RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO hit da Legião Urbana que traz crítica contra "Escolinha do Professor Raimundo"

imagemBanda cancela show porque perdeu laptops e Sebastian Bach alfineta; "Isso é uma piada?"

imagemDigão diz a Jão que não quer treta mas não tem sangue de barata

imagemSe Kiko voltar, o Angra vai imitar o Iron Maiden e ter três guitarristas?

imagemO músico incrível que foi induzido três vezes ao Hall da Fama do Rock

imagemMustaine revela os critérios avaliados na hora de escolher um integrante do Megadeth

imagemJão, do Ratos de Porão, chama Digão para resolver as diferenças em um ringue

imagemO hit regravado pelo Jota Quest que na época derrubou Roberto Carlos do 1º lugar

imagemO músico que desprezou a Rainha no Live Aid e jamais iria ao funeral da Rainha

imagemBlack Sabbath: A opinião de Dio sobre "Heaven & Hell" e "Mob Rules"

imagemMais uma vez! Confira os 5 artistas que mais tocaram no Rock in Rio

imagemA banda que desbancava Roberto Carlos na época da Jovem Guarda, segundo Miguel Plopschi

imagemComo um amigo cego inspirou o hit "Sound Of Silence", de Simon & Garfunkel

imagemA curiosa analogia de Kiko Loureiro sobre Uber e F1 para explicar importância da prática

imagemNovo produtor do Slipknot esperava mais do grupo, afirma guitarrista


NFL Steve Harris

Grand Magus: Mais um excelente disco em sua fase "true metal"

Resenha - Sword Songs - Grand Magus

Por Junior Frascá
Em 24/05/16

Nota: 8

Seguindo sua fase mais "true metal", iniciada em "Hammer of North", e potencializada em "The Hunt", o GRAND MAGUS chega a seu oitavo disco, sucessor do aclamado "Triumph and Power". E, sejamos sinceros, embora a fase stoner da banda seja excelente, com ótimos trabalhos, é fato que foi a partir de "The Hunt", e a consequente parceria com a Nuclear Blast, que a banda ganhou um destaque maior na cena.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E embora no disco anterior os caras tivessem incluídos elementos de seus primórdios, dessa vez esse lado mais calcado no metal tradicional tomou conta de vez, escancarando os caminhos que a banda pretende seguir daqui para frente.

O disco também é mais direto e menos épico do que "Triumph and Power", embora mantenha o clima de guerra presente em quase todas as faixas, com instrumental forte e coeso, e linhas vocais marcantes de JB, aliadas a refrãos cheios de coros que mais parecem hinos de batalha.

Os destaques ficam para a pesadíssima "Freja's Choice", que abre o disco, com riffs excelentes; "Varagian", que poderia facilmente estar em "The Hunt"; "Forged in Iron - Crowned in Steel", e seu refrão que é uma ode ao metal Viking; a variada "Frost and Fire", com riffs cavalgados, e solos memoráveis; e "Everyday There's a Battle to Fight", que encerra o trabalho na versão original com total influência de MANOWAR.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

A edição nacional do disco ainda traz duas bônus, "In for the Kill" e "Stormbringer", essa última uma versão "psicodelicamente" deliciosa do clássico do DEEP PURPLE.

Um ótimo trabalho, que mantém a banda em sua ascensão rumo ao topo do estilo. Imperdível.

Sword Songs - Grand Magus
(2016 –Shinigami Records)

Track List:

1. Freja s Choice
2. Varangian
3. Forged in Iron - Crowned in Steel
4. Born for Battle (Black Dog of Brocéliande)
5. Master of the Land
6. Last One to Fall
7. Frost and Fire
8. Hugr
9. Everyday There s a Battle to Fight

10. In For The Kill (Bonus Track)
11. Stormbringer (DEEP PURPLE cover) (Bonus Track)

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Sword Songs - Grand Magus

Resenha - Sword Songs - Grand Magus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Kurt Cobain e a banda brasileira que mexeu com ele: "eles foram muito revolucionários"

O trocadilho picante que Ney fazia em "Pro Dia Nascer Feliz" que Cazuza gargalhava


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá.