Rhapsody of Fire: Um equilíbrio maior no novo álbum

Resenha - Into the Legend - Rhapsody of Fire

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

7

Nesse segundo álbum após a separação do RHAPSODY OF FIRE e o guitarrista Luca Turilli, não houve muitas mudanças por aqui. A banda continua praticando aquele metal melódico/sinfônico de sempre, com passagens épicas e grandes melodias, mas aqui parece que conseguiram equilibrar mais esse lado pomposo e o peso do metal, em um trabalho instigante, que pode ser considerado o melhor dos caras desde "Power of the Dragon Flame".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Isso porque, mesmo com a saída de Luca, o que mais se destaca aqui são justamente as guitarras de Roby de Micheli, seja com riffs pesados e encorpados, seja com solos marcantes e cheios de ótimas melodias, tendo todo o espaço concedido pelo agora líder solitário Alex Staropoli (teclado), embora seja bem mais contido nas firulas que seu antecessor.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Distant Sky", que abre os trabalhos após a intro "In Principio", já mostra esse lado mais dinâmico da banda, inclusive contando com um daqueles refrãos grudentos em coro que só os caras sabem compor. A faixa título também é outro grande destaque, com ótimos riffs, agressivos e pesados, mostrando toda a qualidade de Roby.

Outra faixa que chama a atenção é "The Kiss of Life", beirando aos 17 minutos de duração, e que deixa clara toda a versatilidade da banda, com várias mudanças de andamento ocorrendo de forma orgânica, com passagens muito bem construídas. Além disso, a lírica se divide em três idiomas: inglês, latim e italiano, com Lione em grande forma, seja nas partes mais agressivas, seja nas mais melódicas. Muito legal mesmo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Trata-se, pois, de um trabalho que embora não seja original ou muito diferente dos demais discos da banda, se mostra mais lapidado, e com menos excessos, e certamente deverá agradar os fãs, ainda mais os que não curtem tanto o lado mais pomposo e "cinematográfico" que busca Luca Turilli na outra faceta do RHAPSODY.

01. In Principio
02. Distant Sky
03. Into the Legend
04. Winter’s Rain
05. A Voice in the Cold Wind
06. Valley of Shadows
07. Shining Star
08. Realms of Light
09. Rage of Darkness
10. The Kiss of Life

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Into the Legend - Rhapsody of Fire

Rhapsody of Fire: uma despedida digna de Lione e HolzwarthRhapsody of Fire
Uma despedida digna de Lione e Holzwarth




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rhapsody: o Angra reabriu as portas do metal, diz Luca TurilliRhapsody
O Angra reabriu as portas do metal, diz Luca Turilli

Fabio Lione: sua opinião sobre diversos vocalistas famososFabio Lione
Sua opinião sobre diversos vocalistas famosos


New York Times: os 100 melhores covers de todos os temposNew York Times
Os 100 melhores covers de todos os tempos

Freedom of Expression: o tema do Globo RepórterFreedom of Expression
O tema do Globo Repórter


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

GooInArt Goo336 Cli336 Goo336