Matérias Mais Lidas

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagem"Eu realmente não tenho fé na humanidade", diz Schmier, vocalista do Destruction

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemIron Maiden faz mais um show da "Legacy Of The Beast World Tour"; veja setlist

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger

imagemThe Rolling Stones: 5 músicas para provar que Mick Taylor é um gênio


Stamp

4drive: Rock versátil com potencial para mais experimentações

Resenha - Recycle - 4drive

Por Victor de Andrade Lopes
Em 22/12/16

Nota: 7

Depois de 15 anos de estrada, finalmente a banda 4drive de Americana-SP lança seu cartão de visitas: Recycle, CD com dez músicas autorais produzido pelo próprio grupo e Guilherme Malosso.

A música do trabalho consegue variar bastante sem fugir muito do que se poderia chamar de, digamos, pop rock alternativo. Embora os seis rapazes citem bandas como Pantera, Metallica, Iron Maiden e Led Zeppelin como influências, é possível notar casos bem mais particulares em algumas faixas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por exemplo, o início do álbum é um pouco mais calmo e melódico, com lampejos de Nickelback em 'Madman' e Creed em 'Feeding Memories'. Em 'In the Game', 'Spacetime Theory', 'Voiceless' e 'Owe You', contudo, temos o ponto alto do lançamento, com sofisticadas roupagens levemente grungeísticas que conferem mais peso e maturidade ao som do sexteto. E mais do que isso: o sampler Pedro Konishi começa a se mostrar mais, o que dá um toque de autenticidade ao sexteto.

O interlúdio eletrônico 'Catch Fire' encerra essa parte mais experimental do disco e o coloca em sua reta final, onde ele volta a ser mais cru com as emocionais e lentas 'Rain' e 'Highlander'.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O som genérico e acessível do grupo demonstrado em Recycle pode ajudá-lo a conquistar espaço mais facilmente, penetrando em rádios e circuitos de shows diversos. Talvez não tenham o peso e a influência clássica necessários para atingir a camada mais tradicionalista dos roqueiros tupiniquins, mas há mercado de sobra para eles, sabendo explorar.

O trunfo do 4drive é uma aptidão para fazer rock diverso com instrumentação respeitável e vocais verdadeiramente bons. Usar tais qualidades - que nem toda banda nova de rock nacional tem - para ampliar o leque de experimentações pode ser uma cartada certeira para abrir espaço próprio ainda maior no concorrido e enxuto mercado do rock brasileiro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Abaixo, o vídeo de 'Madman':

Track-list:
1. 'Something There'
2. 'Madman'
3. 'Fading Memories'
4. 'In the Game'
5. 'Spacetime Theory'
6. 'Voiceless'
7. 'Owe You'
8. 'Catch Fire (Interlude)'
9. 'Rain'
10. 'Highlander'


Outras resenhas de Recycle - 4drive

Resenha - Recycle - 4Drive

Resenha - Recycle - 4Drive

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.

Mais matérias de Victor de Andrade Lopes.