Metallica: Ride the Lightning, a virilidade do poeta

Resenha - Ride the Lightning - Metallica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Don Roberto Muñoz, Fonte: metallica.com
Enviar correções  |  Ver Acessos

Na época, já existiam bandas de Heavy Metal que exerciam a rapidez fulgurante como proposta, mas o álbum que incluiu com maestria o lirismo em meio a tanta velocidade foi o "Ride the Lightning", 1984, do METALLICA. A fama com facetas ameaçadoras ainda não se fazia notar no horizonte da banda. Tempos ainda libertos.

Metallica: os cinco solos que mudaram a vida de Kirk HammettWoodstock: som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urina

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A atitude roqueira resistia em CLIFF BURTON no palco e a cena Heavy Metal da área californiana começava a gritar para os quatro cantos do mundo o nome da banda. Os fãs se entregavam de corpo e alma pela banda porque eles viam honestidade em tudo aquilo. O jovem adolescente, como tipo, pode ter mil defeitos, mas quando ele sente intuitivamente algo de idealista em uma proposição, ele embarca totalmente.

A necessária auto-afirmação diante de um sistema não confiável foi atitude cabal para o Heavy Metal vencer no mundo. O METALLICA primevo foi uma das grandes âncoras da idéia valente. A "loyalty", herança inglesa, radicou o seu nobre significado na atitude comportamental e sonora dentro do âmbito do gênero metal na America. Os cabelos comprimidos remetiam imediatamente à Contracultura, mas quem negará a influência ancestral do índio americano em sua postura orgulhosa, altiva e soberana?

Foi neste período que o Heavy Metal, através do Thrash Metal, descolou-se do Rock'n'Roll. E não foi por falta de afinidade. Pelo contrário. O neto mais querido e mais barulhento de todos pegou as suas trouxas e partiu porque o Rock estava muito vilipendiado mundo afora: mídia, os próprios artistas falsamente roqueiros, o público descartável, enfim, rosnava uma atmosfera crescente de banalização suprema no Rock'n'Roll, o que aconteceu em larga escala nos 90's. De nada adianta, a separação é temporária, pois ELVIS não morre, jamais.

Apesar do caminho tortuoso e difícil - "Essa selva selvagem, áspera e forte/ que possibilita o medo à mente que se apresenta a ela" - o Lirismo sempre vence. Dante sabia disso, ele vivenciou plenamente tal problemática. O poeta vive com Deus através do Lirismo. O sofrimento do poeta é acompanhado pelo jovem em sua existência ainda germinal quando o coração sangrado pelas injustiças e traições do mundo catalisam as energias para a Arte. A Política jamais fará isso, muito menos o Estado. A miséria existencial muito próxima está daqueles que nada enxergam acima da horizontalidade.

O Espírito e a Poesia não precisam de "estruturas" como suporte para não serem subjugadas pelo Poder Temporal, vide a vitória da Igreja Ortodoxa Russa sobre os comunistas obtida através da Liturgia, fato espiritual não captável por aqueles que acreditam somente em perspectivas temporais. Na Lírica, Rainer Maria Rilke disse muito a respeito da supranatural superioridade do ato vertical em "Cartas a um Jovem Poeta". HETFIELD e turma literalmente voaram em "Ride..." e o mundo, num assombro regozijante, ergueu a fronte diante de tamanha beleza.

Roberto Muñoz, escritor


Outras resenhas de Ride the Lightning - Metallica

Metallica: 35 anos de um álbum que não envelhece nunca

Metallica: Em 1984, o clássico Ride The LightningMetallica
Em 1984, o clássico Ride The Lightning

Metallica: 1984, o ano da ascensãoMetallica: Com Ride The Lightning, de promessa a realidadeResenha - Ride The Lightning - Metallica

Metallica: Ride The Lightning, um clássico dos anos 80Metallica
"Ride The Lightning", um clássico dos anos 80




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por escolha do autor os comentários foram desativados nesta nota.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Metallica"


Metallica: os cinco solos que mudaram a vida de Kirk HammettMetallica
Os cinco solos que mudaram a vida de Kirk Hammett

Metallica: filmagem profissional de "The Four Horsemen" em show na ÁustriaMetallica: Creeping Death ao vivo na Áustria

Metallica: quando Kirk Hammett ouviu o Wah Wah pela primeira vezMetallica
Quando Kirk Hammett ouviu o Wah Wah pela primeira vez

Michael Jackson: filha faltou à formatura para ir assistir o MetallicaMichael Jackson
Filha faltou à formatura para ir assistir o Metallica

Metallica: vídeo oficial de "One" ao vivo na RomêniaEm 18/11/1997: Metallica lançava o álbum Reload

Em 18/11/1962: nascia Kirk HammettEm 18/11/1962
Nascia Kirk Hammett

Metallica: em vídeo, como a banda sabotou a carreira do Jason NewstedMetallica
Em vídeo, como a banda sabotou a carreira do Jason Newsted

Metallica: filmagem profissional de "Harvester Of Sorrow" ao vivo em Moscou

Heavy Metal: clipes de metal que marcaram uma geraçãoHeavy Metal
Clipes de metal que marcaram uma geração

Metallica: Black Album ainda é um grande marcoMetallica
"Black Album" ainda é um grande marco


Woodstock: som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urinaWoodstock
Som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urina

Hard Rock: as 25 melhores músicas acústicas do gêneroHard Rock
As 25 melhores músicas acústicas do gênero


Sobre Don Roberto Muñoz

Don Roberto Muñoz, escritor.
Rio-grandense farroupilha nascido em Porto Alegre.

Mais matérias de Don Roberto Muñoz no Whiplash.Net.

adGoo336