RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemDeep Purple: David Coverdale revela quem quis como substituto de Ritchie Blackmore

imagemAndi Deris tem problemas de saúde e shows do Helloween são adiados

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemProdutor da turnê de Paul Di'Anno explica problemas no primeiro show

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemVocalista do Fleshgod Apocalypse é pedida em casamento durante show da banda

imagem"Quem não gosta de Beatles bom sujeito não é", diz João Gordo

imagemO motivo nada musical que fez Bruce Dickinson querer se juntar aos hippies

imagemEm disputa acirrada, fãs batem recorde e elegem melhores discos de metal de 2022

imagemPaul Stanley sabia que seria um rockstar desde a sua juventude

imagemEloy Casagrande repete o feito sendo eleito melhor baterista de metal do mundo

imagemZelador viraliza após incrível semelhança com voz de Steve Perry em "Don't Stop Believin'"

imagemTony Iommi conta quais são os riffs preferidos que ele escreveu

imagemShane Hawkins, filho de Taylor Hawkins, ganha prêmio de melhor performance do ano


Stamp

Candlemass: Se mantendo no topo do doom como novo EP

Resenha - Death Thy Lover - Candlemass

Por Junior Frascá
Postado em 11 de junho de 2016

Nota: 9

Quatro faixas, e pouco mais de 25 minutos do mais puro e obscuro doom metal clássico! É isso que temos nesse novo EP dos mestres do CANDLEMASS, que marca a estréia do vocalista Mats Levén (THERION, KRUX, AT VANCE) em estúdio com banda, ao lado do líder Leif Edling - Baixo e Mats Bjorkman - Guitarra, Lars Johansson - Guitarra e Jan Lindh - Bateria.

Com mais de 30 anos, a banda ainda se mantém no topo do estilo, com aquela sonoridade que sempre lhe foi característica, mesclando peso e ótimas melodias, mais voltadas para o lado melancólico e obscuro. Tudo soa arrastado, brutal e sujo, mas com um lado épico que deixa um clima todo diferenciado em sua sonoridade.

Mats, por sua vez, tem um linha vocal que casou muito bem com a sonoridade do CANDLEMASS, com interpretações teatrais e emocionais. Alias, é interessante como a banda, mesmo mudando de vocalista com frequência, mantém suas raízes sonoras intactas, e como os vocalistas que ingressam também acabam se adaptando, com trejeitos vocais bem característicos, como se percebe em "Sleeping Giant", que poderia se imaginar facilmente sendo cantada por Messiah Marcolin ou Robert Lowe, e remete ao clássico "Epicus Doomicus Metallicus".

A faixa título, por sua vez, é a mais rápida do disco, com um ótimo refrão, e grandes riffs, enquanto "Sinister N Sweet" já retorna ao lado mais carregado e introspectivo, cheio de mudanças de andamento, e trazendo o melhor solo de guitarras do EP, com claras influências de BLACK SABBATH, o que não é nenhuma novidade.

O EP se encerra com a instrumental "The Goose", hipnótica, obscura e carregada de morbidez.

E vale lembrar que o EP teve seu lançamento nacional no mesmo dia do mundial, via Die Hard Records, em uma belíssima edição digipack. IMPERDÍVEL!

Death Thy Lover - Candlemass
(2016 – Die Hard Records - Nacional)

Tracklist:
1. Death Thy Lover
2. Sleeping Giant
3. Sinister N Sweet
4. The Goose


Outras resenhas de Death Thy Lover - Candlemass

Resenha - Death Thy Lover - Candlemass

Resenha - Death Thy Lover - Candlemass

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Darkthrone: Fenriz lista os 5 álbuns mais influentes do doom metal

Candlemass: As curiosidades de Epicus Doomicus Metallicus

1986: O ano definitivo da música pesada

Mayhem: finado vocalista figurando em clipe do Candlemass?

Candlemass: uma análise de cada vocalista que passou pela banda


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.
Mais matérias de Junior Frascá.