes
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

Sob a produção de Reinaldo de Menezes e contando com a parceria da Island Music, FELLPS ROCKER lança seu primeiro álbum. "Tudo que Havia de Bom em mim se Foi" é um trabalho primoroso e feito com muito cuidado e dedicação. Os ouvintes irão se deparar com 11 ótimas composições com uma sonoridade que nos remete ao Rock dos anos 50 e 60 combinadas com Blues.

Scorpions: As 20 melhores canções com temática românticaHumor: Você sabe que o rock está moderninho quando...

Este cantor/compositor nos revela uma surpresa e tanto, pois nos coloca diante de um som que tem peso, ritmo contagiante, letras interessantes e vocalizações marcantes e cheia de personalidade. É o bom e velho Rock and Roll vindo à tona para nos presentear e fazer reviver décadas passadas, mas com toques contemporâneos.

O álbum já começa bem. Logo de cara temos a faixa "Rock' n' Roll" que, como o próprio nome diz, já insere o ouvinte no clima: ritmo lento e com jeito largadão e letras em tom de protesto (essa vida é muito curta para se jogar fora na frente da Tv, na frente de um PC). A partir daí temos uma sucessão de boas composições com destaque para "Agora que Eu me Vejo sem Você", "Quebrando minha Própria Prisão" e "Tudo que Havia de Bom em mim se Foi", a faixa título.

De qualquer forma é fato que esta obra é altamente recomendada para fãs deste estilo. É um álbum bastante singular e muito peculiar. E obviamente já identificamos que FELLPS ROCKER é um compositor de bastante talento e que deixa sinais claros de trabalhos futuros cada vez mais promissores. Se você é um amante do bom e velho Rock, esta é uma obra obrigatória e fundamental. Um álbum gostoso de ouvir e com um sabor de quero mais.

Banda: Fellps Rocker
País de Origem: Brasil
Título do álbum: Tudo que Havia de Bom em mim se Foi
Ano: 2017
Estilo: Rock/Blues
Gravadora: Island Music

Line-up:

Fellps Rocker - Guitarra base/Voz
Felipe Barbosa - Guitarra base
Reinaldo de Menezes - Guitarra base/Guitarra solo/Baixo
Marco Antonio Viana - Bateria

Faixas:

1. Rock' n' Roll
2. Agora que Eu me Vejo sem Você
3. Cupido
4. Quebrando minha Própria Prisão
5. Desde Quando você se Foi
6. Eu fui Comprar Cigarro
7. Velha Visita
8. Prefiro Ficar para Bolor
9. Tudo que Havia de Bom em mim se Foi
10. Pela mesma Porta
11. Minhas Lágrimas Secam esta Noite

Site:

https://www.facebook.com/FellpsRockerOficial/




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Fellps Rocker"


Scorpions: As 20 melhores canções com temática românticaScorpions
As 20 melhores canções com temática romântica

Humor: Você sabe que o rock está moderninho quando...Humor
Você sabe que o rock está moderninho quando...

Humor: o que os fãs de rock pedem para beber em um bar?Humor
O que os fãs de rock pedem para beber em um bar?

Punk Rock: seja feio, beba muito, e nunca penteie o cabeloPunk Rock
Seja feio, beba muito, e nunca penteie o cabelo

Fotos de Infância: Gene Simmons, do KissFotos de Infância
Gene Simmons, do Kiss

GN'R: 10 anos depois, Axl explica cancelamento de turnêGN'R
10 anos depois, Axl explica cancelamento de turnê

Nirvana: como crianças de hoje reagem ao ouvir a banda?Nirvana
Como crianças de hoje reagem ao ouvir a banda?


Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.

Mais matérias de Pierre Cortes no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336